Centro de Madrid: Puerta del Sol, Plaza Mayor, Mercado de San Miguel

Plaza Mayor Madrid
Plaza Mayor: praça linda e histórica no Centro Histórico de Madrid

Neste artigo eu sugiro um roteiro relativamente rápido pelo Centro de Madrid passando pelos seguintes locais:

  • Puerta del Sol (praça central de Madrid).
  • Plaza Mayor (historicamente a principal praça de Madrid).
  • Mercado de San Miguel (o mais tradicional mercado madrilenho).
  • Plaza de la Villa (praça que ainda mantém o aspecto medieval).

Centro histórico de Madrid: esse roteiro contempla o núcleo central do Casco Historico de Madrid, a área mais antiga da cidade. Eu considero uma excelente opção no seu primeiro dia para se ambientar com Madrid.

Rápido: é um roteiro relativamente curto e rápido (sem considerar as paradas para compras e alimentação).

Combinar: o ideal é combinar esse roteiro com outras atrações da região central como a Catedral de la Almudena, o Palácio Real de Madrid, a Gran Via, a Real Basilica de San Francisco El Grande, o Monasterio de las Descalzas Reales, entre outras.

Sentido: eu vou sugerir o roteiro começando na Puerta del Sol e terminando na Catedral de la Almudena. Mas você também pode fazer o inverso para fazer ajustes no seu roteiro.

Almoço: você pode deixar esse roteiro para perto da hora do almoço para almoçar no Mercado de San Miguel.

Puerta del Sol Madrid
Puerta del Sol com a tradicional árvore de Natal: repleta de turistas à noite

Mapa do roteiro pelo Centro de Madrid

Veja o mapa do roteiro na seguinte sequência: Puerta del Sol, Plaza Mayor, Mercado de San Miguel e Plaza de la Villa.

Puerta del Sol

Acesso: na praça fica a estação Sol do Metrô (linhas 1, 2 e 3) e do trem Cercanias (linhas C3 e C4).

Antiga Porta do Sol: apesar de hoje ser uma praça a Puerta del Sol, como o próprio nome diz, era uma das portas de entrada de Madrid quando a cidade ainda era amuralhada (as muralhas foram derrubadas para a expansão da cidade). A porta não existe mais.

Praça central: atualmente a Puerta del Sol tem o papel de praça central de Madrid (posto que era da Plaza Mayor até alguns séculos atrás). Pelo menos nove ruas saem da praça (a maioria transformadas em calçadões) o que faz da Puerta del Sol uma enorme confluência de pedestres (no subsolo da praça fica a principal estação de Metrô do Centro de Madrid).

Atrações da Puerta del Sol: a praça possui alguns destaques turísticos que sempre estão apinhados de turistas tentando tirar fotos. Na Puerta del Sol ficam a Estátua del Oso y El Madroño (O Urso e o Medronheiro, uma espécie de árvore; são elementos presentes no brasão de Madrid), a Estátua de Carlos III (bem no centro da praça), o antigo prédio da Real Casa de Correos (do século XVIII, atualmente sede da Comunidad de Madrid, o governo regional) e o Quilômetro Zero (placa em frente ao prédio dos correios que marca o início das rodovias radiais espanholas).

Real Casa de Correos Madrid: atual sede do governo da região de Madrid (Comunidad Autónoma de Madrid)
El Oso y El Madroño Madrid
El Oso y El Madroño (O Urso e o Madronheiro): elementos presentes no brasão de Madrid
Puerta del Sol Madrid
Estátua de Carlos III
Puerta del Sol Madrid
Fachada do El Corte Inglés voltada para a Puerta del Sol

Réveillon na Puerta del Sol: a praça é o principal ponto de encontro para passar o Réveillon em Madrid (ela fica completamente lotada). A tradição é comer 12 uvas no ritmo das 12 badaladas do relógio da Real Casa de Correos, tarefa que dizem ser bem difícil, já que a regra diz que é preciso colocar uma uva de cada vez na boca :-)

Lojas (muitas lojas): o entorno da Puerta del Sol possui uma quantidade enorme de lojas (incluindo um gigante El Corte Inglés), bares, restaurantes, cafeterias, etc. É uma região muito movimentada de dia e de noite. A Gran Via, principal avenida do Centro, está distante apenas 300 metros. Fique esperto com os batedores de carteira.

Centro de Madrid Espanha
Uma das ruas que chegam na Puerta del Sol: repleta de turistas à noite
Centro de Madrid Espanha
As ruas no entorno da Puerta del Sol são iluminadas para o Natal
Centro de Madrid Espanha
O prédio no centro da foto é o Hotel Liabeny onde ficamos hospedados: entre a Puerta del Sol e a Gran Via (melhor localização impossível)
Na Puerta del Sol já vazia

Da Puerta del Sol até a Plaza Mayor: o trajeto entre as duas praças é bem curto em uma área repleta de lojas e de turistas. Partindo da Puerta del Sol siga um pequeno trecho da Calle Mayor, vire na Calle de Esparteros e já entre na Calle Postas, um calçadão comercial que vai terminar em uma das portas de acesso à Plaza Mayor.

Calle Mayor Madrid
Calle Mayor: uma das ruas mais tradicionais do Centro de Madrid

Plaza Mayor de Madrid

Histórica: historicamente ela é a principal praça de Madrid (na prática a principal praça atualmente é a Puerta del Sol).

Típica: ela é uma típica praça espanhola com prédios uniformes e um lindo visual (que pode ser atrapalhado pelo excesso de turistas). Ela tem 9 acessos (portas), todas para pedestres, e 237 varandas. No meio da praça fica a Estátua de Felipe III.

Principal: a origem da praça é do século XVI, quando levava o nome de Plaza del Arrabal, mas ela foi modificada e ampliada ao longo da história. O aspecto atual é do século XIX. Ao longo dos séculos ela foi a principal praça de Madrid abrigando o principal mercado, touradas e os acontecimentos mais marcantes como a coroação de reis, execuções e os Autos de Fé da Inquisição Católica.

Bares e restaurantes: hoje a praça é repleta de bares e restaurantes que oferecem um ambiente super bacana com as mesas na praça. Infelizmente a experiência pode não ser tão boa, seja pelo excesso de turistas (em algumas épocas do ano) e também pelo fato dos restaurantes serem do tipo pega-turista.

La Casa de la Panaderia (Oficina de Turismo): o prédio principal da Plaza Mayor é a Casa da Padaria que começou a ser construída em 1590 (mas com arquitetura diferente da atual). Atualmente nela fica a principal Oficina de Turismo de Madrid, onde você pode pegar gratuitamente um mapa e um folheto com dicas da cidade. Ela fica aberta das 09:30 às 21:30 todos os dias do ano.

Plaza Mayor Madrid
Uma das portas que dá acesso para a Plaza Mayor
Plaza Mayor Madrid
Porta de acesso vista da praça
Plaza Mayor Madrid
Plaza Mayor com a Estátua de Felipe III no centro e a Casa de la Panederia
Casa de la Panederia Plaza Mayor Madrid
Casa de la Panederia (atual oficina de turismo): principal prédio da Plaza Mayor
Plaza Mayor Madrid
Olha a Renata tomando uma garoa na praça iluminada à noite

Mercado de San Miguel

Ao lado da Plaza Mayor: o mercado mais tradicional de Madrid fica ao lado da Plaza Mayor. Na minha opinião é um ponto turístico e gastronômico imperdível de Madrid.

Origem: o local era usado desde os tempos medievais como um mercado aberto. O formato mais moderno surgiu no século XIX e a arquitetura atual remete ao ano de 1916 quando o mercado foi reformado e ganhou a estrutura de ferro fundido (mantida até hoje).

Atualidade: após um período de decadência no início dos anos 2000 o mercado foi fechado, reformado e reinaugurado com a proposta de um mercado gourmet. O prédio ganhou fachadas de vidro.

Caiu no gosto: após a reinauguração o Mercado de San Miguel caiu nos gosto dos turistas. Com um ambiente descontraído e informal as +- 30 bancas oferecem uma enorme variedade de tapas e pratos rápidos para serem degustadas nos balcões das bancas e nas (poucas) mesas e cadeiras. Há também várias opções de cervejas e vinhos. O esquema é ficar tapeando pelas bancas.

Cheio: por sempre estar cheio de turistas pode não ser fácil degustar as tapas com tranquilidade. Mas faz parte da experiência. O mercado fica mais cheio na hora do almoço e no final da tarde/início da noite.

Horários: o Mercado de San Miguel abre diariamente das 10:00 às 24:00 (até às 02:00 às quintas, sextas e sábados).

Mercado de San Miguel Madrid
Fachada de vidro e estrutura de ferro fundido do Mercado de San Miguel
Mercado de San Miguel Madrid
Interior do mercado: bancas com tapas gourmet
Mercado de San Miguel Madrid
O esquema é tapear pelas bancas
Mercado de San Miguel Madrid
Diversas iguarias
Mercado de San Miguel Madrid
Frutos do mar
Mercado de San Miguel Madrid
Jamones
Mercado de San Miguel Madrid
Queijos
Mercado de San Miguel Madrid
Doces hummmmm
Mercado de San Miguel Madrid
Mercado de San Miguel à noite

Almoço: uma boa dica é almoçar no Mercado de San Miguel. Um roteiro viável seria o seguinte: Palácio Real de Madrid (no horário de abertura às 10:00), Catedral de la Almudena e na sequência você faz o roteiro que estou propondo neste artigo, mas no sentido inverso. Mas você também não precisa se prender ao roteiro. Como o mercado está no Centro de Madrid fica fácil você voltar em outra hora (até para jantar).

Opções: nas imediações do Mercado de San Miguel há outros locais gastronômicos famosos. O Sobrino de Botín, o restaurante mais antigo do mundo, fica a 150 metros do mercado (na Calle Cuchilleros). A Chocolatería San Ginés, o churros com chocolate quente mais famoso de Madrid, fica a 270 metros do mercado no Pasadizo San Ginés, um pouquinho difícil de achar :-)

Veja mais dicas: Onde comer em Madrid (em breve).

Do Mercado de San Miguel até a Plaza de la Villa: o trajeto é muito curto. Saindo do mercado, volte até a Calle Mayor e após 1 quarteirão você estará na Plaza de la Villa. Um detalhe interessante é que nesse pequeno trecho da Calle Mayor você passará pela Antigua Farmacia de la Reina Madre, o estabelecimento comercial mais antigo de Madrid. A farmácia foi fundada em 1578 e está localizada na Calle Mayor, nº 59 desde 1914. A farmácia abasteceu a família real durante décadas e ainda hoje existe (não é lenda) um túnel subterrâneo que liga a farmácia com o Palácio Real.

Antigua Farmacia de la Reina Madre madrid
Antigua Farmacia de la Reina Madre: estabelecimento comercial mais antigo de Madrid (desde 1578)

Plaza de la Villa

Artístico-histórico: a Plaza de la Villa, aberta para a Calle Mayor, é bem menor e menos movimentada que as vizinhas Plaza Mayor e Puerta del Sol. Ela é um dos principais conjuntos históricos de Madrid.

Medieval: ela ainda conserva muito do aspecto medieval e possui 3 prédios que se destacam.

Casa y Torréon de los Lujanes: é uma das construções civis mais antigas de Madrid. A torre é do início e a casa do final do século XV.

Casa de la Villa: o prédio, de estilo barroco, foi finalizado em 1693 (sobre construções anteriores) com a finalidade de sediar a Prefeitura de Madri (Ayuntamiento). Ele abrigou a prefeitura por mais de 300 anos (até a mudança para o Palácio de Cibeles em 2007).

Casa del Cisneros: é uma casa-palácio datada de 1537 construída pelo sobrinho do famoso Cardenal Cisneros.

Monumento a Álvaro de Bazán: no centro da Plaza de la Villa fica uma estátua em homenagem ao importante almirante.

Plaza de la Villa Madrid
Plaza de la Villa: Casa del Cisneros e Casa de la Villa (sede da prefeitura por mais de 300 anos)
Casa y Torreón de los Lujanes Madrid
Casa y Torréon de los Lujanes: um dos edifícios civis mais antigos de Madrid (século XV)

Final: após a Plaza de la Villa você pode caminhar pela Calle Mayor por mais 300 metros até chegar à Catedral de la Almudena. Você pode continuar o roteiro visitando a Catedral, o Palácio Real ou indo a atrações menos óbvias como a Real Basilica de San Francisco el Grande ou ao Monasterio de las Descalzas Reales. Outra opção é gastar um dinheirinho nas lojas no entorno da Puerta del Sol e na Gran Via :-)

Dúvidas

Se você tem alguma dúvida sobre as atrações ou sobre o roteiro pelo Centro de Madrid deixe um comentário abaixo :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *