SunPass Não Vale a Pena: Pedágios na Flórida (Miami e Orlando)

Pedágio Eletrônico com o Sun Pass
Pedágio na Flórida: muitos só aceitam pagamento eletrônico (como o SunPass)

Pagar pedágios na Flórida (Miami e Orlando) com o SunPass: se você vai alugar um carro na viagem para Miami e Orlando é bem provável que você precise de um sistema de pagamento eletrônico de pedágios como o Sun Pass (o mais popular da região).

Somente pedágios eletrônicos: muitas praças de pedágio na Flórida só aceitam pagamento eletrônico (não possuem cabines para pagamento em dinheiro).

Principais informações sobre o SunPass:

  • Como funciona: com o SunPass você paga os pedágios automaticamente (similar ao nosso Sem Parar).
  • Preço: o SunPass Mini, o mais usado pelos turistas, custa 5 dólares (apenas o dispositivo). Ele é o sistema de pagamento eletrônico de pedágios mais barato na Flórida.
  • Pagamento. O pagamento dos pedágios com o SunPass funciona no modo pré-pago: você carrega créditos que vão sendo descontados conforme você passa nos pedágios.
  • Mas na minha opinião não vale a pena usar o Sun Pass. Apesar de ser o mais barato o Sun Pass não é tão prático: você tem que comprar o dispositivo (em uma loja), cadastrar o carro alugado (no site ou por telefone) e carregar créditos.

Toll Pass (utilizado pela Alamo): na minha última viagem para Miami e Orlando (junho de 2018), após muita pesquisa, eu resolvi testar o sistema Toll Pass (utilizado pela locadora Alamo). Eu aluguei o carro da Alamo pela Rentcars.

Simples e prático: os carros da locadora Alamo já vem com o Toll Pass instalado. Não é necessário comprar, nem cadastrar e nem carregar créditos. Você paga por uso (se não usar não paga). É muito mais simples e prático de usar.

Melhor custo-benefício: o Toll Pass custa poucos dólares a mais do que o SunPass (entre 0 a 14 dólares dependendo da quantidade de dias que você usar). O custo-benefício é excelente.

Outra vantagem da Alamo: você pode retirar o carro alugado nos aeroportos (Miami, Orlando e Fort Lauderdale) ou no Disney Car Care Center sem precisar passar pelo balcão de atendimento (utilizando os totens de autoatendimento). Com isso você evita o contato com os atendentes (que muitas vezes insistem na contratação de seguros e itens extras desnecessários que encarecem o aluguel do carro).

Confira o artigo com dicas para alugar carro na Alamo contratando os seguros essenciais, como usar os totens de autoatendimento e como funciona o sistema Toll Pass:

Veja também:

Pagar Pedágios na Flórida: SunPass e Toll Pass

Importante: os preços e informações dos dispositivos foram consultados em setembro de 2018. Confirme as informações atualizadas.

Continue lendo o artigo ou clique nos links para ir direto aos tópicos:

Mais dicas para alugar carros

Aqui no blog tem outros artigos sobre aluguel de carros nos EUA:

Artigos com dicas essenciais para você alugar um carro no exterior: 

Chip internacional (receba no Brasil antes da viagem): ao alugar um carro é fundamental ter um chip internacional para poder usar aplicativos de GPS como Waze e Google Maps. Além de ter conexão com a internet no celular durante a viagem você economiza com o aluguel do GPS. Receba o chip no seu endereço no Brasil antes da viagem. Confira os artigos:

1 – Pedágios na Flórida: dicas gerais

Toll = pedágio em inglês.

Na Flórida há pedágios que:

  • Aceitam apenas pagamento eletrônico: nesse caso você precisa de um dispositivo no carro como o SunPass, o Toll Pass (utilizado pela Alamo) ou o dispositivo de outra locadora. Ao passar no pedágio sem um dispositivo você levará uma multa por evasão de pedágio e o custo será bem mais salgado. O valor da multa será lançado pela locadora no seu cartão de crédito ou chegará uma carta na sua casa com o procedimento para você pagar (geralmente online).
  • Aceitam pagamento em dinheiro ou pagamento eletrônico: nesse caso as praças de pedágios possuem sinalização indicando as faixas para pagamento em dinheiro e as faixas para a cobrança automática (pagamento eletrônico). Para pagamento em dinheiro há pedágios que devolvem troco e há pedágios chamados “Exact Coins” onde o pagamento é apenas com moedas e não há devolução de troco.

Pedágios em Miami

Somente pagamento eletrônico: nos arredores de Miami as praças de pedágios aceitam apenas pagamento eletrônico. É fundamental que você tenha um dispositivo como o Sun Pass ou Toll Pass instalado no carro.

Aeroporto de Miami: o trajeto do Aeroporto de Miami para os principais bairros/cidades de Miami (como Miami Downtown e Miami Beach) possuem pedágios eletrônicos (não aceitam dinheiro). Se estiver meio desatento você nem percebe que passou por um pedágio (geralmente eles ficam nas vias expressas e não tem cabines). Você tem que sair do aeroporto com um dispositivo instalado no carro (ou comprar bem perto do aeroporto antes de passar em um pedágio).

Pedágios em Orlando

Pagamento eletrônico ou dinheiro: nos arredores de Orlando as rodovias possuem faixas para pagamento eletrônico e faixas para pagamento em dinheiro. Mas a tendência é que com o tempo os pedágios deixem de aceitar dinheiro. Para pagamento em dinheiro muitos são “Exact Coins”.

Pedágio Flórida EUA
Bifurcação na rodovia de acesso ao Aeroporto de Orlando: faixas da esquerda para pagamento eletrônico do pedágio e da direita para pagamento em dinheiro.
Pedágio Eletrônico Miami e Orlando (Flórida)
Para pagamento eletrônico não há cabines (nesse caso). Você continua na via expressa.

Pedágios entre Miami e Orlando

Florida’s Turnpike: a Florida’s Turnpike, autoestrada que é a principal e mais rápida via entre Miami e Orlando, aceita somente pagamento eletrônico de pedágios.

SunPass Flórida EUA
Placa na Florida’s Turnpike (autoestrada entre Miami e Orlando) indicando que o pedágio não aceita pagamento em dinheiro

2 – SunPass: quanto custa e como funciona

Preço do SunPass: o modelo mais barato e popular entre os turistas é o SunPass Mini. Ele custa 4,99 dólares + taxas.

Onde comprar o SunPass Mini: você encontra em redes de supermercados, farmácias e lojas como Walgreens, CVS Pharmacy, Amscot, Sedano’s, Navarro, etc. Essas redes possuem muitas unidades espalhadas pela Flórida. Confira a lista de lojas que vendem o SunPass.

Onde comprar o SunPass Mini no Aeroporto de Miami: dentro do aeroporto tem uma loja da Navarro Pharmacy, mas parece que ela fica distante da área dos voos internacionais e não funciona 24 horas. Nos arredores do aeroporto, sem passar por pedágios, há uma loja da CVS Pharmacy (no endereço 101 Hialeah Dr, Hialeah) que acaba sendo a mais utilizada pelos turistas para comprar o SunPass Mini. Essa unidade da CVS funciona 24 horas (confirme aqui o horário de funcionamento).

Como funciona o Sun Pass Mini

Adesivo: o SunPass Mini é um adesivo que você cola no para-brisa do carro alugado.

Cadastro: após comprar o dispositivo você tem que cadastrar o carro alugado no site SunPass. Na prática muitos turistas não conseguem fazer o cadastro online (não funciona muito bem) e precisam ligar no atendimento do SunPass (atendimento em inglês).

Créditos: o SunPass Mini funciona no modo pré-pago. Você tem que carregar créditos (dá para fazer recargas pelo site). Conforme você passa nos pedágios os créditos vão sendo descontados.

Acompanhar: você consegue acompanhar o seu crédito e os gastos na sua conta do SunPass.

Importante: você tem que devolver o carro alugado sem o adesivo e com o carro descadastrado da sua conta SunPass (sob o risco de ter que arcar com os pedágios do próximo locatário).

Descartável: teoricamente o Sun Pass Mini é descartável (uso em apenas um carro), mas alguns turistas espertinhos desenvolveram uma maneira de colocar e retirar o adesivo com uma fita adesiva (tipo Durex) para poder reaproveitar em outro carro numa próxima viagem.

Além do Mini há outro SunPass? Sim, o SunPass Portable, um dispositivo bem maior, mais caro (20 dólares) e que você pode trocar de carro (usar em outras viagens).

SunPass prevalece: uma dúvida muito comum é o que acontece ao colocar o SunPass em um carro que já tem um dispositivo instalado pela locadora (como o Toll Pass da Alamo). Nesse caso o SunPass prevalece sobre os outros dispositivos (a cobrança do pedágio é feita no SunPass).

Porque na minha opinião o SunPass não vale a pena 

Imagina o seguinte procedimento: você chega no aeroporto (Miami, Orlando ou Fort Lauderdale) cansado do voo, desgastado e tendo que passar por situações estressantes como imigração, bagagens, comunicação em outra língua e retirar carro alugado.

Além de todo esse estresse você ainda tem que:

  • Comprar: encontrar uma loja no aeroporto para comprar o SunPass. Muitas vezes a loja está em outro terminal, bem distante. Se o seu voo chegar de madrugada você não sabe se a loja estará aberta. A alternativa é encontrar uma loja fora do aeroporto.
  • Cadastrar: você tem que efetuar o cadastro do carro alugado no SunPass. Muitas vezes não dá certo pelo site e você tem que ligar para fazer por telefone (em inglês).
  • Colocar créditos: você tem que colocar créditos no seu SunPass. Como o sistema é pré-pago você tem que fazer as contas de quanto gastará com os pedágios durante a viagem (tarefa nada fácil). Provavelmente você acabará colocando mais créditos do que vai usar (para não correr o risco de tomar uma multa por evasão).

Não compensa: na minha opinião usar o SunPass é muito transtorno para pouca economia.

3 – Toll Pass (Alamo): quanto custa e como funciona

Locadoras: cada locadora de carros nos EUA oferece um sistema de pagamento eletrônico de pedágio nos seus carros alugados.

Toll Pass: o Toll Pass é o sistema utilizado pela Alamo e outras locadoras do mesmo grupo (Enterprise e National).

Carros da Alamo já possuem o dispositivo: os carros das principais lojas da Alamo na Flórida (como nos aeroportos de Miami, Orlando e Fort Lauderdale e no Disney Car Care Center) já possuem o Toll Pass instalado.

Consulte os preços da Alamo nos aeroportos:

Siga o passo a passo com todas as dicas para alugar o carro na Alamo (contratando os seguros essenciais):

Simples e prático: ao retirar o carro você não precisa informar que deseja usar o Toll Pass e nem comprar um pacote de pedágios. Você paga por uso (se usar).

Lojas franqueadas: os carros das lojas franqueadas da Alamo, que geralmente são as lojas menores e que ficam nas cidades e nos hotéis, podem ter ou não ter o Toll Pass instalado. Nesse caso você terá que confirmar com a loja.

Como usar o Toll Pass

Pagamento eletrônico: ao se aproximar de um pedágio siga as placas que indicam as faixas para pagamento eletrônico (Prepaid Tolls, EPass, SunPass ou algo similar). Mesmo as indicações SunPass Only (somente SunPass) ou EPass Only (como a da imagem abaixo) você pode passar com o Toll Pass (ele é aceito no sistema dos outros dispositivos).

Dinheiro: as placas para pagamento em dinheiro geralmente informam Pay Tolls, Cash Lanes, Exact Coins, etc.

Pedágio Dinheiro ou SunPass Flórida
Esse pedágio nos arredores de Orlando aceita Dinheiro (Exact Coins = Moedas no valor exato) ou pagamento eletrônico (faixa da direita)
Pagar Pedágio com o SunPass nos EUA
Mesmo se a placa estiver informando SunPass Only o Toll Pass é aceito

Cobertura Toll Pass em outros estados: outra vantagem do Toll Pass em relação ao SunPass é a maior cobertura em outros estados norte-americanos. O SunPass tem uma cobertura bem restrita fora da Flórida, já a do Toll Pass é bem mais ampla. Veja neste link a cobertura do Toll Pass por estado.

Quanto custa o Toll Pass da Alamo

Preço do Toll Pass: na Flórida ele custa 3,95 dólares por dia de uso até no máximo 19,75 dólares (equivalente à 5 dias de uso) mesmo que você use por mais dias.

Dia de uso significa dia que você passar em um pedágio eletrônico. O dia que você não passar em um pedágio ou optar por pedágios com pagamento em dinheiro (onde há essa opção) não é cobrado o dia (3,95 dólares).

Custo dos pedágios: além do valor do Toll Pass (3,95 dólares por dia de uso até no máximo 19,75 dólares) ainda há o valor de cada praça de pedágio eletrônico que você passar.

Como pagar o Toll Pass: os valores do Toll Pass mais os pedágios serão lançados na fatura do cartão de crédito que você usou para o depósito caução. Os valores geralmente são lançados algumas semanas após a devolução do carro alugado.

Extrato: nesse link você confere o extrato dos seus gastos com o Toll Pass (pode demorar algumas semanas para os valores serem exibidos no site).

Dispositivos de outras locadoras: o Toll Pass possui um dos melhores custos-benefícios em comparação aos dispositivos de pedágios utilizados pelas outras locadoras. O dispositivo da Avis, por exemplo, custa 3,95 dólares por dia de locação (e não por dia de uso). O da Hertz custa 4,95 dólares por dia de uso. O da Sixt custa 7,99 a 8,99 dólares por dia de locação (mas não é cobrado o valor dos pedágios que você passar).

Comparação entre SunPass Mini e Toll Pass

  • Custo SunPass Mini: 5 dólares.
  • Custo Toll Pass: entre 3,95 dólares e 19,75 dólares (dependendo de quantos dias você usar).
  • Com o Toll Pass você gastará no máximo 14,75 dólares a mais do que com o SunPass Mini.
  • Mas como o SunPass Mini é pré-pago provavelmente você carregará mais créditos do que vai usar.
  • A minha opinião: ao usar o SunPass Mini você terá muito trabalho (comprar, cadastrar, carregar créditos) para uma economia que para a maioria dos turistas fica em torno de 10 dólares em relação ao Toll Pass.

A minha experiência com o Toll Pass

Viagem Miami e Orlando: em 2018 eu fiz uma viagem de 10 dias por Miami e Orlando. Nós retiramos o carro alugado na Alamo em Miami e devolvemos em Orlando. Utilizamos o Toll Pass para pagar todos os pedágios.

3 dias: nessa viagem passamos por pedágios em apenas 3 dias. No dia da chegada (do Aeroporto de Miami para Miami Beach), no dia que fomos de Miami para Orlando e no último dia de viagem (de Orlando para o Aeroporto de Orlando).

O custo do Toll Pass nessa viagem ficou assim:

  • Dispositivo Toll Pass: 3 dias de uso = 11,85 dólares.
  • Pedágios: o custo total dos pedágios foi de 17,05 dólares.
  • Custo total com o Toll Pass: 11,85 (dispositivo) + 17,05 (pedágios) = 28,90 dólares.
  • Se eu tivesse usado o SunPass Mini: 5,00 (dispositivo) + 17,05 (pedágios) = 22,05 dólares.
  • Com o SunPass eu teria economizado apenas 6,85 dólares (28,90 – 22,05 = 6,85). Isso se eu tivesse colocado exatamente 17,05 dólares de crédito (uma tarefa bem difícil).
  • Na minha opinião foi muito barato, prático e eficiente usar o Toll Pass da Alamo.
Fatura Pedágio Toll Pass Alamo
Valores do Toll Pass lançados na minha fatura do cartão de crédito

4 – Mais vantagens de alugar um carro na Alamo

Retirar o carro sem passar pelo balcão: nas lojas da Alamo nos principais aeroportos da Flórida (Miami, Orlando e Fort Lauderdale) e no Disney Car Care Center você pode utilizar os totens de autoatendimento. Assim você “pula o balcão” e não tem contato com os atendentes (que muitas vezes ficam insistindo na contratação de seguros e itens extras desnecessários).

Preço: a Alamo tem preços bastante competitivos nos EUA. Quase sempre é mais barato alugar um carro da Alamo pela Rentcars do que direto com a Alamo. E na Rentcars dá para pagar o aluguel em Reais (sem IOF e sem variação cambial). É muito melhor do que pagar em dólar.

Veja todas as dicas para alugar um carro na Alamo, como usar os totens de autoatendimento e quais são os seguros essenciais para contratar:

Aluguel Carro Alamo Toll Pass (pedágio)
Hyunday Santa Fé que alugamos na Alamo em Miami e devolvemos em Orlando

5 – Dúvidas

Alguma dúvida sobre o Toll Pass e o SunPass? Deixe um comentário abaixo 🙂

Dicas práticas e econômicas para a sua viagem

Cupom Desconto Viagens e Turismo

  • Cupons desconto de hotéis, seguro viagem, chip internacional, parques, etc.
  • Cupons de empresas como Hoteis.com, Easysim4u, Allianz Mondial Assistance, Seguros Promo, Real Seguro Viagem, Travel Mobile, ClickBus, parques Xcaret, entre outras.
  • Confira o artigo que reúne todos os cupons de desconto divulgados no Dicas Onde Ficar:
  • Cupom Desconto Viagem e Turismo

42 Comentários


  1. Olá,

    Se eu não contratar ou adquirir nenhum serviço de pedádio, consigo rodar por Orlando e arredores pagando somente com Cash e/ou Exact Coins?

    Responder

  2. Gente, acho que fiz algo muito errado. Aluguei um carro na Dollar na Florina e não contratei o sunpas, ele ficaram com um valor caução e eu achei que os pedagios iriam ser debitados deste valor, mas fui checar o cartão de credito e nada foi descontado. Será que passei nos pedagios e não paguei? Sera que foi considerado evasão de pedagio? Como posso saber da minha situação perante aos orgãos responsaveis? Pode me ajudar?

    Responder

    1. Oi Alessandra, tudo bem?

      Desculpa a demora em responder, eu estava viajando 🙂

      O padrão é os carros já virem com um dispositivo instalado, o valor e a forma de cobrança varia em cada locadora. Acredito que ainda será lançado no seu cartão.

      Se por acaso você não pagou os pedágios você acabará recebendo uma notificação, mas pode demorar um tempo.

      O ideal é você tentar entrar em contato com a locadora (por email por exemplo) e tentar esclarecer a situação.

      Nesse link tem algumas informações sobre o sistema de pagamento de pedágios que a Dollar usa.

      Abraços 🙂

      Responder

  3. Boa noite Fred!
    Vou ficar 18 dias na Flórida, mais exatamente em Boca Raton/Deerfield/Fort Lauderdale. Vou pegar o carro no aeroporto de Fort.Não domino muito bem o inglês, então gostaria de já chegar na locadora sabendo o que quero.O Toll Pass cobra no máximo 5 dias de uso,independentemente dos dias que eu usar? Pago 5 e posso usar por exemplo 12? Nessa simulação, eu pagaria os 5 dias(14,85)mais o valor dos pedágios utilizados??
    Pode me ajudar por favor? Preciso ir preparada.
    Muito obrigada. Valeu por todas as dicas que vc dá de viagens!!!! Ajuda muito!

    Responder

    1. Oi Adriana, tudo bem?

      Fico feliz que as dicas estejam contribuindo para a sua viagem 🙂

      O Toll Pass custa 4,95 dólares por dia de uso, mas você paga no máximo por 5 dias (19,75 dólares). Ao usar 12 dias você pagará 19,75 dólares. Esse é o custo do dispositivo.

      Além do dispositivo haverá o custo dos pedágios que você passar que serão lançados no seu cartão de crédito após algumas semanas.

      Abraços e boa viagem 🙂

      Responder

  4. Fred.
    Bom dia, aluguei um carro pela ALAMO para férias semana (abril/19) que vem na Florida, fiquei sabendo que todos os carros dessa locadora já vem com Tooll Pass, mas terei que ativa-lo antes de sair com o carro? Ou ao alugar eles já vem ativado, ainda estou confuso.

    Responder

  5. Viajei a pouco de Miami para Orlando com esse Toll Pass, pela Alamo, contudo ao entregar o carro não me foi cobrado os valores do pedágio. Mas 2 semanas depois apareceu na minha fatura a cobrança de um valor, mas não sei se é o valor final e nem referente a quais pedagios eu passei aquele valor se refere. A Alamo não deveria enviar um extrato para justificar a cobrança?

    Responder

    1. Oi Tatiane, tudo bem?

      Você deve verificar diretamente com as locadoras.

      Mas os carros das principais locadoras já vem com um dispositivo de pedágio instalado, como é o caso da Alamo.

      Abraços 🙂

      Responder

  6. Boa tarde,

    Fiz o check in on line, mas não consigo acessar o Skip Counter , pois assisti a um video no Youtube no qual o brasileiro fez isso e nem precisou passar pelo totem. Você sabe como fazer?

    Responder

    1. Oi Marcia, tudo bem?

      Desculpa a demora em responder, eu estava viajando.

      O Skip Counter está disponível apenas para reservas efetuadas diretamente no site da Alamo (que geralmente fica mais caro do que na Rentcars) para retirada nos aeroportos dessa lista.

      Abraços 🙂

      Responder

  7. Olá, Fred.

    Agradeço por seu artigo, foi bastante esclarecedor. Aluguei um carro com a Alamo para retirar no aeroporto de Miami em maio de 2019. Farei o check-in no totem e gostaria de confirmar contigo: Realmente não preciso selecionar no check-in a contratação do Toll Pass? Vi em alguns vídeos que o totem oferece o serviço, mesmo se eu colocar “Não”, o sistema de cobrança eletrônico funcionará, correto?

    Grata.

    Responder

    1. Oi Alline, tudo bem?

      Desculpa a demora em responder, eu estava viajando.

      Não precisa, os carros já vem com o dispositivo instalado e você paga ao usar.

      Abraços 🙂

      Responder

  8. Melhor opção para mim é não alugar nenhum tag de pedágio e programar o gps do celular para evitar as vias com pedágio. Fiz isso e foi muito tranquilo.

    Responder

    1. Oi Luiz, tudo bem?

      Desculpa a demora em responder, eu estava viajando.

      Obrigado pela dica.

      Mas aí não dá para pegar muitas das estradas como, por exemplo, a Turnpike, o trajeto (bem) mais rápido entre Miami e Orlando.

      O Toll Pass da Alamo não precisa alugar, todos os carros já vem com ele e só paga pelo uso (se passar em um pedágio).

      Abraços e boas viagens 🙂

      Responder

  9. Olá Fred! Tudo bom? Vc sabe como funciona a parceria de pedágio da europcar?

    Responder

    1. Oi Thais, tudo bem?

      Nos EUA a Europcar é representada pela Advantage (cuja as avaliações não são boas).

      No site da Advantage não encontrei informações sobre os valores dos pedágios 🙁

      Abraços 🙂

      Responder

  10. Ao ler o artigo, vejo que muitos turistas reclamam dos seguros e outros valores que são “empurrados” pelas locadoras. Poderia listar (se é que é são mesmo necessários), quais desses valores extras devo pagar, ou se posso recusar esses serviços oferecidos e solicitar tão somente o sunpass? Alugando pelo site RENTALCARS, pela empresa Thrifty, ele já está incluído no valor? não achei tal informação no site, posso contratar o sunpass ou o totalpass se alugar nessa referida empresa?

    Responder

    1. Oi Lucídio, tudo bem?

      Desculpa a demora em responder, eu estava viajando.

      No artigo Aluguel de Carro Passo a Passo eu mostro como contratar online os seguros essenciais e depois recusar tudo o que for oferecido na retirada do carro.

      O Sunpass é um dispositivo vendido à parte. Você compra em locais como farmácias e lojas de conveniência, entre outros. Ao usar o Sunpass você não usa os dispositivos da locadora.

      A maioria das locadoras oferecem um dispositivo que já vem instalado no carro e você paga por uso. Além do dispositivo a maioria das locadoras também oferecem um pacote de pedágios que você pode contratar ou não na retirada do carro. Tem que analisar o que mais vale a pena: pagar por uso ou um pacote.

      Sugiro a leitura do artigo Aluguel de Carro na Alamo nos EUA.

      Abraços 🙂

      Responder

  11. Ola, muito bom seu blog!
    Estou vendo de alugar carro pela Alamo no aeroporto de Miami, mas como voce colocou, o aluguel por terceirizadas fica mais barato do que diretamente pela Alamo. No caso, estou vendo que o preço pela rentalcars8 está compensando mas do que por rentcars, no caso, o totem da Alamo funciona para carros alugados por terceirizadas tambem?

    Responder

  12. Boa tarde
    Gostaria de saber se com o toll pass da Alamo tenho que pagar com moedas os pedagios internos de orlando ou já está incluído?
    Obrigado
    Ótimas dicas

    Responder

    1. Oi Maurício, tudo bem?

      Nos pedágios em Orlando você tem a opção de passar nas cabines para pagamento em dinheiro (algumas só aceitam moedas) ou nas faixas para pagamento eletrônico.

      Com o Toll Pass você pode passar na faixa para pagamento eletrônico e depois o valor será lançado no seu cartão de crédito.

      Abraços 🙂

      Responder

  13. Olá, tudo bem?
    Veja se pode me ajudar.
    Em 2017 eu e meu marido fomos para a Disney e alugamos um carro na Alamo, retirando no aeroporto.
    No trajeto para o hotel pegamos um pedágio que aceitava só moedas. Entrei em desespero! Era centavos, mas eu não tinha. Até coloquei moedas a mais.
    Eu e meu esposo pegamos e fomos embora. Em seguida, foi debitado um valor no cartão do meu marido. Questionamos a Alamo e não souberam nos explicar.
    Deixei o cartão liberado por 5 meses esperando a multa e NUNCA foi debitado nada!

    Pretendemos voltar para Orlando, mas estou com medo de não liberarem nossa entrada no país. Será que tenho dívida com isso?

    Responder

    1. Oi Ana Carolina, tudo bem?

      Nesses casos é comum a multa ou o próprio valor do pedágio mais uma taxa ser lançada no cartão de crédito pela locadora. Pode ser que seja esse o valor lançado no seu cartão.

      Também é comum receber (no endereço no Brasil) uma carta com as instruções de como pagar a multa.

      O ideal mesmo é levantar as informações junto a locadora, mas como você já observou nem sempre é fácil.

      Eu achei um artigo na internet de um escritório de advocacia que presta serviços jurídicos para brasileiros nos EUA. Dá uma olhada. Qualquer dúvida entra em contato com eles.

      Abraços e boa sorte 🙂

      Responder

  14. Olá Fred, apenas uma correção, a SIXT possui 2 sistemas de cobrança:
    1- 7,99/dia com pedágios ilimitados (paga por dia independente de usar ou não).
    2- Não é cobrado os 7,99/dia. Se passar por algum pedágio será cobrado o valor do pedágio + 5 dólares por pedágio como taxa de administração.

    Responder

  15. Estive em Miami e Orlando em novembro de 2018. Utilizei o serviço da Alamo e, após minha chegada ao Brasil, uns 20 dias depois, foi debitado do meu cartão o valor de 36 dólares, referente a “pedágios”. O mais complicado é que você não sabe se realmente utilizou esta quantidade de pedágio, aí fica difícil saber sobre a lisura da cobrança. Além disso, por inexperiência minha, me empurraram um seguro de 12 dólares por dia, dizendo que era “seguro obrigatório da Flórida”. Paguei 214 dólares só com este “seguro”.
    Enfim, se realmente vai para Miami e Orlando, lei antes tudo que este blog relata. Se eu tivesse passado por aqui primeiro, eu certamente não teria tanta dor de cabeça…

    Responder

    1. Oi Marcelo, tudo bem?

      Obrigado pelo relato 🙂

      Temos que ficar muito atentos ao alugar um carro. As pegadinhas são muitas.

      Abraços e boas viagens 🙂

      Responder

  16. Fred ! boa noite ! Estou adorando seu site, pois vou fazer mais uma viajem, e aprendemos muito com os seus comentarios. Só queria acrescentar uma informação. Toda vez compro um chip de telefone com linha, e pesquisando, vi 2 sites que oferecem chip no Brasil. A MY simtravel e outra easysim4u ou algo parecido pois até apaguei esta ultima pelos comentarios de um casal em Paris, no Reclame aquinisso esta impressão negativa contaminou a outra empresa. Concluindo, fiquei com medo da outra tambem sem que talvez não houvesse motivo. Preferi comprar lá um chip com linha por 30 US.
    Abç

    Responder

    1. Oi Lin, tudo bem?

      Obrigado pela dica.

      Muitos viajantes preferem sair do Brasil com o chip e já poder usar internet no aeroporto. Para muitos viajantes não é fácil sair atrás de um chip num país diferente, outra língua, muitas vezes pelo horário (madrugada) as lojas estão fechadas.

      Aqui no blog tem vários artigos com dicas de chip internacional que entregam no Brasil (antes da viagem), como esse aqui: Qual é o Melhor Chip Internacional?

      Abraços 🙂

      Responder

  17. Olá Fred Tudo bem ?

    Estou viajando agora em novembro para Miami e vou subir pela costa do Pacífico até St Petersburgo.
    Minha pergunta é : já fiz a locação pela Alamo, o carro já tem o toolpass instalado ? é só passar nas praças de pedágio e tudo bem ? ou no momento da retirada preciso avisar o atendente ou se for toten, habilitar alguma coisa ?

    Valeu, abraços

    Responder

  18. Oii, fui agora em Setembro de 2018, usei a Turpinke para ir de Miami a Orlando e tinha caixas para receber o pagamento. Passei por um de 1,50 eu acho, e outro de 16 e pouco que vc pega o ticket e depois paga.

    Responder

  19. Olá. Quando você fala que o Toll pass Não pode ultrapassar 19, 75 dólares, mas se ultrapassar pode continuar usando… O que quer dizer? É preciso renovar ou renova automaticamente?
    Obrigado

    Responder

    1. Oi Zilfran, tudo bem?

      O uso do Toll Pass na Alamo custa 3,95 dólares por dia que você passar em pedágio com a cobrança máxima de 19,75 dólares (equivalente a 5 dias). Se você usar por mais de 5 dias você paga 19,75 dólares.

      Se você passar em pedágio por 6 dias, 10 dias, 15 dias ou 20 dias, por exemplo, você paga 19,75 dólares pelo dispositivo (não precisa ficar renovando).

      Esse é o valor do dispositivo, ainda tem o custo dos pedágios que você passar.

      Tudo será lançado no seu cartão de crédito algumas semanas após a devolução do carro.

      Entendeu?

      Abraços 🙂

      Responder

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *