La Paz: Teleférico, Iglesia San Francisco – Bolívia

Relato da nossa segunda passagem por La Paz na Bolívia. Já havíamos ficado 1 dia em La Paz no início da viagem. Depois seguimos para Copacabana e Isla del Sol. Estávamos de volta a La Paz e ficaríamos mais 24 horas antes de seguirmos para Uyuni para fazermos o Tour no Deserto de Sal.

Viemos de Copacabana de ônibus e paramos no Terminal de Buses. Pegamos um táxi (20 bolivianos por pessoa) até a Posada de La Abuela Obdulia. Era a segunda vez que ficávamos na pousada.

Dessa vez ficamos em um quarto triplo. Ele era maior, mas pior que o quarto da outra vez. O banheiro do primeiro quarto tinha janela e desse segundo quarto não. Ele também era um pouco mais barulhento.

Posada De La Abuela Obdulia - La Paz - Bolivia

Posada De La Abuela Obdulia - La Paz - Bolivia

Era por volta das 18:00 e resolvemos descer até a Iglesia San Francisco que fica a 2 quadras da pousada. Na primeira passagem por La Paz fizemos um city tour, mas não deu tempo de conhecer essa igreja.

Iglesia San Francisco – La Paz:

Infelizmente a igreja estava fechada. Era dia 1º de Janeiro e já passava das 18:00. Não sei se estava fechada pelo dia, pelo horário ou pelos dois motivos. Andamos ali pela praça San Francisco e tiramos algumas fotos:
Iglesia San Francisco - La Paz - Bolívia

Iglesia San Francisco - La Paz - Bolívia

Dois palhaços divertiam centenas de bolivianos na praça da igreja:
La Paz - Bolívia

Na subida de volta para a pousada resolvemos parar em um restaurante com um aspecto muito bom:

Banais Café Restaurant:

Fica junto ao Hostal Naira, localizado na Calle Sagarnaga, rua lateral da Iglesia San Francisco no Centro Histórico de La Paz. Próximo ao Mercado das Bruxas e da pousada que estávamos hospedados.

Banais Café Restaurant La Paz

Banais Café Restaurant La Paz

Pedimos um pequeno sanduíche de brócolis com grão de bico (Pita) e um prato com 3 torradas com diferentes sabores (Bocato):
Banais Café Restaurant La Paz

Banais Café Restaurant La Paz

Estava uma delícia. Com um suco e uma água ficou 59 bolivianos. Foi uma refeição leve, mais tarde sairíamos para jantar.

Em nossa terceira passagem por La Paz fomos de novo ao Banais, mas para almoçar. Pedimos de entrada uma porção de bolinho de quinoa (Croqueta), eu pedi uma Truta e a Renata uma carne:
Banais Café Restaurant La Paz

Banais Café Restaurant La Paz

Banais Café Restaurant La Paz

Banais Café Restaurant La Paz

Tudo estava muito bom também. Com um suco e um refrigerante ficou 167 bolivianos.

Gostamos muito do Banais. O ambiente é bacana, os pratos tem uma boa apresentação e são muito bons, os preços são justos (bem mais barato que no Brasil) e a cozinha é bem limpa (anormal na Bolívia). Só o atendimento que podia ser um pouco melhor, não que seja ruim.

O Banais é no térreo e nos andares superiores fica o Hostal Naira, que me pareceu ser bem bacana.

Saímos do Banais por volta das 19:00 e fomos até a pousada. Descansamos um pouco e mais tarde saímos para jantar. Havíamos visto um pub inglês na esquina da nossa pousada e fomos até lá.

The English Pub:

Foi o restaurante que mais gostamos em La Paz. É muito bom. O ambiente é legal, o atendimento muito bom e o preço também. A comida então nem se fala.

The English Pub - La Paz - Bolívia

A Renata estava se sentindo muito bem e pediu uma taça de vinho. Eu ainda não estava 100% devido à altitude, mas era o dia em que estava me sentindo melhor. Quase pedi uma cerveja, ainda não havia bebido nada alcoólico na Bolívia. E já era a 5º noite da viagem. Acabei pedindo um refrigerante. No dia seguinte iríamos para Uyuni e não queria comprometer o tour no deserto de sal. Acabei apenas bebericando um pouco do vinho da Renata. Nem vou comentar que o pub tem vários tipos de cerveja e eu fiquei babando. E na mesa ao lado tinha um casal de brasileiros tomando várias. Que inveja.

Eu pedi um Combi Burger. Estava muito bom. Foi a carne de hambúrguer mais grossa que já comi na vida. Acompanhava um molho barbecue:
The English Pub - La Paz - Bolívia

A Renata pediu um Frango (Pollo) ao Pesto. Estava divino também. O prato era gigante e ela não conseguiu comer tudo. Eu também não consegui comer todo o lanche:
The English Pub - La Paz - Bolívia

Com a taça de vinho e o refrigerante ficou 167 bolivianos.

Na terceira passagem por La Paz voltamos ao pub para jantar novamente. Dividimos uma lasanha (49 bolivianos). Mas esqueci de tirar foto.

Voltamos à pousada e fomos dormir. Eu dormi bem mal. Aliás, eu dormi mal todas as noites na Bolívia. É um dos sintomas da altitude. Não conseguia dormir mais que 4 horas por noite. E no dia seguinte não ficava com sono, muito estranho. Mas essa noite o que eu acho que contribuiu para a insônia foi o hambúrguer que comi. Ele era bem pesado e foi a primeira vez que comi carne vermelha na Bolívia. Até então só tinha comido coisas mais leves por causa da altitude.

No dia seguinte, logo cedo, desci ao pátio da pousada onde ficam 3 agências de turismo para reservar o tour para o Chacaltaya. Naquela tarde nós iríamos para Uyuni e ficaríamos 4 dias lá. Retornaríamos no 4º dia à noite para La Paz e no dia seguinte pela manhã pretendíamos subir o Chacaltaya. Queria já deixar reservado porque no horário que voltaríamos para La Paz as agências já estariam fechadas. E o tour sai logo de manhã.

Primeiro fui na Servimasters Tours. O tour custava 80 bolivianos por pessoa, mas não tinha a garantia de saída para o dia que eu queria. Só daria para saber na véspera.

Fui na Turismo Bolívia Peru. O tour custava a fortuna (para os padrões bolivianos) de 175 bolivianos por pessoa e era garantida a saída para o dia que eu queria. Depois de todo o perrengue que já havíamos passado não pensei duas vezes e paguei 175 bolivianos. Eu iria fazer o tour no Chacaltaya no último dia da viagem. Se não desse certo não teria mais tempo para ir. Resolvi não arriscar.

Após reservamos o Chacaltaya pegamos um táxi (15 bolivianos) até a Estação de Teleférico da Linha Vermelha (Roja).

Teleférico de La Paz:

O Teleférico de La Paz (Mi Teleferico) foi inaugurado em 2014. Ele é o mais extenso do mundo. Liga La Paz (3600 metros de altitude) até a cidade de El Alto (acima de 4000 metros). Nossa viagem foi em Janeiro de 2015 e 3 linhas estavam operando: Amarela (Amarilla), Vermelha (Roja) e Verde. Há projetos para mais linhas.

As duas linhas mais turísticas são a Amarela e a Vermelha. Na primeira passagem por La Paz fomos na Linha Amarela. Mas estava chovendo e o tempo fechado, prejudicando a vista. Agora iríamos na Linha Vermelha. O dia estava bem melhor, com algumas nuvens, mas havia sol.

Nós gostamos mais da Linha Vermelha. As principais vantagens é que ela está mais próxima do Centro de La Paz e ela possui um mirante na última estação.

A estação mais próxima do Centro fica junto da Estação de Trem (Ferrocarril) de La Paz. A estação de trem é muito bonita, mas parece estar desativada ou fechada para reforma:
Estação Ferrocarril La Paz - Bolívia

Atrás dela fica a Estação do Teleférico da Linha Vermelha (Roja):
Teleférico La Paz - Bolívia

Pagamos 3 bolivianos em cada sentido por pessoa. Há estudos para uma tarifa mais cara para os turistas:
Teleférico La Paz - Bolívia

Durante a subida dá para observar como são as construções da cidade de La Paz:
Teleférico La Paz - Bolívia

Teleférico La Paz - Bolívia

Teleférico La Paz - Bolívia

Teleférico La Paz - Bolívia

Cemitério:
Teleférico La Paz - Bolívia

Teleférico La Paz - Bolívia

Também, pela primeira vez, conseguimos ver vários picos nevados com o tempo mais aberto:
Teleférico La Paz - Bolívia

Teleférico La Paz - Bolívia

São uns 10 a 15 minutos de subida:
Teleférico La Paz - Bolívia

Visão panorâmica da cidade:
Teleférico La Paz - Bolívia

Como será que esse carro foi parar aí? Será que tinha alguém dentro?
P1090590

Enfim chegamos na última estação na cidade de El Alto:
Teleférico La Paz - Bolívia

A diferença para a última estação da Linha Amarela, é que a última estação da Linha Vermelha tem mais estrutura:
Teleférico La Paz - Bolívia

Ela possui um Patio de Comidas, mas como ainda era cedo estava fechado:
P1090579

E o melhor, ao contrário da Linha Amarela, na Linha Vermelha há um mirador:
Teleférico La Paz - Bolívia

E que mirador!!! A vista é sensacional:
Teleférico La Paz - Bolívia

Teleférico La Paz - Bolívia

Mais picos nevados:
P1090574

Vista da cidade:
P1090576

De tudo o que conhecemos em La Paz, sem dúvida, o teleférico foi o passeio que mais gostamos.

Descemos o teleférico e pegamos um táxi de volta para a pousada (15 bolivianos). No caminho observamos o cotidiano do povo boliviano:
La Paz - Bolívia

La Paz - Bolívia

La Paz - Bolívia

La Paz - Bolívia

La Paz - Bolívia

La Paz - Bolívia

La Paz - Bolívia

La Paz - Bolívia

La Paz - Bolívia

La Paz - Bolívia

La Paz - Bolívia

A Bolívia é tão próxima geograficamente do Brasil, mas muito distante culturalmente.

Nosso voo para Uyuni era às 14:30. Ainda tínhamos algum tempo livre. Ficamos fuçando as lojas de artesanias ao redor da pousada (estava começando a chover):
La Paz - Bolívia

Por volta do meio-dia pegamos um táxi até o aeroporto (70 bolivianos). Almoçamos lá no aeroporto, no Subway.
O voo para Uyuni era pela companhia Amaszonas e saiu as 15:30, com 1 hora de atraso.

A viagem até aqui tinha sido de muitos perrengues, principalmente em Copacabana. Agora parecia que estávamos nos acostumando. A pressão arterial da Renata que havia subido em La Paz e depois em Copacabana estava normalizada. Estávamos bastante animados para fazer o Tour no Deserto de Sal.

Vídeo de La Paz – Bolívia:

Assista ao vídeo que fizemos dessa viagem. Ele está em nosso canal do Youtube. Ajude o nosso vídeo a ficar mais popular e clique em gostei (joinha). Veja mais vídeos de nossas viagens e se inscreva em nosso canal.

Confira todas as nossas dicas da Bolívia:

Veja abaixo todos os nossos relatos de cidades e passeios na Bolívia. Passamos vários perrengues, sofremos com a altitude e tivemos que vir embora mais cedo. Confira:

Dicas de La Paz

Dicas de Copacabana – Lago Titicaca – Isla del Sol

Dicas Tour Salar de Uyuni (Deserto de Sal)

Dica: economize no seguro-viagem para a Bolívia e América do Sul

Passeios em La Paz e região

Agência confiável e com preços competitivos: durante as viagens nem sempre é fácil encontrarmos boas agências para fazermos os passeios.

Denomades: algum tempo atrás eu tive a oportunidade de conhecer a plataforma denomades que faz um trabalho bacana para nós turistas.

Pequenos e médios operadores locais qualificados: em vários destinos da América do Sul a denomades oferece tours que são operados por pequenas e médias agências locais. A equipe da denomades seleciona agências qualificadas e que oferecem uma boa estrutura, um bom atendimento e um bom nível de serviços.

Reservas simples: na plataforma denomades os tours são oferecidos de maneira prática, simples e didática. Você encontra os preços, horários de saída e de chegada, o que inclui e o que não inclui, se há pick-up no hotel (vão te buscar) ou ponto de encontro, além de fotos e vídeos sobre os passeios.

Datas e horários: ao fazer a reserva você seleciona a data e o horário (entre os disponíveis) em que pretende fazer o tour. É tudo muito fácil e bem organizado.

Flexibilidade e suporte: a plataforma oferece uma excelente flexibilidade e facilidade para alterar datas e mesmo cancelar os tours com reembolso. A denomades também oferece um excelente suporte caso você tenha dúvidas ou necessite de uma informação específica.

Preços competitivos: um detalhe bacana e muito importante é que os preços oferecidos são competitivos (pode pesquisar).

Sinal: ao contratar o tour na plataforma você paga apenas um sinal (pode ser pelo Paypal; você precisará de um cartão de crédito internacional) para garantir a reserva e o saldo você acertará com a agência operadora do tour lá na hora.

Tours em La Paz na plataforma denomades 

Confira os tours em todos os destinos da plataforma denomades:

Chile:

Bolívia:

Peru:

Argentina:

Colômbia:

Equador:

Brasil:

Dicas práticas e econômicas para a sua viagem

Cupom Desconto Viagens e Turismo

  • Cupons desconto de hotéis, seguro viagem, chip internacional, parques, etc.
  • Cupons de empresas como Hoteis.com, Easysim4u, Allianz Travel, Seguros Promo, Real Seguro Viagem, Travel Mobile, ClickBus, parques Xcaret, entre outras.
  • Confira o artigo que reúne todos os cupons de desconto divulgados no Dicas Onde Ficar:
  • Cupom Desconto Viagem e Turismo

2 Comentários


  1. Olá, gostei muito do seu relato sobre a Bolívia. Estarei em La Paz no dia 04/03, mas passarei pouco tempo. Saberia me informar se é possível (e recomendado) sair do aeroporto e pegar o teleférico da linha vermelha? Não encontrei no mapa se o teleférico fica muito distante do aeroporto. Agradeço pela ajuda.

    Responder

    1. Oi Beneildo. Acredito ser viável sim. É só pedir para o taxista te deixar na estação do teleférico da Linha Vermelha em El Alto.

      Responder

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *