Parque del Retiro (Madrid, Espanha)

Parque del Retiro Madri
Palácio de Cristal: uma das principais atrações do Parque del Retiro em Madrid na Espanha

Principal parque de Madrid: o Parque del Retiro (Parque del Buen Retiro, também chamado de Jardines del Retiro ou Jardins do Retiro em português) é o parque mais famoso de Madrid na Espanha.

Central: com uma localização central ele é o parque mais visitado e figura entre as principais atrações turísticas da cidade.

Monumental: além da flora e fauna, o Parque del Retiro é um grande conjunto monumental repleto de lagos, fontes, esculturas, estátuas, monumentos, jardins e um lindo paisagismo.

Serviços: no parque você encontrará banheiros, bares, pavilhões com exposições gratuitas, passeio de barco e aluguel de caiaques e barcos a remo.

Imperdível: caminhar ou pedalar pelo parque é um passeio imperdível na sua visita a Madrid.

Veja neste artigo todas as dicas para você visitar o Parque del Retiro em Madrid

  • História
  • Localização e como chegar
  • Horários e preços
  • Melhor época
  • Roteiro pelas principais atrações dentro do parque
  • Dicas para alugar bicicleta
Parque del Retiro Madrid Espanha
Monumento a Alfonso XII às margens do Estanque Grande (Lago Grande)

História do Parque del Retiro

Palacio del Buen Retiro: a origem do parque é do século XVII com a construção (entre 1630 e 1640) do Palacio del Buen Retiro pelo Rei Felipe IV. O palácio servia de casa de campo da família real e possuía um jardim no seu entorno (atualmente o parque). Durante mais de um século o jardim foi de uso privado da família real. Em 1767 o Rei Carlos III permitiu o acesso público, desde que os frequentadores estivessem bem vestidos e seguissem certas regras de comportamento.

Tropas de Napoleão: em 1808, durante a Guerra de Independência da Espanha (dentro das Guerras Napoleônicas), as tropas de Napoleão Bonaparte se instalaram no Parque del Retiro. Ao final da guerra em 1814 tanto o palácio como o parque estavam destruídos.

Aspecto atual do Parque del Buen Retiro: logo após o final da guerra iniciou-se a recuperação do parque (o palácio não foi reconstruído). A partir de 1868, quando a titularidade do parque passou da família real para a cidade de Madrid, impulsionou-se a inauguração de fontes, monumentos, jardins e outros atrativos atuais.

Parque del Retiro
Passear pelo Parque del Retiro é uma delícia

Localização e como chegar 

Localização: o Parque del Retiro ocupa uma ampla área na região central de Madrid, próxima de várias atrações e no entorno dos principais bairros turísticos da cidade.

Veja o mapa com a localização do Parque del Retiro, do Museo del Prado (distante 300 metros), da Puerta del Sol (1,3 km), do Palacio Real (2,2 km):

Metrô: a melhor maneira de ir até o Parque del Retiro é com o Metrô. São várias as estações ao redor do parque: Estação Retiro (Linha 2 do Metrô), Estação Ibiza (Linha 9 do Metrô), Estação Príncipe Vergara (linhas 2 e 9 do Metrô) e Estação Atocha (Linha 1 do Metrô e C1, C2, C3, C4, C5, C7, C8 e C10 do Cercanias).

Veja o mapa com a localização das estações do Metrô Retiro, Ibiza, Príncipe Vergara e Atocha (localizadas no entorno do parque):

Caminhando: é grande a chance de você chegar e/ou sair caminhando do Parque del Retiro, já que há várias atrações turísticas no entorno do parque. Um roteiro tradicional é percorrer a Gran Vía até a Puerta del Alcalá, que fica bem em frente à uma das entradas principais do parque. Outra combinação é o Museo del Prado, que também está bem próximo do parque.

Entradas: o Parque del Retiro possui cerca de 20 portas de entrada.

Horários e preços Parque del Retiro

Horário de verão (abril a setembro): 06:00 às 24:00.

Horário de inverno (outubro a março): 06:00 às 22:00.

Preço: gratuito.

Melhor época Parque del Retiro

Primavera: sem dúvida é a melhor época para visitar o Parque del Retiro. Nos meses de abril, maio e junho o parque estará bastante florido e colorido.

Verão e outono: nos meses de verão (julho, agosto e setembro) o parque ainda estará bastante florido e lindo. No outono (outubro e novembro) o parque perde flores e folhas, mas ganhas cores intensas. São épocas boas para visitar.

Inverno: entre os meses de dezembro e março o Parque del Retiro perde um pouco o seu brilho. Vale a pena visitar? É claro que sim, é um lugar muito gostoso para caminhar e não deixa de ser bonito nessa época. Eu mesmo fui em meados de dezembro e o parque proporcionou boas paisagens. Apenas o jardim de rosas (La Rosaleda) que estava menos atrativo.

Roteiro Parque del Retiro

Principais atrações: abaixo eu sugiro um roteiro passando pelos principais atrativos do Parque del Retiro.

Duração do roteiro: vai depender do seu ritmo de caminhada, pausa para fotos e das paradas para curtir a natureza e a paisagem. Na minha opinião é um roteiro de pelo menos umas duas horas, mas você pode passar o dia todo dentro do parque :)

Sequência do roteiro: Puerta de la Independencia, Fuente de los Galápagos, Estanque Grande, Paseo Argentina (Paseo de las Estatuas), Fuente de la Alcachofa, Palacio de Velázquez, Palacio de Cristal, Estátua del Ángel Caido e La Rosaleda.

Veja o mapa desse roteiro pelo Parque del Retiro:

Início (Puerta de la Independencia): seguindo o roteiro você entrará no parque pela Puerta de la Independencia (que fica bem em frente a Puerta de Alcalá, essa fora do parque). Esse roteiro se encaixa perfeitamente após você percorrer a Gran Vía, passar pelo Palacio de Cibeles e ir até a Puerta de Alcalá.

Puerta de Alcalá Madrid Espanha
Puerta de Alcalá (fora do parque): ela fica em frente à Puerta de la Independencia (uma das principais entradas do Parque del Retiro)

Entrada: a partir da Puerta del Alcalá entre no Parque del Retiro pela Puerta de la Independencia. Ali há um passeio muito bonito que segue até a Fuente de los Galápagos.

Parque del Retiro Madrid
Entrando no Parque del Retiro pela Puerta de la Independencia
Parque del Retiro Madrid
Linda alameda
Parque del Retiro Madrid
Chegando na Fuente de los Galápagos

Fuente de los Galápagos (ou Fuente de Isabel II): datada de 1832 ela ficava originalmente nas imediações da Gran Vía e era usada para o abastecimento de água. Ela foi transportada para o Parque del Retiro em 1879.

Fuente de los Galápagos

A partir da Fuente de los Galápagos siga pela Calle Nicaragua e logo você chegará ao Estanque Grande.

Estanque Grande (Lago Grande): o lago artificial é o maior do Parque del Retiro. A sua origem é do século XVII, junto com a construção dos jardins do Palacio del Buen Retiro. A sua função (além de paisagística) era armazenar água para o palácio e as fontes. O entorno do lago é a área mais movimentada do parque. Embarcadero: na margem esquerda você avistará o local da onde partem os passeios de barco, remo e caiaque. Monumento a Alfonso XII: do outro lado do lago você avistará o enorme Monumento a Alfonso XII (eu comento sobre ele mais abaixo).

Parque del Retiro Madrid
Passeio de barco no Estanque Grande
Parque del Retiro Madrid
Monumento a Alfonso XII (do outro lado do lago)
Parque del Retiro Madrid
Margens do Estanque Grande
Estanque Grande: linda paisagem

Continue a margear o lago seguindo pela Calle Nicaragua até chegar ao Paseo de la Argentina (Paseo de las Estatuas) que estará do seu lado direito (enquanto o lago estará do seu lado esquerdo).

Paseo de la Argentina (Paseo de las Estatuas): é uma das alamedas mais belas do Parque del Retiro. Ela é margeada por 13 estátuas de reis espanhóis (a maioria são reis visigodos ou dos reinos de León, Castilla e Aragón entre os séculos VII e XIV). No pedestal vazio provavelmente ficava a estátua de Alfonso VII. Originalmente essas estátuas faziam parte do conjunto com dezenas de estátuas que decoravam os beirais da fachada do Palácio Real. As estátuas foram retiradas do palácio (por serem muito pesadas) e em 1843 foram espalhadas por vários locais de Madrid e região. Algumas estátuas estão nos arredores do Palácio Real (nos Jardines de Sabatini e na Plaza de Oriente). Há uma lenda que diz que quem ordenou a retirada foi a Rainha Isabel de Farnesio. Segundo a lenda a rainha tinha pesadelos com as estátuas caindo sobre ela.

Parque del Retiro Madrid
Paseo de la Argentina (Paseo de las Estatuas): estátuas de reis espanhóis

Continue margeando o Estanque Grande pela Calle Nicaragua até a Fuente de la Alcachofa.

Fuente de la Alcachofa: em estilo neoclássico com elementos barrocos a fonte é datada de 1782 e está no Parque del Retiro desde 1880. Originalmente ela ficava no Paseo del Prado na área onde hoje está a Estação Atocha.

Parque del Retiro Madrid
Fuente de la Alcachofa

Opção (Monumento a Alfonso XII): após a Fuente de la Alcachofa você pode seguir direto para a próxima atração, o Palacio de Velázquez, ou contornar o Estanque Grande até o Monumento a Alfonso XII. O monumento, em homenagem ao Rei Alfonso XII, é enorme e possui 86 metros de comprimento e 30 metros de altura (no topo está o rei montado em seu cavalo), além de várias esculturas. O projeto é do arquiteto catalão José Grases Riera e a obra, inaugurada em 1922, foi realizada por mais de 20 artistas. O monumento fica às margens do Estanque Grande é usado por artistas de rua para apresentações.

Parque del Retiro Madrid Espanha
Monumento a Alfonso VII: do outro lado do Estanque Grande

Após a Fuente de la Alcachofa (ou o Monumento a Alfonso XII) siga até o Palacio de Velázquez.

Palacio de Velázquez: o projeto é do arquiteto Ricardo Velázquez Bosco (o mesmo do Palacio de Cristal). O palácio foi inaugurado em 1883 para a Exposición Nacional de Minería que aconteceu no mesmo ano. O objetivo da exposição foi impulsionar a indústria mineradora. O teto do palácio possui estrutura de ferro e cobertura de cristais que permitem a iluminação natural. Atualmente, tanto o Palácio de Velázquez como o Palacio de Cristal, são gerenciados pelo Museo Reina Sofia que usa ambos para exposições gratuitas.

Dica: há banheiros dentro do Palacio de Velázquez.

Parque del Retiro Madrid
Caminhada até o Palacio de Velázquez
Palacio de Velázquez

Bosque: os palácios de Velázquez e de Cristal ficam em meio à um bonito bosque chamado de Campo Grande. Os palácios estão bem próximos entre si.

Parque del Retiro Madrid
Caminhada entre o Palacio de Velázquez e o Palacio de Cristal

Palacio de Cristal: talvez a principal atração do Parque del Retiro, o palácio é mais um projeto de Ricardo Velázquez Bosco (que se inspirou no Crystal Palace do Hyde Park em Londres construído algumas décadas antes). O Palacio de Cristal foi inaugurado em 1887 para a Exposición de las Filipinas (então colônia espanhola). Nessa época era comum os países europeus organizarem exposições sobre a cultura, fauna, flora e outras caraterísticas das suas colônias. O palácio possui estrutura de ferro e cristais na fachada e na cobertura. Em frente ao Palacio de Cristal há um belo lago artificial com cascata. No palácio eventualmente pode haver exposições gratuitas (quando eu fui não havia).

Palacio de Cristal - Parque del Retiro Madrid
Palacio de Cristal: lindo
Palacio de Cristal - Parque del Retiro Madrid
Lago com pequena cascata em torno do palácio
Palacio de Cristal - Parque del Retiro Madrid
Dentro do palácio
Palacio de Cristal - Parque del Retiro Madrid
Estrutura de ferro e fachada de cristais

Após o Palacio de Cristal siga pelo Paseo de Cuba até a Fuente del Ángel Caído.

Fuente del Ángel Caído: é o monumento mais polêmico do parque. É um dos poucos monumentos no mundo que homenageia o diabo. Para aumentar a polêmica o monumento está a exatos 666 metros acima do nível do mar (não é lenda eu confirmei pelo Google Earth). A obra é do escultor Ricardo Bellver e está no local desde 1885. Será que nessa época existia tecnologia para medir a altitude de uma maneira tão precisa?

Parque del Retiro Madrid
Fuente del Ángel Caído em homenagem ao diabo: está a 666 metros acima do nível do mar. Dá para acreditar?

Ao lado da Fuente del Ángel Caído fica a La Rosaleda.

La Rosaleda (Jardim de Rosas): ela é uma das Rosaledas de Madrid. A outra fica no Parque del Oeste. A Rosaleda do Parque del Retiro foi inaugurada em 1915 e possui mais de 4.000 rosas de mais de 100 espécies diferentes. O jardim tem inspiração francesa e foi obra de Cecilio Rodríguez que posteriormente foi nomeado Jardinero Mayor de la Villa de Madrid, cargo de prestígio na época. Nós fomos em dezembro (quase no inverno) e o jardim estava bem feiosinho, quase sem rosas. A época de rosas é maio/junho.

Parque del Retiro Madrid
La Rosaleda (Jardim de Rosas) em dezembro: a época de rosas é maio/junho

Final do roteiro: a Rosaleda é o fim da minha sugestão de roteiro pelo Parque del Retiro.

Museo del Prado: caso você monte um roteiro indo no Museo del Prado após o Parque del Retiro eu vou sugerir um caminho para você sair do parque (veja abaixo). Note que se você seguir a minha sugestão de caminhar pela Gran Vía e depois fazer esse roteiro pelo Parque del Retiro, talvez seja bastante cansativo ir até o Museo del Prado na sequência (o museu é enorme). Também não sei se dará tempo de fazer tudo isso (vai depender do seu ritmo e das suas preferências).

Da Rosaleda até o Museo del Prado: volte até a Fuente del Ángel Caído e siga pelo Paseo de Cuba até a Fuente de la Alcachofa. Entre no Paseo Paraguay e vá até o Jardín del Parterre (inaugurado em 1722 em estilo francês). No Jardín del Parterre há muitos ciprestes incluindo a que seria a árvore mais antiga de Madrid (um cipreste com mais de 400 anos). No Jardín del Parterre você verá a Puerta de Felipe IV e atrás da porta o El Casón del Buen Retiro (um palacete já fora do Parque del Retiro; foi construído em 1637 e servia como salão de baile do Palacio del Buen Retiro). Essa área (Jardín del Parterre/Puerta de Felipe IV/El Casón del Buen Retiro) é bonita e vale a pena dar uma passada. Saia do parque pela Puerta de Felipe IV. O Museo del Prado fica atrás do El Casón del Buen Retiro (siga pela Calle de Felipe IV).

Veja o mapa com a caminhada da Rosaleda até o Museo del Prado passando pelo Jardín del Parterre:

Aluguel de bicicleta Parque del Retiro

Somente fora: não há o serviço de aluguel de bicicleta dentro do Parque del Retiro. Mas algumas empresas que ficam no entorno do parque oferecem esse serviço.

Vale a pena alugar bicicleta? No meu planejamento eu tinha anotado o endereço de uma das lojas para alugar. Lá na hora estava bem friozinho e nós optamos por não alugar (o clima não estava muito convidativo). Eu acredito que em dias de calor o parque deve ficar muito cheio (principalmente nos finais de semana) com menos espaço para pedalar. Eu acredito que a melhor coisa a se fazer é decidir lá na hora alugar ou não a bicicleta.

Aluguel de bicicletas no entorno do Parque del Retiro:

  • Rent & Roll: na minha opinião é a que tem a melhor localização. São duas lojas, uma pertinho da Puerta del Alcalá e outra pertinho do Museo del Prado. Quem sabe não dá para alugar em uma e devolver na outra.
  • 27 Bikes: fica próxima da Estação Ibiza do Metrô (linha 9).
  • Diver Bikes: fica próxima da Estação Príncipe Vergara do Metrô (linhas 2 e 9).

Veja o mapa com a localização dessas lojas:

Dúvidas

Alguma dúvida sobre o Parque del Retiro em Madrid. Deixe um comentário abaixo :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *