Onde Ver Neve em Madrid, Estações de Esqui em Madrid (Espanha)

Neve em Madrid - Estação de Esquí Puerto de Navacerrada - Espanha
Puerto de Navacerrada: estação de esqui a 60 km de Madrid

Neve em Madrid: na Serra de Guadarrama (nos arredores de Madrid) é possível ver, brincar e esquiar na neve nos meses de inverno.

São três os principais locais mais próximos de Madrid que possuem estrutura para os turistas no inverno (todos na Serra de Guadarrama):

  • Estação de esqui Puerto de Navacerrada
  • Puerto de Cotos
  • Estação de esqui Valdesquí.

Transporte público: a boa notícia é que esses três locais ficam de 60 a 70 km distantes de Madrid e podem ser acessados com trem, ônibus ou carro em um bate-volta.

SnowZone: uma opção menos original é o SnowZone, que possui uma pista de esqui indoor localizada dentro de um shopping em Madrid. As dicas do SnowZone estão no final do artigo.

Confira neste artigo todas as dicas para você ver neve nos arredores de Madrid:

  • Melhor época: veja quais são os meses com a maior probabilidade de encontrar neve.
  • A estrutura na Serra de Guadarrama: detalhes de Puerto de Navacerrada, Puerto de Cotos e Valdesquí.
  • Como chegar: como ir de Madrid até a região com carro, ônibus ou trem.
  • Onde ficar: as opções de hospedagem caso você queira explorar melhor a área.
  • A minha experiência: veja como foi a minha experiência com neve em Madrid.
  • Dicas de roupas para visitar as estações de esqui.
  • SnowZone: pista de esqui indoor em Madrid 365 dias por ano.
  • Dúvidas: se após você ler o artigo ainda tiver alguma dúvida deixe um comentário no final do artigo.
Neve na Serra de Guadarrama em Madrid
Linda estrada com neve na Serra de Guadarrama nos arredores de Madrid

Melhor época para ver neve em Madrid

Neva na cidade de Madrid no inverno? Essa é uma das principais dúvidas dos turistas. Sim, neva na cidade de Madrid, mas pouquíssimas vezes por ano e dificilmente chega a acumular neve no chão.

Serra de Guadarrama: se você quiser garantir a experiência com neve em Madrid (nos meses mais frios) programe um passeio até a Serra de Guadarrama (que fica na Comunidad de Madrid). Enquanto a cidade de Madrid fica em torno de 600 metros acima do nível do mar, a altitude na Serra de Guadarrama chega a ultrapassar os 2 mil metros.

Quando tem neve na Serra de Guadarrama? Essa pergunta não tem uma resposta precisa, já que depende das condições climáticas e varia de ano a ano. Geralmente há neve (para tocar) na Serra de Guadarrama de meados de dezembro até o início de abril.

Estações de esqui: para as estações abrirem elas precisam de uma boa quantidade de neve acumulada. Geralmente as estações de esqui abrem no final de dezembro ou início de janeiro e ficam abertas até o final de março.

Melhor época: a melhor época para ir até a Serra de Guadarrama é da segunda quinzena de janeiro até a primeira quinzena de março. Nesse período é quase certo que haverá uma boa quantidade de neve acumulada e que as estações estarão abertas. Fevereiro é o melhor mês.

Não é garantido: lembrando que tudo depende das condições climáticas que variam de ano a ano.

Confirme nas estações: mais abaixo eu coloco os sites das estações onde é possível verificar se elas estão abertas nesse momento. Se estiverem abertas é porque há neve.

Lotado nos finais de semana: nos finais de semana e feriados de inverno os madrilenhos vão em peso à Serra de Guadarrama. Tudo fica lotado e há trânsito para subir a serra de carro ou de ônibus. Os estacionamentos para carros ficam completos logo no início da manhã. Por isso eu aconselho ir em um dia comum durante a semana. Lembrando que os dias 6 de janeiro e 19 de março também são feriados.

Puerto de Navacerrada - Serra de Guadarrama - Madrid - Espanha
Puerto de Navacerrada: o principal destino de esquí na Serra de Guadarrama

Serra de Guadarrama

Montanhas: a Serra de Guadarrama é uma cadeia montanhosa que se estende por cerca de 80 km pelas comunidades de Madrid, Castilla y León e Castilla-La Mancha.

Peñalara. É justamente no entorno do maior pico da Serra de Guadarrama, o maciço de Peñalara com 2.429 metros, que estão localizados os três locais com boa estrutura e fácil acesso para ver, brincar ou esquiar na neve no entorno de Madrid: Puerto de Navacerrada, Puerto de Cotos e Valdesquí.

Madrid/Segóvia: esses três locais estão bem na divisa da Província de Madrid (Comunidad de Madrid) com a Província de Segóvia (Comunidad de Castilla y León). Assim é possível fazer um bate-volta tanto de Madrid como de Segóvia.

Veja o mapa com a localização de Madrid, Segóvia e de Puerto de Navacerrada (em estrela) na Serra de Guadarrama:

Mais estações: a serra conta ainda com as estações de Navafría e La Pinilla, mas elas estão bem mais distantes de Madrid.

Estrutura na Serra de Guadarrama

Relativamente simples: as estações de esqui na Serra de Guadarrama são simples e possuem uma estrutura pequena. Elas não se comparam com as principais estações dos Pirineus (na divisa da Espanha com a França), com as estações mais famosas da Suíça, França, Alemanha, Áustria e Itália, e nem com com Bariloche na Argentina ou com o Valle Nevado em Santiago.

Para ver e brincar: talvez a Serra de Guadarrama não seja uma boa opção se você já foi em muitas estações de esqui. Mas se você deseja ter contato e brincar na neve a diversão é garantida.

Trenós: uma brincadeira divertida, mais simples e barata que esquiar são os trenós (trineos) para deslizar na neve.

Forfait: os termos Forfait de Día e Forfait de Medio Día nos sites das estações significam os tickets (dia inteiro ou meio período). Eles valem para quem for esquiar, já que na base das estações o acesso geralmente é gratuito.

Os locais na Serra de Guadarrama são:

  • 1 – Estación de Esquí Puerto de Navacerrada
  • 2 – Puerto de Cotos
  • 3 – Estación de Esquí Valdesquí

Veja o mapa com a localização dos três locais e note como eles estão bem próximos entre si:

1 – Estación de Esquí Puerto de Navacerrada

Estrutura: a estação possui pistas de vários níveis (incluindo principiantes), escola de esqui, área para snowboard, área para trenós, cafeteria, restaurante, aluguel de equipamentos e estacionamento para carros. A base da estação fica a 1860 metros e a pista mais alta a 2.200 metros de altitude.

Teleférico: há um teleférico aberto (telesilla) que dá acesso à montanha Bola del Mundo onde fica o La Bola Bar (a 2.180 metros de altitude).

No entorno: no entorno da estação há um pequeno bairro com restaurantes, hotéis, uma estação de trem e lojas para alugar equipamentos (inclusive trenós) e roupas.

Mais próxima: Puerto de Navacerrada é a estação mais próxima de Madrid, distante 60 km.

Acesso desde Madrid: pode ser feito de carro, ônibus ou trem. Veja mais abaixo em Como Chegar.

Confira no site da estação mais informações, os preços, as últimas notícias e se ela está aberta: Puerto de Navacerrada.

Puerto de Navacerrada
Estación de Esquí Puerto de Navacerrada – Crédito: Puerto de Navacerrada

2 – Puerto de Cotos

Valcotos: em Puerto de Cotos ficava a antiga estação de esqui de Valcotos que funcionou até a década de 1990 e foi fechada por problemas ambientais. Hoje o local foi transformado em um centro de visitantes e tem áreas livres para praticar esqui de fundo, snowboard e brincar com trenós. Puerto de Cotos está a 1830 metros de altitude.

Estação de trem: na estação de trem de Cotos (a última da linha) fica a La Cantina de Cotos (TodoAventur) onde há uma cafeteria/restaurante, refúgio de montanha e aluguel de equipamentos (incluindo trenós).

Centro de Visitantes Peñalara: é um dos centros de visitantes do Parque Nacional de la Sierra de Guadarrama e está distante 400 metros da estação de trem de Cotos. O Centro tem uma estrutura base para atender os turistas com informações, estacionamento para carros e banheiros. No entorno há áreas demarcadas, livres e gratuitas para a prática de esqui de fundo, snowboard e para brincar de trenós.

Verão: o Centro de Visitantes Peñalara é a melhor opção se você for visitar a região nos meses mais quentes. Ele é a base para diversas trilhas pela montanha, incluindo a do Maciço de Peñalara, o ponto mais alto da Serra de Guadarrama (2429 metros). Também há trilhas até as diversas lagunas e mirantes espalhados pela área.

No entorno: Em Puerto de Cotos há somente a estação de trem, o centro de visitantes, o estacionamento para carros e o restaurante Venta Marcelino.

Distância: Puerto de Cotos fica a 66 km de Madrid.

Acesso desde Madrid: pode ser feito de carro, ônibus ou trem. Veja mais abaixo em Como Chegar.

Esquí Puerto de Cotos
Mapa com as zonas esquiáveis no entorno do Centro de Visitantes. Crédito: Parque Nacional de la Sierra de Guadarrama
Centro de Visitantes Penãlara - Serra de Guadarrama
Centro de Visitantes Peñalara. Crédito: Parque Nacional de la Sierra de Guadarrama

3 – Estación de Esquí Valdesquí

Estrutura: a estação Valdesquí tem pistas de vários níveis (incluindo principiantes), área para snowboard, 2 cafeterias (uma com acesso pelo teleférico), escola, estacionamento para carros e aluguel de equipamentos. A base de Valdesquí fica a 1860 metros e a pista mais alta a 2280 metros. Valdesquí: tem a maior área esquiável, a maior quantidade de pistas e a melhor estrutura para esquiar. Puerto de Navacerrada: possui um bairro mais estruturado com mais opções para quem não for esquiar (restaurantes, hotéis, cafeterias, lojas de equipamentos).

No entorno: não há nada no entorno da estação Valdesquí.

Distância: Valdesquí fica a 68 km de Madrid.

Acesso desde Madrid: pode ser feito de carro ou ônibus. Não há estação de trem em Valdesquí. Veja mais abaixo em Como Chegar.

Confira no site da estação mais informações, os preços dos tickets, os preços para alugar equipamentos (há roupas para alugar), as últimas notícias e se ela está aberta: Valdesquí.

Valdesquí Madrid
Estación de Esquí Valdesquí. Crédito: Valdesquí

Como chegar

As opções para ir de Madrid até as estações são:

  • Carro: Puerto de Navacerrada, Puerto de Cotos e Valdesquí.
  • Ônibus: Puerto de Navacerrada, Puerto de Cotos e Valdesquí.
  • Trem: Puerto de Navacerrada e Puerto de Cotos.

Trânsito e estacionamento: lembrando que nos finais de semana e feriados de inverno a região fica lotada. Há trânsito para subir a serra de carro ou de ônibus. Os estacionamentos para carros chegam a ficar completos por volta das 08:00 da manhã. Se o estacionamento estiver cheio provavelmente você terá que desistir do passeio porque não há outros locais para estacionar (ao estacionar em locais proibidos o seu carro pode ser guinchado).

Como ir de Carro

1 hora: o trajeto de Madrid até a região tem de 60 a 70 km e leva em torno de 1 hora sem trânsito. Partindo de Segóvia é ainda mais perto, menos de 30 km.

Veja o mapa com o trajeto de carro desde Madrid:

Veja o mapa com o trajeto de carro desde Segóvia (26 km até Puerto de Navacerrada):

Neve na pista: na maioria dos dias do inverno é possível subir a serra sem problemas (a pista frequentemente é limpa). Eventualmente em dias com muita precipitação a neve pode acumular na pista e nesse caso é necessário usar correntes nas rodas do carro para chegar ou sair da serra (a maioria das locadoras de carro alugam correntes). Se você tem receio de subir a serra por causa da neve a alternativa é ir de ônibus ou de trem. Eu subi a serra de carro alugado e conto como foi a minha experiência mais abaixo.

Estacionamento: há estacionamento gratuito para carros em Puerto de Navacerrada, em Puerto de Cotos e em Valdesquí.

Combinar: a ida de carro permite você combinar no mesmo dia outras atrações que ficam aos pés da Serra de Guadarrama como o Palacio de La Granja de San Ildefonso, o Monasterio de El Escorial, o Valle de Los Caídos e o Castillo de Los Mendoza.

Dicas para alugar carro: se você pretende alugar carro na região de Madrid recomendo o artigo Dicas Alugar Carro. Outra dica é comprar um chip de celular com internet e usar o Waze ou o Google Maps do celular no lugar do GPS: Chip Celular Internet.

Como ir de ônibus

Linha 691: a linha 691 da empresa Larrea sai do Intercambiador de Moncloa em Madrid (acesso pelas linhas 3 e 6 do Metrô) e faz paradas em Puerto de Navacerrada, Puerto de Cotos e Valdesquí (são as três últimas paradas da linha). O trajeto até Valdesquí (ultima parada) leva 1 hora e 30 minutos. Durante a semana a frequência de horários é a cada +- 1 hora. Nos finais de semana a frequência aumenta. A passagem custa +- 5 euros cada trecho. Consulte os horários: Linha 691 (os ônibus só vão até Valdesquí nos horários que possuem um V).

Veja o mapa com a localização do Intercambiador de Moncloa em Madrid:

Veja o mapa com a localização dos pontos de ônibus na serra:

Como ir de trem

Vantagens de ir de trem: não enfrentar trânsito na serra e apreciar a linda paisagem. As principais desvantagens: a duração do percurso (mais demorado do que carro e ônibus) e a localização das estações de trem (mais distantes das estações de esqui do que os estacionamentos de carros e os pontos de ônibus).

2 estações de trem: essa região na Serra de Guadarrama possui duas estações de trem, Puerto de Navacerrada e Cotos.

Estação de trem de Puerto de Navacerrada: ela fica a 1,3 km da estação de esqui de Puerto de Navacerrada. A caminhada é subindo a montanha. Veja o mapa do trajeto entre a estação de trem e a estação de esqui:

Estação de trem de Cotos (em Puerto de Cotos): ela fica a 400 metros do Centro de Visitantes Peñalara. Na própria estação fica a La Cantina de Cotos (TodoAventur). Veja o mapa com a localização da estação de trem de Cotos e o Centro de Visitantes Peñalara:

Cercanias Madrid: a partir de Madrid é possível chegar com os trens Cercanias (com baldeação em Cercedilla) até as estações de trem Puerto de Navacerrada e Cotos. A linha que vai de Madrid até Cercedilla é a C-8 (sai das estações Atocha, Recoletos, Nuevos Ministerios e Chamartín). Em Cercedilla sai a linha C-9 que sobe a serra até Puerto de Navacerrada e Cotos. O trajeto total dura em torno de 2 horas e 15 minutos (pode ser mais ou menos dependendo das estações de origem e de destino. A passagem custa 8,70 euros cada trecho (abril de 2017) e você pode comprar nas máquinas de auto-atendimento nas estações. Pesquise os horários dos trens no site da Renfe: coloque a estação de origem (por exemplo Atocha) e a estação de destino (Puerto de Navacerrada ou Cotos). O próprio sistema da Renfe dará os melhores horários combinando o transbordo (baldeação) em Cercedilla. Consulte os horários: Cercanias Madrid.

Segóvia: também é possível fazer o bate-volta de trem desde Segóvia fazendo baldeação em Cercedilla (não encontrei informações sobre ônibus partindo de Segóvia). A linha Segóvia-Cercedilla é servida pelo trem Regional da Renfe. No site da Renfe é difícil aparecer os horários desses trens. Pelo que eu pesquisei há umas 4 ou 5 frequências por dia (entre Segóvia e Cercedilla) e o trajeto dura menos de 40 minutos. Os trens partem da Estación de Segóvia (a estação dentro da cidade, não é a estação do AVE). Em Cercedilla você terá que fazer baldeação para subir a serra (consulte os horários no link Cercanias Madrid acima).

Onde ficar

Veja abaixo as opções de hospedagem caso você queira passar mais tempo esquiando, explorar melhor a área ou montar um roteiro pernoitando por lá.

Na serra: em Puerto de Navacerrada você encontra alguns alojamentos como o El Corzo. Veja mais opções: onde ficar em Puerto de Navacerrada. Em Puerto de Cotos há o alojamento do La Cantina de Cotos. Em Valdesquí não há opções de hospedagem. Caso você vá de carro você encontra mais opções de hospedagem em Navacerrada (9 km de Puerto de Navacerrada) e em Rascafría (16 km de Puerto de Cotos).

Cercedilla: o que muitos turistas fazem é dormir em Cercedilla (é mais barato) e subir a serra de trem. O Hostal Aribel Longinos fica ao lado da estação de trem. Mais opções: onde ficar em Cercedilla.

Puerto de Navacerrada - Serra de Guadarrama - Madrid - Espanha (16)
El Corzo em Puerto de Navacerrada: no lado direito da foto

A minha experiência

Dezembro: nós subimos a Serra de Guadarrama em medos de dezembro, no finalzinho do outono. As estações de esqui ainda estavam fechadas.

Palacio Real de La Granja de San Ildefonso: na verdade o nosso destino principal do dia era o Palacio de La Granja de San Ildefonso que fica do outro lado da serra, mais próximo de Segóvia (nós saímos de Madrid).

Carro: nós fomos de carro. São duas opções de trajetos de carro de Madrid até o Palácio de La Granja (ou mesmo até Segóvia): uma auto-estrada (com um túnel por baixo da serra) ou uma estradinha sinuosa cruzando a serra e passando por Puerto de Navacerrada. É claro que fomos pela estradinha cruzando a serra :)

As motivações para irmos pela serra: nós adoramos paisagens de montanhas e estradinhas sinuosas; é sempre bom ver neve; eu queria verificar as condições para subir a montanha de carro para poder relatar aqui no blog :)

Receios: o maior medo era que houvesse neve acumulada na pista. Eu não tinha alugado correntes para as rodas (eu nem sei colocar). Havia nevado na serra no dia anterior e tinha previsão de neve também para esse dia. Se houvesse neve na pista nós daríamos meia-volta e seguiríamos até o Palacio de La Granja pela auto-estrada.

Subindo a serra: a estradinha é sinuosa e a paisagem é linda. O desnível entre Madrid (+- 600 metros) e Puerto de Navacerrada (+- 1800 metros) é grande. A estrada que cruza a serra chega quase nos 1900 metros de altitude.

1700: na estrada há algumas placas informando a altitude. Já estávamos nos 1.700 metros e nada de neve. Como estava nublado não dava para ver como a montanha estava mais para cima.

1800: foi só chegando perto dos 1800 metros que começamos a ver neve nos galhos das árvores e também no chão.

Puerto de Navacerrada - Serra de Guadarrama - Madrid - Espanha

Puerto de Navacerrada - Serra de Guadarrama - Madrid - Espanha
Conforme íamos subindo aumentava a quantidade de neve nas árvores e no chão

Neve: antes de chegar em Puerto de Navacerrada, a quantidade de neve acumulada foi aumentando até que…. de repente haviam flocos de neve caindo no para-brisa do carro. Ver neve é muito bom, mas ver neve caindo é melhor ainda. Aí tivemos que parar o carro para curtir o momento:

Puerto de Navacerrada - Serra de Guadarrama - Madrid - Espanha (3)
Olha o meu cabelo com flocos de neve :)

Estações de esqui fechadas: nós já sabíamos que as estações de esqui estavam fechadas. Como já tínhamos experiência com neve em viagens anteriores não tinha muito o que fazermos lá no alto da serra. Fizemos uma parada rápida (uma na ida e outra na volta) em Puerto de Navacerrada.

Puerto de Navacerrada:

Puerto de Navacerrada - Serra de Guadarrama - Madrid - Espanha Puerto de Navacerrada - Serra de Guadarrama - Madrid - Espanha Puerto de Navacerrada - Serra de Guadarrama - Madrid - Espanha Puerto de Navacerrada - Serra de Guadarrama - Madrid - Espanha Puerto de Navacerrada - Serra de Guadarrama - Madrid - Espanha Puerto de Navacerrada - Serra de Guadarrama - Madrid - Espanha

Pista limpa: não tive problemas com o meu maior receio que era de ter neve na pista. Ela estava limpa. Pelo o que eu apurei na maioria dos dias do inverno a pista está limpa e não é necessário usar correntes. A neve só acumula na pista se nevar muito.

Puerto de Navacerrada - Serra de Guadarrama - Madrid - Espanha Puerto de Navacerrada - Serra de Guadarrama - Madrid - Espanha Puerto de Navacerrada - Serra de Guadarrama - Madrid - Espanha Puerto de Navacerrada - Serra de Guadarrama - Madrid - Espanha Puerto de Navacerrada - Serra de Guadarrama - Madrid - Espanha

Sol: após passarmos por Puerto de Navacerrada começamos a descer a serra e o tempo começou a abrir. No Palacio de La Granja estava sol.

Puerto de Navacerrada - Serra de Guadarrama - Madrid - Espanha

Puerto de Navacerrada - Serra de Guadarrama - Madrid - Espanha
Tempo abrindo descendo a serra
Palácio Real de La Granja de San Ildefonso - Segóvia - Espanha
Palacio de La Granja de San Ildefonso
Palácio Real de La Granja de San Ildefonso - Segóvia - Espanha
Jardins do palácio: ao fundo a Serra de Guadarrama com os picos cobertos por nuvens. Foi lá que passamos de carro

Volta: na volta paramos novamente em Puerto de Navacerrada e antes de chegarmos em Madrid paramos no Palacio Real de El Pardo.

Palácio Real de El Pardo - Madrid - Espanha
Palacio Real de El Pardo

Roteiro do dia com carro alugado: Madrid (saímos cedo) > Puerto de Navacerrada (na ida) > Palacio de La Granja de San Ildefonso > Puerto de Navacerrada (na volta) > Palacio Real de El Pardo (em Madrid).

Veja o trajeto entre Madrid e o Palacio de La Granja passando pela Serra de Guadarrama e por Puerto de Navacerrada (o trecho de serra tem cerca de 20 km):

Dicas de roupas

Frio: no inverno a temperatura geralmente está próxima do zero grau mesmo de dia. É essencial subir a montanha bem agasalhado. Comprar: você pode comprar roupas na Decathlon. Há lojas aqui no Brasil, site aqui no Brasil (veja os links abaixo) e várias lojas em Madrid. Comprar em Madrid é mais barato. Alugar: também existe a opção de alugar roupas nas lojas no entorno de Puerto de Navacerrada e na estação de Valdesquí. Em Puerto de Cotos não encontrei informações sobre aluguel de roupas, mas pode ter.

Camadas: o ideal é usar roupas por camadas. Além de proteger mais do frio e do vento, também fica prático para o caso de esquentar e for necessário tirar uma das camadas. Se você for brincar na neve eu aconselho uma segunda pele (calça e blusa), um fleece (como esse) e uma jaqueta (como essa, que também dá para usar na cidade durante os passeios, é leve e ocupa pouco espaço na mala). Outra opção de jaqueta é essa, mais apropriada para quem for esquiar por ser impermeável e corta-vento, mas fica estranho usar na cidade. Se na montanha você ficar com calor é só tirar o fleece ou a jaqueta. Por cima da segunda pele na parte de baixo eu uso calça jeans (eu não tenho tanto frio nas pernas) ou uma calça de ski impermeável (caso eu vá brincar muito na neve).

Pouco contato com a neve: se você não pretende se molhar muito na neve você pode trocar as jaquetas esportivas (que eu indiquei acima) por uma mais elegante que você também possa usar na cidade e sair para jantar. Você acha jaquetas revestidas com plumas nas lojas de departamentos em Madrid  (El Corte Inglés, Primark, H&M, Zara, etc).

Muito frio: se você for enfrentar temperaturas muito abaixo do zero grau (não é comum nessa região durante o dia) vai precisar de roupas mais apropriadas.

Acessórios: não esqueça também do óculos de sol, protetor solar (o sol reflete na neve), gorro, cachecol e luvas (eu uso duas, uma touch para tirar fotos com o celular e uma impermeável por cima da touch). No pé eu uso meias como essa e tenho essa bota, que é multi-uso (impermeável, permite andar na neve sem escorregar tanto, dá para usar na cidade, fazer trilhas). A Renata tem uma similar a essa, também com as características da minha.

SnowZone (indoor)

O SnowZone fica dentro do Shopping Xanadu que apesar de ficar em Madrid está a 28 km do centro da cidade.

O local possui uma boa pista de esqui indoor e está aberto 365 dias por ano. O SnowZone permanece com um temperatura na casa dos 2º C, com neve artificial e possui aluguel de equipamentos e roupas.

Não há linhas de metrô até o Shopping Xanadu. A alternativa é ir com as linhas de ônibus 528, 534, 539, 541, 545, 546, 547 ou 548 que partem da Estacíon de Príncipe Pío em Madrid (acesso pelas linhas 6, 10 e R do Metrô e C-1, C-7 e C-10 do Cercanías)

O Shopping Xanadu tem unidades das lojas de departamentos mais famosas da Espanha: Shopping Xanadu.

Veja mais detalhes e os preços do SnowZone.

Mapa com a localização da Estacíon Príncipe Pío e do Shopping Xanadu/SnowZone:

Snowzone
SnowZone em Madrid: pista de esqui indoor 365 dias por ano. Crédito: SnowZone

Dúvidas sobre neve em Madrid

Se você ainda tem dúvidas sobre as estações de esqui ou onde ver neve em Madrid deixe um comentário abaixo :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *