Tour Vinícola Concha y Toro em Santiago: Preços, Horários, Visita

A visita na Vinícola Concha y Toro é um dos passeios mais tradicionais em Santiago. A Concha y Toro é uma das vinícolas mais conhecidas do Chile e o Casillero del Diablo é o seu vinho mais famoso, embora seja um dos vinhos mais simples feito pela vinícola.

Apesar da visita guiada ser uma grande jogada de marketing da Concha y Toro, ela é muito interessante. São três tipos de tours que podem ser feitos. Em todos eles há degustação de vinhos e taças como brinde.

Tour Vinícola Concha y Toro - Santiago - Chile

Facilite a sua vida em Santiago:

Primeiro vou falar sobre como chegar de metrô até a Concha y Toro. É muito fácil, basta pegar a linha 4 (Azul) do metrô de Santiago e descer na última estação que é a Plaza de Puente Alto. Descendo na estação é só pegar um táxi e em cinco minutos você está na Concha y Toro (veja no mapa do final do artigo onde fica a vinícola e a estação do metrô). Se eu não me engano o táxi fica em torno de 2 a 3 mil pesos. Também existe a opção de pegar um ônibus na estação de metrô Plaza de Puente Alto para fazer o trajeto até a vinícola. Mas eu acho que não compensa, principalmente se você estiver em duas ou mais pessoas para rachar o táxi. O local é bem periferia e nós não nos sentimos a vontade para pedir informações sobre ônibus.

Se você quer mais comodidade, dá para ir até a Concha y Toro fechando o passeio com alguma agência, alugando um carro ou indo do seu hotel até lá de táxi (a vinícola fica bem longe do Centro de Santiago). Agora, se você assim como eu tem um pouco de espírito aventureiro, dá para ir tranquilamente de metrô. E ainda conciliar no mesmo dia, uma visita na Vinícola Cousiño Macul.

Concha y Toro em passeio com agência: se você está procurando uma agência qualificada, com preço competitivo e que te busque no hotel para ir até a Concha y Toro eu recomendo a plataforma denomades: Tour Concha y Toro.

Vinícola Concha y Toro

A Concha y Toro foi fundada em 1883 e está situada no Valle del Maipo, mais precisamente em Pirque, que fica nos arredores de Santiago.

Nós visitamos duas vinícolas no Chile, Concha y Toro e Cousiño Macul. O tour da Concha y Toro aborda um pouco sobre o cultivo, tipos de uva, armazenamento e produção dos vinhos. Mas a grande ênfase é na história da marca. Não que o tour seja chato, mas é um grande trabalho de marketing.

Já o tour da Cousiño Macul dá mais ênfase sobre o cultivo, produção e armazenamento dos vinhos. Por isso foi bem interessante nós fazermos o tour nas duas vinícolas, já que cada uma completa a outra e não fica cansativo.

Além do tour, a Concha y Toro ainda tem um Wine Bar e uma loja de fábrica. O Wine Bar também funciona como um restaurante. A loja possui a imensa variedade de vinhos que a vinícola produz. Quanto aos preços eu não entendo muito, mas pelo que dizem são parecidos com os dos supermercados chilenos. As vezes no supermercado você encontra um preço até melhor. Só sei que tanto na loja de fábrica quanto nos supermercados os vinhos são muito, mas muitooooooo mais baratos que no Brasil. Dá até raiva. O único empecilho é trazer o vinho na viagem de volta. Nós trouxemos apenas dois.

Loja - Tienda da Vinícola Concha y Tora

Para fazer o tour na vinícola é recomendável reservar antecipadamente no site da Concha y Toro. Veja mais informações abaixo sobre os tours, preços, horários, etc.

Vinícola Concha y Toro

Endereço: Avenida Ramon Subercaseaux, 210 – Pirque
Horário: Segunda a Domingo: 10:00 as 17:10
Idioma: espanhol e inglês
Reservas Online: Tour Concha y Toro

São 3 tipos de tours disponíveis na vinícola:

Tour Tradicional:

Duração: 1 hora
Horário: várias vezes ao dia. Consulte no site da vinícola
Preço: 8000 Pesos

Esse tour é o mais comum e tem diversas vezes por dia. Na verdade, qualquer tour que você escolher começará por esse. No final, a visita termina para as pessoas do Tour Tradicional e continua para as pessoas dos demais tours (se houver).

O tour começa pelo bosque e jardins da propriedade até chegar na antiga casa de verão da família Concha y Toro. Durante esse trajeto o guia explica um pouco sobre a história da família e da vinícola, que foi fundada por Don Melchor Concha y Toro em 1883.

Jardim na Vinícola Concha y Toro

Casa de Verão da Família Concha y Toro

Em frente a casa de verão, que hoje é um espaço para eventos, tem um vinhedo. Nesse local o guia fala sobre técnicas de cultivo, tipos de uva e coisas do gênero.

Vinhedos Concha y Toro - Valle del Maipo

Depois de uma caminhada beirando os vinhedos chegamos ao local da primeira degustação. Eu não lembro bem o vinho que degustamos (estou escrevendo esse artigo 1 ano após a viagem). Eu acho que foi um Trio, que é uma marca de vinho da vinícola. Na verdade, eu acho que esse Trio é uma mistura de três vinhos. Como eu entendo muito pouco, me corrijam na caixa de comentários se eu estiver errado.

Depois fomos dar uma olhada nas bodegas subterrâneas onde ficam as barricas de carvalho para armazenamento dos vinhos.

Bodega Concha y Toro

Aí chega o momento de suspense. O guia conta para nós a história do Casillero del Diablo. A lenda diz que no começo da vinícola frequentemente sumiam algumas barricas de vinho, que provavelmente eram furtadas por moradores da região.

Então o fundador da vinícola, Don Melchor, espalhou a história que o diabo se escondia na bodega da vinícola. Os moradores da região ficaram com medo do diabo e os roubos acabaram. E daí surgiu o Casillero del Diablo (esconderijo do diabo), o qual podemos conferir com os próprios olhos. Toda a história é contada com ares de suspense e terror. Puro marketing, mas que não deixa de ser bacana.

Esconderijo - Casillero del Diablo - Concha y Toro

Casillero del Diablo - Tour Concha y Toro

Depois disso o guia nos leva para dar uma olhada na parte mais moderna de armazenamento das barricas de vinho e por fim degustamos um Casillero del Diablo.

Tour Marques de Casa Concha:

Duração: 1 hora e meia
Horário: poucas vezes ao dia. Consulte no site da vinícola
Preço: 17000 pesos

Nós fizemos esse tour. Fizemos todo o Tour Tradicional, descrito acima, e no final a maioria das pessoas foi dispensada. Ficaram somente umas 8 pessoas que tinham escolhido o Tour Marques de Casa Concha, incluindo nós :).

Então um sommelier nos levou para uma sala, onde degustamos 4 tipos do vinho Marques de Casa Concha, que é muito melhor que o Casillero del Diablo, acompanhado de uma tábua de queijos finos e torradas. E durante essa degustação que dura cerca de 30 minutos, o sommelier (que em nosso caso foi uma sommelier), dá dicas sobre harmonização dos vinhos.

Tour Marques de Casa Concha - Concha y Toro

Olha, gostamos muito de ter optado pelo Tour Marques em vez do Tour Tradicional. Apesar do preço ser mais que o dobro, pelo menos saímos de lá com a sensação de ter feito algo completo e não superficial.

Tour Don Melchior Experience:

Duração: 2 horas e meia
Horário: precisa ser solicitado com pelo menos uma semana de antecedência. Reservas aqui.
Preço: 67000 pesos

Esse tour é igual ao Tour Marques, a diferença é que a degustação é feita com 3 ou 4 tipos do vinho Don Melchor, o melhor da Concha y Toro, em um local privado. E a tábua de queijos finos e torradas é bem mais turbinada.

Confira os horários, preços e informações atualizadas sobre a vinícola e os tours no site oficial da Concha y Toro.

Mapa de localização da Vinícola Concha y Toro (o símbolo M é a Estação de Metrô Plaza de Puente Alto):


Visualizar Santiago – Chile em um mapa maior

Passeios em Santiago e região

Agência confiável e com preços competitivos: durante as viagens nem sempre é fácil encontrarmos boas agências para fazermos os passeios.

Denomades: algum tempo atrás eu tive a oportunidade de conhecer a plataforma denomades que faz um trabalho bacana para nós turistas.

Pequenos e médios operadores locais qualificados: em vários destinos da América do Sul a denomades oferece tours que são operados por pequenas e médias agências locais. A equipe da denomades seleciona agências qualificadas e que oferecem uma boa estrutura, um bom atendimento e um bom nível de serviços.

Reservas simples: na plataforma denomades os tours são oferecidos de maneira prática, simples e didática. Você encontra os preços, horários de saída e de chegada, o que inclui e o que não inclui, se há pick-up no hotel (vão te buscar) ou ponto de encontro, além de fotos e vídeos sobre os passeios.

Datas e horários: ao fazer a reserva você seleciona a data e o horário (entre os disponíveis) em que pretende fazer o tour. É tudo muito fácil e bem organizado.

Flexibilidade e suporte: a plataforma oferece uma excelente flexibilidade e facilidade para alterar datas e mesmo cancelar os tours com reembolso. A denomades também oferece um excelente suporte caso você tenha dúvidas ou necessite de uma informação específica.

Preços competitivos: um detalhe bacana e muito importante é que os preços oferecidos são competitivos (pode pesquisar).

Sinal: ao contratar o tour na plataforma você paga apenas um sinal (pode ser pelo Paypal; você precisará de um cartão de crédito internacional) para garantir a reserva e o saldo você acertará com a agência operadora do tour lá na hora.

Tours em Santiago na plataforma denomades 

Os preços foram consultados em Julho de 2017 (clique no link e confirme os preços atuais).

Em 12/07/2017 a cotação comercial estava R$ 1,00 = 206 pesos chilenos.

Confira os tours em todos os destinos da plataforma denomades:

Chile:

Bolívia:

Peru:

Argentina:

Colômbia:

Equador:

Brasil:

Dicas práticas e econômicas para a sua viagem

Cupom Desconto Viagens e Turismo

  • Cupons desconto de hotéis, seguro viagem, chip internacional, parques, etc.
  • Cupons de empresas como Hoteis.com, Easysim4u, Allianz Mondial Assistance, Seguros Promo, Real Seguro Viagem, Travel Mobile, ClickBus, parques Xcaret, entre outras.
  • Confira o artigo que reúne todos os cupons de desconto divulgados no Dicas Onde Ficar:
  • Cupom Desconto Viagem e Turismo

16 Comentários


  1. Ainda não vi nenhum comentário sobre a conveniência de se usar nos passeios no chile, jantares, hotéis, etc. a moeda nacional, o dólar ou cartão de crédito.
    Agradeço p/ dicas

    Responder

    1. Olá Julio. O cartão de crédito internacional é amplamente aceito. Caso você queira utilizar moeda em espécie o ideal é usar pesos chilenos. Para isso as melhores formas seriam levar dólares e trocar por pesos lá no Chile ou sacar pesos nos caixas eletrônicos lá no Chile diretamente da sua conta corrente utilizando o cartão de crédito internacional. Lembre-se de desbloquear o cartão de crédito e que é cobrado IOF de 6,38% nas operações internacionais.

      Responder

  2. Viajo em abril e estou mt ansiosa para fazer este passeio. Adorei so de ver as fotos.

    Responder

  3. De metrô sai mais em conta pega se a linha 4 e desce na estação plaza de puente alto, da estação pega se um taxy até a vinicola Concha y Toro, o taxy
    Y fica em torno de 3 a 4.000 pesos, o preço do tour é 8.500 pesos, criança não paga.
    Eu recomendo.

    Responder

  4. Caro Fred, estou indo para o Chile na 1a semana de dezembro e gostaria de saber qual das 2 vinícolas é mais interessante Cousino Macul ou Concha e Toro ? Aqui bebo o vinho Cousino Macul pois em minha opinião é melhor que o Concha e Toro.
    Abraços,

    Responder

    1. Oi Denys. Eu senti que o tour na Concha y Toro é mais turístico, marketing, enquanto o da Cousino Macul é mais técnico. Nós fizemos o Tour Marques de Casa Concha na Concha y Toro, que é mais completo que o Tour Tradicional. Caso você opte por ir na Concha y Toro, sugiro você fazer o Tour Marques.

      Responder

  5. Muito bom os relatos. Gostaria de uma informação, na volta da visita a vinícola, há táxis disponíveis na Concha y Toro em direção a estação de metrô? Obrigada

    Responder

  6. Uma boa dica para se visitar a Vinícola Concha y Toro, é comprar um passeio na Turistik, uma empresa de turismo. Ela te pega e deixa no próprio hotel com todo conforto e comodidade. Compra-se o passeio no próprio hotel.

    Responder

  7. Muito bom o artigo.. viajo nesta próxima sexta para o Chile e certamente seguirei suas dicas.. Se tiver alguma coisa a adicionar eu escrevo aqui para você!

    Responder

  8. Boa tarde!
    Fiquei com uma dúvida: como vc fez para ir de Concha y Toro para a Cousiño Macul?? Existe táxi nas vinícolas para esse deslocamento?? E para a volta à Estação de Metrô??
    Muito Obrigada!

    Responder

    1. Olá Natália. A Concha y Toro e a Cousino Macul ficam na mesma linha do metrô, a Linha 4 – Azul. Primeiro fomos na Cousino Macul, descemos na Estação Quilín e pegamos um táxi até a vinícola. Voltamos ao metrô e fomos até a última estação da Linha 4, que é a Plaza de Puente Alto. Da estação pegamos um táxi até a Concha y Toro.

      Responder

      1. Olá Fred,

        Vc sabe quanto tempo foi gasto de deslocamento entre as duas vinícolas. Estou querendo deixar os tours agendados pelos sites, mas estou com dúvida quanto a isso.

        Muito obrigada.

        Responder

        1. Olá Juliana, acredito que 1 hora seja suficiente para fazer o deslocamento entre as 2 vinícolas. Mas recomendo que você deixe um pouco mais de tempo livre, para imprevistos.

          Responder

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *