Onde ficar em São Paulo: melhores hotéis, pousadas e bairros

O melhor lugar para ficar em São Paulo depende do objetivo da sua viagem para a maior cidade do Brasil.

Se você tem um motivo específico (evento, reunião, encontro, aula, consulta, compras, etc) procure se hospedar o mais próximo possível do local.

Mas se você pretende se deslocar por várias áreas de São Paulo então a escolha da hospedagem requer um estudo para você não perder muito tempo nos deslocamentos. As linhas de Metrô e Trem atendem apenas alguns bairros. Se locomover de ônibus, carro, aplicativo ou táxi pode significar muito tempo perdido no trânsito.

Com uma boa noção dos locais que você pretende ir e da maneira que você pretende se deslocar fica bem mais fácil escolher um bairro bem localizado para a sua viagem.

De uma maneira geral a Avenida Paulista é o melhor lugar para ficar em São Paulo. A avenida mais famosa da cidade fica exatamente na divisa das três principais regiões da capital: Região Central, Zona Oeste e Zona Sul. Ao se hospedar na Paulista, além de absorver um pouco da atmosfera de cada uma dessas regiões, você estará na melhor posição geográfica para explorar a cidade.

São Paulo costuma receber vários eventos de grande porte ao longo do ano que podem lotar os hotéis da cidade. É recomendável você reservar o hotel o quanto antes.

Uma boa dica para economizar na hospedagem em São Paulo é ir nos finais de semana e feriados. Com os viajantes de negócio fora da cidade os hotéis ficam mais vazios e oferecem diárias mais baratas.

Veja abaixo a descrição dos melhores bairros para se hospedar em São Paulo e dicas dos melhores hotéis, hostels e pousadas em cada bairro.

Onde ficar em São Paulo – SP

Índice do Artigo (clique nos links para ir direto aos tópicos):

Onde ficar na Avenida Paulista e arredores – São Paulo:

Onde ficar na Zona Oeste (Marginal Pinheiros) – São Paulo:

  • Sobre a Zona Oeste (Marginal Pinheiros) – com mapa
  • Pinheiros
  • Vila Madalena
  • Diferenciais: vida noturna, gastronomia, lojas descoladas, galerias de arte, arte de rua e excelentes shoppings.
  • Próximo de: Avenida Faria Lima, Avenida Rebouças, Cidade Universitária da USP, Jockey Club, Butantã, Shopping Eldorado, Shopping Iguatemi, Rua Teodoro Sampaio (instrumentos musicais), Parque Villa-Lobos, Instituto Tomie Ohtake, Beco do Batman.
  • Pesquisar hospedagem Booking.com: PinheirosVila Madalena

Onde ficar na Zona Sul – São Paulo:

Onde ficar no Centro e arredores – São Paulo:

  • Sobre o Centro e arredores (com mapa)
  • Centro (Centro Histórico, Centro Velho e Centro Novo)
  • Bom Retiro
  • Brás
  • Liberdade
  • Diferenciais: atrações históricas e culturais, principais regiões de compras populares, hotéis econômicos, a melhor rede de transporte público e muitas coisas para se fazer a pé.
  • Próximo de: Theatro Municipal, Farol Santander, Pinacoteca do Estado de São Paulo, Museu da Língua Portuguesa, Estação da Luz, Praça da República, Vale do Anhangabaú, Terraço Itália, Catedral da Sé, Praça da Sé, Mosteiro de São Bento, Templo de Salomão, Rua 25 de Março, Mercado Municipal, Rua Santa Ifigênia, Rua José Paulino, Rua das Noivas (Rua São Caetano), Polo de Modas do Brás, Zona Cerealista.
  • Pesquisar hospedagem Booking.com: CentroBom RetiroBrásLiberdade

Onde ficar na Zona Oeste (Marginal Tietê) – São Paulo:

Onde ficar na Zona Norte – São Paulo:

  • Santana/Anhembi/Center Norte (com mapa)
  • Diferenciais: proximidade com os locais abaixo.
  • Próximo de: Complexo do Anhembi, Expo Center Norte, Terminal Tietê, Aeroporto Campo de Marte.
  • Hotéis famosos: Holiday Inn Parque Anhembi (o único dentro do Anhembi).
  • Pesquisar hospedagem Booking.com: Santana/Anhembi/Center Norte

Onde ficar próximo do Aeroporto de Guarulhos:

Perguntas e dúvidas sobre onde ficar em São Paulo:

Central de Reservas São Paulo

Cupons Desconto

  • Hoteis.com 8% OFF: use o código HCOMAFFLATAM (válido para reservas efetuadas até 31/12/2022 com check out até 31/03/2023; válido somente para reservas com Pagamento Online; não cumulativo com Rewards; confira as Regras de Utilização do Cupom (inclui a lista de hotéis não elegíveis)
  •  Buser 10% OFF: use o código BUSERAF (válido para compras efetuadas até 31/12/2022)
  •  Rentcars 5% OFF: use o código MAE05 (válido para reservas nacionais e internacionais realizadas até o dia 15/05/2022 com retirada do carro até 31/12/2022; válido apenas para reservas com pagamento online)
  • America Chip 10% OFF: use o código ONDEFICAR10 (chip internacional; cupom sempre ativo)
  • Seguros Promo 10% OFF: use o código ONDEFICAR10 (seguro viagem nacional e internacional; cupom sempre ativo)

Quer mais descontos? Confira todos os cupons na Guia de Cupons Viagens e Turismo

Mapa com os melhores bairros e regiões para se hospedar em São Paulo

Onde ficar em São Paulo - Melhores Bairros e Regiões para se Hospedar
Onde ficar em São Paulo: melhores bairros e regiões para se hospedar. Veja abaixo a descrição dos bairros e regiões e dicas de hotéis e pousadas em cada um deles.

Sobre a Avenida Paulista e arredores

Onde Ficar na Avenida Paulista e Arredores - Principais Bairros para Se Hospedar
Avenida Paulista (linha preta) e arredores: principais bairros para se hospedar

Para o viajante em geral a Avenida Paulista é o melhor lugar para se hospedar em São Paulo. A icônica avenida é um importante centro financeiro, comercial, cultural e de serviços, conta com excelentes linhas de transporte público (Metrô e ônibus) e possui a melhor localização geográfica para se deslocar pelas outras regiões da cidade.

A própria avenida é um dos principais pontos turísticos de São Paulo. Com quase 3 km de extensão ela possui shoppings, galerias comerciais e muitas atrações culturais. Aos domingos e feriados a avenida é aberta para os pedestres e é palco de muitas atividades.

Um enorme diferencial de se hospedar na Avenida Paulista é que ela está estrategicamente posicionada na divisa das três principais regiões de São Paulo (Região Central, Zona Oeste e Zona Sul) com quatro bairros fazendo divisa ao longo dela: Consolação, Bela Vista, Jardins e Paraíso. Além da avenida ter o seu ambiente característico, cada um desses quatro bairros possui a sua própria atmosfera. Com uma boa disposição você consegue caminhar (a pé, mas também dá para contar com a ajuda do Metrô) por toda avenida e seu entorno, explorar uma parte relevante da cidade e conhecer várias facetas das diferentes regiões de São Paulo.

Outra vantagem da Paulista é o transporte público. A Linha 2 – Verde do Metrô passa por toda a avenida com 3 estações (Brigadeiro, Trianon-Masp e Consolação). A Linha 4 – Amarela cruza o final da Paulista (na Consolação) e vai em direção ao Centro em um sentido e à badalada região de Pinheiros no outro. A Linha 1 – Azul cruza o início da Paulista (no Paraíso) e vai em direção ao Centro. Também há múltiplas linhas de ônibus que vão para todos os cantos. E para corridas de aplicativo ou táxi você estará em uma excelente localização geográfica para se deslocar pela cidade.

Consolação e Jardins: a melhor área para se hospedar na Avenida Paulista é o trecho final dela, entre o Masp e a Rua da Consolação, na divisa da Consolação (Região Central) com o Jardins (Zona Oeste). É ali que a Paulista exibe o melhor da sua essência com muitas opções culturais, shoppings, ruas badaladas (Augusta), comércio de rua sofisticado (Oscar Freire) e acesso fácil à diferentes polos de bares, restaurantes e agito noturno. Alguns hotéis dessa área possuem excelente custo-benefício como ibis São Paulo Paulista, ibis Budget São Paulo Paulista e H4 La Residence Paulista. No Jardins fica a maior concentração de hotéis de luxo da cidade como Fasano, Emiliano, Tivoli Marrafej e Unique. Veja mais detalhes nos tópicos Consolação e Jardins.

Bela Vista: a Bela Vista (Região Central) é um bairro grande que vai desde a Avenida Paulista até o Centro. Na Paulista o bairro tem muitas atrações culturais e os principais shoppings da avenida. No interior da Bela Vista fica o Bixiga (reduto italiano) e dezenas de teatros. Ainda na Bela Vista fica o complexo Cidade Matarazzo onde está o Rosewood São Paulo, um dos hotéis mais luxuosos da cidade. Veja mais detalhes no tópico Bela Vista.

Paraíso: o Paraíso (Zona Sul) fica no inicio da avenida, próximo do Parque do Ibirapuera. O bairro tem um ambiente mais tranquilo, residencial de alto padrão e com diversificada gastronomia. Há um polo de hotéis econômicos no início da avenida (por ali ficam os hotéis mais baratos da Paulista como ibis Budget São Paulo Paraíso e Mova 104 – Hotel Consulado Paulista). Veja mais detalhes no tópico Paraíso.

Vila Mariana e Higienópolis: são bairros nos arredores da Avenida Paulista. A Vila Mariana fica na transição da Região Central com a Zona Sul e Higienópolis na transição da Região Central com a Zona Oeste. Veja mais detalhes nos tópicos Vila Mariana e Higienópolis.

Para “ficar na Avenida Paulista” procure um hotel até 3 quadras distante dela. Após isso, adentrando nos bairros, você estará em um ambiente mais característico de cada bairro e mais distante das facilidades de transporte da avenida.

Use o link abaixo para pesquisar (de uma só vez) todas as hospedagens na Avenida Paulista e arredores:

Booking.com: Avenida Paulista e arredores (hotéis, hostels, pousadas e imóveis para temporada)

Onde ficar na Consolação (Av. Paulista e arredores)

O bairro da Consolação pertence à Região Central. O trecho da Paulista que fica na divisa da Consolação com o Jardins é o melhor para se hospedar na avenida. No lado Consolação ficam o MASP, o Instituto Moreira Salles (IMS), o Cine Belas Artes e o Mirante 9 de Julho. Ainda tem os atrativos no lado Jardins da avenida (veja no tópico Jardins).

Avançando para o interior do bairro da Consolação, sentido Centro, ficam duas das ruas mais icônicas de São Paulo: Rua Augusta (nesse trecho conhecido como Baixo Augusta) e Rua Frei Caneca (polo LGBT). Por ambas as ruas e demais ruas do bairro há um grande número de atrações culturais como teatros, galerias e cinemas, uma vibrante vida noturna com bares, restaurantes e baladas e muitas lojas e serviços.

Na Avenida Paulista fica o Shopping Center 3 e no interior do bairro o Shopping Frei Caneca.

Um dos maiores diferenciais de se hospedar na Consolação (nas quadras próximas à Paulista) é ter acesso à duas excelentes estações do Metrô: Estação Consolação (Linha 2 – Verde, que cruza toda a Paulista) e Estação Paulista (Linha 4 – Amarela, que vai para o Centro em um sentido e para Pinheiros/Vila Madalena no outro).

A Consolação possui muitos hotéis na região da Paulista (alguns com excelente custo-benefício como o ibis Budget São Paulo Paulista), no meio do bairro (como o econômico ibis Budget SP Frei Caneca) e há opções mais integradas ao Centro da cidade como o clássico Hotel Ca’d’Oro.

Use o link abaixo para pesquisar (de uma só vez) todas as hospedagens na Consolação:

Booking.com: Consolação – São Paulo (hotéis, hostels, pousadas e imóveis para temporada)

Hotéis e hostels na Consolação – São Paulo:

★★★★☆ Fantástico:

★★★Fabuloso:

★★★☆ Muito Bom:

★★★☆☆ Bom:

★★☆☆☆ Satisfatório:

Aluguel de imóveis para temporada na Consolação:

Onde ficar na Bela Vista (Av. Paulista e arredores)

A Bela Vista, na Região Central, está localizada entre a Avenida Paulista e a Sé. É um dos bairros mais tradicionais de São Paulo e faz a transição entre a Paulista e o centro antigo da cidade (Sé e Centro Histórico). A Bela Vista é um bairro enorme com múltiplas opções culturais e comerciais, além de vida noturna animada (bares e baladas) e variada gastronomia (incluindo o reduto italiano do Bixiga com suas inúmeras cantinas).

O trecho da Avenida Paulista que pertence à Bela Vista é amplo e faz divisa com o Jardins e com o Paraíso. No lado Bela Vista da avenida ficam o Teatro Gazeta, o Reserva Cultural, a Japan House e os principais shoppings da avenida (Shopping Cidade São Paulo e Shopping Pátio Paulista). Veja também as atrações no lado Paraíso da avenida (no tópico Paraíso). Duas estações do Metrô da Linha 2 – Verde ficam nesse trecho da Paulista: Trianon-Masp e Brigadeiro. Para se hospedar com bom custo-benefício e bem próximo da avenida veja o Transamérica Executive Paulista. O hotel de ultra luxo Rosewood São Paulo, inaugurado em 2022, fica na Cidade Matarazzo (uma área revitalizada bem próxima da Paulista) e oferece serviços luxuosos, decoração diferenciada e diversas experiências gastronômicas. O Rosewood São Paulo é um dos três hotéis popularmente considerados como seis estrelas no Brasil (junto com o Palácio Tangará no Morumbi e o Hotel Saint Andrews na cidade de Gramado).

O interior do bairro Bela Vista, entre as avenidas Nove de Julho e 23 de Maio, possui uma profusão de atrações culturais, opções de comércio e serviços, gastronomia, bares e casas noturnas em um ambiente urbano não planejado (tem avenidas, ruas, vielas, travessas, ladeiras, becos, etc). Há áreas degradadas, revitalizadas, seguras, inseguras… O Bixiga e suas cantinas fica no meio disso tudo. São dezenas de teatros incluindo Teatro Renault, Teatro Sérgio Cardoso, Teatro Bibi Ferreira, Teatro Raul Cortêz e Teatro Ruth Escobar, entre outros. O H3 Hotel Paulista tem uma boa localização próximo do Bixiga e ainda não tão distante da Paulista. Há hotéis simples, econômicos e bem avaliados pelos hóspedes como o Hotel Solar Bela Vista e o New Point Hotel. Já mais próximo da Sé o ambiente vai se transformando com as características do Centro.

Use o link abaixo para pesquisar (de uma só vez) todas as hospedagens na Bela Vista:

Booking.com: Bela Vista – São Paulo (hotéis, hostels, pousadas e imóveis para temporada)

Hotéis e pousadas na Bela Vista – SP:

★★★★☆ Fantástico:

  • Rosewood São Paulo: no complexo de luxo Cidade Matarazzo. Popularmente considerado como seis estrelas é um dos hotéis mais luxuosos do Brasil.
  • Bessa Hostel & Coffee: possui quartos privativos e compartilhados.

★★★Fabuloso:

★★★☆ Muito Bom:

★★★☆☆ Bom:

Aluguel de imóveis para temporada na Bela Vista:

Onde ficar no Jardins (Av. Paulista e arredores)

O Jardins é uma região da Zona Oeste que reúne alguns bairros (a maioria planejados no conceito cidade-jardim) e que estão localizados entre a Avenida Paulista e a Marginal Pinheiros. O Jardins é formado pelos seguintes bairros: Cerqueira César, Jardim Paulista, Jardim América, Jardim Europa e Jardim Paulistano.

Com um ambiente charmoso, refinado e muito agradável (repleto de ruas arborizadas) o Jardins é uma das áreas mais nobres e seguras de São Paulo, possui inúmeras opções gastronômicas e comerciais de alto padrão e uma vida noturna vibrante (bares e baladas).

O Jardins abriga ainda o maior polo hoteleiro no entorno da Paulista incluindo a maioria dos hotéis mais luxuosos e exclusivos da cidade como Fasano, Emiliano, Tivoli Marrafej e Unique. Mas também há hotéis mais econômicos e com excelente custo-benefício.

Na Região do Jardins que pertence ao bairro Cerqueira César fica o trecho da Avenida Paulista que faz divisa com a Consolação, o melhor para se hospedar na avenida, próximo das estações do Metrô Consolação (Linha 2 – Verde) e Paulista (Linha 4 – Amarela). No lado Jardins (Cerqueira César) desse trecho da avenida estão o Conjunto Nacional (com uma enorme unidade da Livraria Cultura) e o Parque Trianon (ao lado fica o luxuoso Hotel Tivoli Marrafej). Por aqui há hotéis com excepcional localização e bom custo-benefício como o ibis São Paulo Paulista (na própria avenida) e o H4 La Residence Paulista (duas quadras da avenida). O Teatro Renaissance fica no Hotel Renaissance São Paulo. Do outro lado da Paulista ficam as atrações do lado Consolação (veja no tópico da Consolação).

Ainda no Jardins do bairro Cerqueira César, só que no interior do bairro (+- 1 km distante da Avenida Paulista, entre as avenidas Rebouças e Nove de Julho) é onde o Jardins dá o melhor de si reunindo um enorme, refinado e diversificado polo gastronômico (incluindo restaurantes famosos como o D.O.M. do Alex Atalla, A Figueira Rubaiyat a unidade pioneira do Paris 6) com um amplo e sofisticado comércio de rua (na Rua Oscar Freire e arredores). Por ali você encontra lojas de grife, lojas conceito, galerias de lojas alternativas (como a Ouro Fino) e galerias de arte. Nessa área ficam dois hotéis ícones do alto luxo: Hotel Fasano e Hotel Emiliano. Para custo-benefício veja o H4 Hotel Opera Jardins. Na esquina da Avenida Rebouças com a Oscar Freire fica a Estação do Metrô Oscar Freire (Linha 4 – Amarela).

Voltando para a Paulista (sentido Paraíso), ainda no Jardins, vem o trecho da avenida que pertence ao bairro Jardim Paulista (na parte central da avenida) que faz divisa com um pedaço da Bela Vista. Ao se hospedar aqui (para custo-benefício veja o Transamerica Prime International Plaza Paulista) você estará no meio da avenida em uma posição excelente para se deslocar por ela (podendo contar com a Estação Trianon-Masp da Linha 2 – Verde do Metrô). Adentrando no interior do Jardim Paulista, entre as avenidas Nove de Julho e Brigadeiro Luís Antônio, também há muitas opções gastronômicas e comerciais no estilo sofisticado do Jardins, incluindo o Jardim Pamplona Shopping. Para economizar nessa área veja o Ninety Hotel e o ibis Budget São Paulo Jardins. Avançando ainda mais no interior do bairro, após a Avenida Brasil e ao lado Parque Ibirapuera (ainda no Jardins, só que +- 3 km distante da Paulista e mais integrado ao Itaim Bibi e região) fica o Hotel Unique com arquitetura e decoração diferenciadas e um dos rooftops mais badalados da capital (Skye Bar).

A região dos Jardins ainda possui os bairros Jardim América, Jardim Europa e Jardim Paulistano que ficam mais distantes da Paulista. Eles ocupam a área que fica entre a Avenida Brasil e a Marginal Pinheiros (incluindo o trecho da Avenida Faria Lima onde está localizado o Shopping Iguatemi). São bairros residenciais com casas de altíssimo padrão e sem estrutura hoteleira. Nessa região fica o Museu da Imagem e do Som e a Paróquia Nossa Senhora do Brasil, uma das igrejas mais lindas de São Paulo e onde as famílias mais ricas e nobres da cidade costumam celebrar os casamentos.

Use o link abaixo para pesquisar (de uma só vez) todas as hospedagens no Jardins:

Booking.com: Jardins – São Paulo (hotéis, hostels, pousadas e imóveis para temporada)

Hotéis e hostels no Jardins – São Paulo:

★★★★☆ Fantástico:

★★★Fabuloso:

★★★☆ Muito Bom:

★★★☆☆ Bom:

Aluguel de imóveis para temporada no Jardins:

Onde ficar no Paraíso (Av. Paulista e arredores)

O Paraíso é um bairro da Zona Sul que tem uma localização estratégica: entre a Avenida Paulista e o Parque do Ibirapuera. O bairro ainda tem estações do Metrô com linhas para o Centro e para a Vila Mariana e está mais próximo dos bairros nobres da Zona Sul (Itaim Bibi, Vila Olímpia, Moema) e do Aeroporto de Congonhas.

O trecho da Avenida Paulista que fica no Paraíso é o inicial da avenida e faz divisa com uma parte da Bela Vista. No lado Paraíso da Paulista ficam importantes atrações culturais: SESC Avenida Paulista, Itaú Cultural e Casa das Rosas. Nessa área, entre as estações do Metrô Brigadeiro (Linha 2 – Verde) e Paraíso (falo sobre ela mais abaixo), ficam os hotéis mais simples e baratos da Paulista como Mova 104 Hotel Consulado Paulista, Hotel Paraíso e Capcana Hotel Jardins. Do outro lado da avenida estão as atrações de uma parte da Bela Vista (veja no tópico da Bela Vista).

O interior do bairro Paraíso é formado pelo quadrilátero Av. Paulista, Av. Brigadeiro Luís Antônio, Parque do Ibirapuera e Av. 23 de Maio. Dependendo do local que você se hospedar dá para ir caminhando tanto para a Paulista (subida) como para o parque (descida). É um bairro residencial, nobre e seguro, com um ambiente mais tranquilo, embora haja muitas opções de comércio, serviços e uma variada gastronomia. Nessa área fica o Ginásio do Ibirapuera. Por aqui com bom custo-benefício e excelente localização fica o TRYP by Wyndham São Paulo Paulista Paraíso.

O bairro Paraíso ainda tem mais uma área relevante, o entorno da Estação Paraíso do Metrô que possui duas excelentes linhas: Linha 2 – Verde (cruza toda a Avenida Paulista em um sentido e vai para a Vila Mariana no outro) e a Linha 1 – Azul (que vai para o Centro). A Estação Paraíso fica fora da Avenida Paulista (+- 500 metros distante), do outro lado da Av. 23 de Maio, na divisa do Paraíso com a Vila Mariana. É uma região mais econômica para hospedagem, alimentação e serviços e para quem pretende usar o Metrô para se locomover. Algumas atrações ficam por ali como o Centro Cultural São Paulo e a Catedral Ortodoxa Antioquina (com arquitetura bizantina). O Parque da Aclimação não está muito distante. Essa área tem hotéis e hostels com excelente custo-benefício como o ibis Budget São Paulo Paraíso e o Hostel Cuarto. O EZ Aclimação Hotel possui diárias econômicas e boa estrutura (o que é raro em São Paulo), fica um pouco distante da Estação Paraíso, mas oferece traslado gratuito (consulte) para a estação e para o Shopping Pátio Paulista.

Use o link abaixo para pesquisar (de uma só vez) todas as hospedagens no Paraíso:

Booking.com: Paraíso – São Paulo (hotéis, hostels, pousadas e imóveis para temporada)

Hotéis e hostels no Paraíso – São Paulo:

★★★★★ Excepcional:

  • Hostel Cuarto: ao lado do Metrô Paraíso. Possui quartos privativos e compartilhados.
  • Tapera Hostel: ao lado do Metrô Paraíso. Possui quartos privativos e compartilhados.

★★★★☆ Fantástico:

★★★Fabuloso:

★★★☆ Muito Bom:

★★★☆☆ Bom:

Aluguel de imóveis para temporada no Paraíso:

Onde ficar na Vila Mariana (Av. Paulista e arredores)

A Vila Mariana, nos arredores do início da Avenida Paulista (vizinha do Paraíso), é um bairro residencial de alto padrão com estrutura completa de comércio, serviços e gastronomia, localizado na transição da Região Central com a Zona Sul.

É um bairro agradável, com muitas opções de bares e restaurantes (incluindo o Veloso Bar com a coxinha de frango com catupiry mais famosa da cidade) e algumas atrações culturais (SESC Vila Mariana, Cinemateca Brasileira, Museu de Arte Contemporânea, Casa Modernista).

Mas o maior diferencial de se hospedar na Vila Mariana é economizar na hospedagem (há hostels, pousadas e hotéis econômicos) em uma localização central (ao lado da Avenida Paulista e do Parque do Ibirapuera; entre o Centro e os bairros nobres da Zona Sul) com excelentes linhas do Metrô que facilitam os deslocamentos para diferentes áreas da cidade. A Linha 1 – Azul vai para o Centro, a Linha 2 – Verde para a Avenida Paulista e a Linha 5 – Lilás para bairros da Zona Sul como Moema, Brooklin e Santo Amaro.

Além do Parque do Ibirapuera (que fica na Vila Mariana, mas fora do coração do bairro) outro parque próximo é o da Aclimação. Em bairros vizinhos ainda ficam atrações como o Museu do Ipiranga e o Aquário de São Paulo.

A melhor estação do Metrô da Vila Mariana é a Ana Rosa que tem uma localização central no bairro (em uma área de comércio e serviços) e é servida por duas linhas: Linha 1 – Azul (que vai para o Centro) e Linha 2 – Verde (que vai para a Avenida Paulista). A uma quadra da estação fica o econômico Hotel Flor Paulista e um pouco mais distante o Comfort Nova Paulista.

A área mais boêmia da Vila Mariana (Rua Joaquim Távora com seus muitos bares) ficam excelentes hostels (como o Brazilodge All Suites Hostel) localizados entre a Estação do Metrô Ana Rosa (+- 1km) e o Parque do Ibirapuera (+- 1km). Dá para ir caminhando (ou corrida curta de aplicativo) até esses locais.

Use o link abaixo para pesquisar (de uma só vez) todas as hospedagens na Vila Mariana:

Booking.com: Vila Mariana – São Paulo (hotéis, hostels, pousadas e imóveis para temporada)

Hotéis, hostels e pousadas na Vila Mariana – São Paulo:

★★★★☆ Fantástico:

★★★Fabuloso:

★★★☆ Muito Bom:

★★★☆☆ Bom:

Aluguel de imóveis para temporada na Vila Mariana:

Onde ficar em Higienópolis (Av. Paulista e arredores)

Com um pé na Avenida Paulista e outro no Centro, facilitando o deslocamento por essas regiões, o bairro de Higienópolis fica nos arredores do final da Paulista (vizinho da Consolação) e faz a transição da Região Central com a Zona Oeste.

Higienópolis é uma área nobre, residencial e com estrutura completa de comércio, serviços e gastronomia.

A Rua da Consolação (na divisa com o bairro da Consolação) possui duas estações do Metrô da Linha 4 – Amarela (que vai para o Centro em um sentido e Pinheiros no outro): a Estação Paulista (na esquina com a Avenida Paulista) e a Estação Higienópolis – Mackenzie.

O interior do bairro é residencial, com muitas ruas arborizadas (o Parque Buenos Aires fica no coração do bairro), excelente estrutura comercial e muitas opções de bares e restaurantes.

O Shopping Pátio Higienópolis é um destaque (a 50 metros fica o The Park Hall Flat Service Higienópolis que possui apartamentos com cozinha). Na divisa de Higienópolis com o bairro Pacaembu fica o Estádio do Pacaembu (o Transamerica Classic Higienópolis fica pertinho do estádio e ao lado da FAAP). Já na transição de Higienópolis com o Centro, entre as estações do Metrô Higienópolis-Mackenzie e República, ficam hotéis mais econômicos como o Dan Inn São Paulo Higienópolis.

Higienópolis tem algumas atrações culturais como o Museu do Futebol (no Estádio do Pacaembu) e o Museu de Arte Brasileira (da FAAP).

Use o link abaixo para pesquisar (de uma só vez) todas as hospedagens em Higienópolis:

Booking.com: Higienópolis – São Paulo (hotéis, hostels, pousadas e imóveis para temporada)

Hotéis em Higienópolis – São Paulo:

★★★★☆ Fantástico:

  • Pousada Zilah: pousada charmosa e aconchegante próxima à Avenida Paulista.

★★★Fabuloso:

★★★☆ Muito Bom:

★★★☆☆ Bom:

Aluguel de imóveis para temporada em Higienópolis:

Sobre a Zona Oeste (Marginal Pinheiros)

Onde ficar na Zona Oeste (Marginal Pinheiros) - Principais Bairros
Onde ficar na Zona Oeste (Marginal Pinheiros)

A parte da Zona Oeste que está mais próxima da Marginal Pinheiros é uma área nobre e badalada. Os dois principais bairros para se hospedar são Pinheiros e a vizinha Vila Madalena.

Aqui você vai encontrar uma das noites mais vibrantes e boêmias da capital, além de gastronomia diversificada, atrações culturais, shoppings e comércio de rua variado e descolado. Outro diferencial é a maior concentração de hostels em São Paulo, principalmente na Vila Madalena.

A localização geográfica é muito boa. Além de estar próxima da região da Avenida Paulista, nessa área fica o início da Avenida Faria Lima que segue para os bairros nobres da Zona Sul (Itaim Bibi, Vila Olímpia e arredores).

O bairro de Pinheiros possui várias estações do Metrô da Linha 1 – Amarela, que facilita o deslocamento para a região da Avenida Paulista e para o Centro.

Para a região da Zona Oeste mais próxima do Rio Tietê (onde estão os bairros Perdizes, Pompeia e Barra Funda e locais como Allianz Parque e Espaço das Américas) veja o tópico Sobre a Zona Oeste (Marginal Tietê).

Onde ficar em Pinheiros (Zona Oeste – Marginal Pinheiros)

O badalado bairro de Pinheiros possui uma atmosfera vibrante com variada gastronomia, excelente estrutura comercial (do normal ao descolado) e intensa vida noturna.

Ao se hospedar em Pinheiros você estará em uma localização muito boa para explorar o entorno. Pinheiros tem uma parte nas cercanias da Avenida Paulista (no trecho final da avenida). Na Avenida Rebouças o bairro faz uma longa divisa com o Jardins (no trecho mais badalado, Rua Oscar Freire). No sentido oposto ao do Jardins fica a Vida Madalena com seus infinitos bares. De Pinheiros sai a Avenida Faria Lima que segue para a Zona sul (Itaim Bibi, Vila Olímpia, Brooklin…). Pinheiros ainda é o polo de hospedagem mais próximo da Cidade Universitária da USP, do Jockey Club e do bairro do Butantã (que ficam do outro lado do Rio Pinheiros).

A Linha 1 – Amarela do Metrô passa pela maioria das estações do bairro (Pinheiros, Faria Lima, Fradique Coutinho e Oscar Freire). Com ela você pode circular pelo próprio bairro de Pinheiros e seguir para o final da Avenida Paulista e para o Centro. Na Estação Pinheiros há integração gratuita entre o Metrô e os trens da CPTM. A linha 09 Esmeralda da CPTM segue margeando o Rio Pinheiros com estações nos bairros nobres da zona sul (com a desvantagem das estações ficarem nas margens do rio, fora da área principal dos bairros).

O coração de Pinheiros, a melhor área para se hospedar, é no entorno da Estação do Metrô Fradique Coutinho (Linha 1 – Amarela). Nesse trecho a Rua Pinheiros (e outras próximas como a Mateus Grou) é um polo gastronômico e de lojas descoladas. O início da área boêmia da Vila Madalena está a +- 1 km. Nessa área fica o Hilton Garden Inn Rebouças e o Pinheiros Hostel & Food.

Na região do entroncamento das principais avenidas do bairro (Rebouças, Faria Lima e Eusébio Matoso) ficam dos dos mais tradicionais shoppings de São Paulo: Shopping Eldorado e Shopping Iguatemi. Por aqui ficam o ibis Styles SP Faria Lima e o Quality Faria Lima.

Ali perto, no início da Faria Lima, fica o Largo da Batata em uma área que está em revitalização e que conta com a Estação Faria Lima do Metrô (Linha 1 – Amarela). Bem próximo do Largo da Batata fica o Mercado Municipal de Pinheiros, o SESC Pinheiros e não muito distante o Instituto Tomie Ohtake. Nessa área fica o Uniclass Hotel Pinheiros.

Ao se hospedar na parte de Pinheiros onde está a Rua Oscar Freire você terá a vantagem de poder contar com duas linhas do Metrô. Dependo do local da hospedagem dá para caminhar tanto para a Estação Oscar Freire (Linha 1 – Amarela) como para a Estação Clínicas (Linha 2 – Verde, que segue por toda a extensão da Avenida Paulista). Nessa área você estará bem próximo do coração do Jardins, da Avenida Paulista e do complexo do Hospital das Clínicas. Por aqui ainda ficam a Rua Teodoro Sampaio (o trecho com lojas de instrumentos musicais) e não muito distante a Praça Benedito Calixto (com a famosa feirinha de antiguidades, artesanato e arte aos sábados). O Quality Suítes Oscar Freire e o Mercure Pinheiros ficam na melhor posição dessa área.

No bairro vizinho Alto de Pinheiros ficam o Shopping Villa-Lobos e o Parque Villa Lobos, um dos principais de São Paulo

Use o link abaixo para pesquisar (de uma só vez) todas as hospedagens em Pinheiros:

Booking.com: Pinheiros – São Paulo (hotéis, hostels, pousadas e imóveis para temporada)

Onde ficar na Vila Madalena (Zona Oeste – Pinheiros)

A Vila Madalena é o bairro mais boêmio de São Paulo com uma infinidade de bares e botecos de rua (no estilo mesas na calçada) ou com ambientes internos descontraídos. O clima do bairro é bastante informal, descolado e alternativo e reúne, além de bares e botecos, casas noturnas, restaurantes, cafeterias, padarias, lojas, pequenas galerias e arte de rua.

A região boêmia da Vila Madalena vai desde a divisa com Pinheiros (onde os bairros se confundem) e avança por uma ampla área ocupando muitas ruas e ladeiras do bairro. Um bom ponto de referência é a esquina das ruas Aspicuelta e Fradique Coutinho, bem próximo da transição Pinheiros-Vila Madalena. Nessa área, que é a melhor para se hospedar na Vila Madalena, fica a maior concentração de hostels (a maioria animados; pode ter barulho à noite). O Ó de Casa Hostel e o Madá Hostel estão entre os mais bem avaliados pelos hóspedes. Não muito distante dali ficam os principais locais com arte de rua: Beco do Batman, Beco do Aprendiz e Escadaria do Patápio. A Escadaria das Bailarinas fica um pouco mais adiante (em Pinheiros). A Estação do Metrô mais próxima dessa região é a Fradique Coutinho (Linha 1 – Amarela) em Pinheiros.

A Estação do Metrô Vila Madalena (Linha 2 – Verde) fica fora do coração do bairro. Na verdade tecnicamente ela fica no bairro vizinho de Sumarezinho, mas por ali tudo se considera como Vila Madalena. O entorno dela tem um ambiente mais residencial e tranquilo. Essa região tem alguns hostels como o Zen Hostel Brasil.

Use o link abaixo para pesquisar (de uma só vez) todas as hospedagens na Vila Madalena:

Booking.com: Vila Madalena (hotéis, hostels, pousadas e imóveis para temporada)

Hostels na Vila Madalena – São Paulo:

★★★★☆ Fantástico:

★★★Fabuloso:

★★★☆ Muito Bom:

Aluguel de imóveis para temporada na Vila Madalena:

Sobre a Zona Sul

Onde Ficar na Zona Sul - principais bairros para se hospedar
Onde Ficar na Zona Sul: principais bairros para se hospedar

A área mais badalada da Zona Sul fica ao longo do Rio Pinheiros/Marginal Pinheiros e reúne alguns dos bairros mais nobres e luxuosos de São Paulo. A estrutura de hospedagem é formada principalmente por hotéis e flats de perfil executivo, com muitas opções de luxo.

Moema: o tradicional bairro de Moema tem uma localização estratégica na transição da Região Central com a Zona Sul. O posicionamento geográfico é excelente: vizinho dos bairros mais badalados da Zona Sul (Itaim Bibi e Vila Olímpia), ao lado do Parque do Ibirapuera e do Aeroporto de Congonhas, próximo da Avenida Paulista e com fácil acesso ao Centro. Moema ainda é o único bairro da Zona Sul com Metrô na região dos hotéis. O hotel mais bem posicionado em Moema, ao lado do Shopping Ibirapuera e a uma quadra do Metrô, é o Bourbon Convention Ibirapuera (veja mais opções no tópico Moema/Ibirapuera).

Nos bairros Itaim Bibi, Vila Olímpia, Brooklin e Chácara Santo Antônio fica um corredor corporativo formado pelas vias Faria Lima, Funchal, Berrini, Chucri Zaidan e Marginal Pinheiros/Nações Unidas. É o maior centro financeiro e empresarial do Brasil, uma área moderna formada por prédios de arquitetura imponente (com fachadas espelhadas) que abrigam escritórios de grandes empresas. O corredor corporativo também é um polo de compras sofisticadas com os shoppings mais luxuosos de São Paulo. Para atender o público empresarial o predomínio é de hotéis executivos, que costumam ter tarifas econômicas nos finais de semana e feriados (isso se não houver grandes eventos na cidade). Essa região é segura e tem grande oferta de bares e restaurantes, mas não é atendida pelo Metrô e tem trânsito complicado nos horários de pico. Há estações de Trens da CPTM (Linha 9 – Esmeralda), mas elas estão localizadas nas margens do Rio Pinheiros e são mais interessantes para os trabalhadores da região.

Itaim Bibi e Vila Olímpia: são dois bairros bastante integrados e que estão entre as áreas mais badaladas da cidade, tanto para o mercado corporativo quanto para a vida noturna. São muitos bares, casas noturnas e um dos maiores, mais diversificados e mais refinados polos gastronômicos de São Paulo. Itaim Bibi e Vila Olímpia ainda estão relativamente próximos da região da Avenida Paulista e do Centro. Veja mais detalhes nos tópicos do Itaim Bibi e da Vila Olímpia.

Brooklin e principalmente Chácara Santo Antônio/Santo Amaro estão mais ao sul e só valem a pena se hospedar se a Zona Sul for o foco da sua viagem. No Brooklin (região da Berrini) ficam os hotéis mais luxuosos do corredor corporativo, o Grand Hyatt São Paulo e o Hilton São Paulo Morumbi, ambos com vista para a Ponte Estaiada. Em Santo Amaro fica o Hotel Transamerica São Paulo que é um pequeno resort urbano com estrutura de lazer. Veja mais detalhes nos tópicos Brooklin/Berrini e Chácara Santo Antônio/Santo Amaro.

Campo Belo/Congonhas: o Aeroporto de Congonhas fica no Distrito de Campo Belo. Há um polo de hotéis, como o ibis São Paulo Congonhas, ao lado do aeroporto cujo foco é pernoite para Congonhas ou compromissos na região. Veja mais detalhes no tópico Campo Belo/Aeroporto de Congonhas.

Morumbi: a nobre região do Morumbi fica do outro lado do Rio Pinheiros e possui poucas opções de hospedagem. Mas dois estabelecimentos se destacam: o Palácio Tangará (um dos mais luxuosos do Brasil) e o Novotel São Paulo Morumbi (que possui estrutura de lazer para famílias com crianças). Veja mais detalhes no tópico Morumbi.

Interlagos, já bem mais afastado da região central, abriga o Autódromo de Interlagos, palco de corridas e grandes eventos. Na região também está localizado o Parque da Mônica. São poucos hotéis em Interlagos, o principal é o ibis São Paulo Interlagos. Veja mais detalhes no tópico Interlagos.

Onde ficar em Moema / Ibirapuera (Zona Sul)

O tradicional bairro de Moema fica na transição da Região Central com a Zona Sul (mais integrado com a Zona Sul). Com muitas avenidas que facilitam o deslocamento para as principais regiões da cidade (trânsito à parte) Moema é o bairro que tem a melhor posição geográfica para se hospedar na Zona Sul e ao mesmo tempo ter fácil acesso à região da Avenida Paulista e ao Centro.

Ainda sobre as vantagens geográficas de Moema: o bairro é vizinho da Vila Olímpia e do Brooklin, quase vizinho do Itaim Bibi, fica ao lado do Parque do Ibirapuera e é o bairro com estrutura hoteleira mais próximo do Aeroporto de Congonhas (sem considerar os hotéis que ficam ao lado do aeroporto). Moema fica tão próxima de Congonhas que está na rota de pouso/decolagem dos aviões, que fazem um barulhão ao passar pelo bairro e podem atrapalhar o sono (a notícia boa é que o aeroporto fecha das 23:00 às 06:00).

Mais um diferencial de Moema: entre os bairros da Zona Sul que possuem estrutura hoteleira é o único com Metrô no coração do bairro (junto aos hotéis). Em Moema passa a Linha 5 – Lilás. Com uma baldeação é possível chegar na região da Paulista e no Centro.

Moema é um bairro residencial, nobre e seguro. Possui estrutura completa de comércio e serviços, além de uma vida noturna animada com variada gastronomia e muitos bares e botecos (como a unidade pioneira do Bar do Juarez).

A Avenida Ibirapuera é a principal de Moema e nela ficam duas estações do Metrô da Linha 5 – Lilás. No entorno da Estação Eucaliptos do Metrô ficam o Shopping Ibirapuera (um dos mais tradicionais de São Paulo), o Bourbon Convention Ibirapuera (o hotel mais bem posicionado de Moema) e ali perto a pequenina Rua Normandia (famosa pela decoração natalina que é feita no final do ano). No entorno da Estação Moema do Metrô ficam o hotel Comfort Ibirapuera (em frente à estação) e o Parque das Bicicletas. Há boas opções de hotéis entre as duas estações como o Intercity São Paulo Ibirapuera e o Meliá Ibirapuera.

Na Vila Clementino, bairro entre Moema e Vila Mariana, ficam os hotéis mais próximos do Parque do Ibirapuera como o Grand Mercure São Paulo Ibirapuera e o Green Place Ibirapuera. A Vila Clementino tem duas estações do Metrô (não tão próximas da maioria dos hotéis), estações AACD – Servidor e Hospital São Paulo, ambas da Linha 5 – Lilás.

Pelo interior de Moema, mais distantes do Metrô, também há mais opções de hospedagem como o Estanplaza Ibirapuera. No sentido Vila Olímpia, ideal se você pretende curtir a noite da Vila Olímpia e do Itaim, ficam o Slaviero Essential Moema, o Slaviero Essential São Paulo Ibirapuera e o excelente Angatu Hostel.

Use o link abaixo para pesquisar (de uma só vez) todas as hospedagens em Moema / Ibirapuera:

Booking.com: Moema – São Paulo (hotéis, hostels, pousadas e imóveis para temporada)

Hotéis em Moema – São Paulo:

★★★★★ Excepcional:

★★★★☆ Fantástico:

★★★Fabuloso:

★★★☆ Muito Bom:

★★★☆☆ Bom:

Aluguel de imóveis para temporada em Moema:

Onde ficar no Itaim Bibi (Zona Sul)

O bairro do Itaim Bibi, uma das áreas mais nobres de São Paulo, administrativamente está na Zona Oeste mas popularmente é considerado na Zona Sul.

O trecho da Avenida Faria Lima no bairro tem modernos prédios de escritórios que impressionam tanto pela arquitetura imponente com fachadas espelhadas como pelas empresas que estão instaladas ali (Google e Facebook, por exemplo). A maioria dos hotéis nesse trecho da Faria Lima ficam na altura do cruzamento com a Avenida Cidade Jardim (na divisa com o Jardins). Por ali fica o hotel Transamerica Executive Faria Lima e nos arredores (já no Jardins) o Shopping Iguatemi e o Museu da Casa Brasileira.

O interior do bairro do Itaim Bibi (em direção ao Parque do Ibirapuera, que está ali bem pertinho) tem uma área residencial tomada principalmente por prédios de alto padrão. A estrutura de comércio e serviços é completa. A Rua João Cachoeira tem comércio de rua (principalmente roupas e acessórios femininos), incluindo alguns outlets e pontas de estoque. Mas o diferencial do Itaim Bibi é a quantidade de excelentes restaurantes com opções gastronômicas das mais diversas. Também há muitos bares e casas noturnas. O bacana é que a região é segura e, assim como na vizinha Vila Olímpia, dá para caminhar à noite por boa parte do bairro. O Staybridge Suites São Paulo tem o diferencial de estar ao lado do Brascan Open Mall, uma galeria a céu aberto com opções de alimentação e o cinema Kinoplex Itaim. O Grand Mercure SP Itaim também fica por perto. Ainda pelo interior do bairro você encontra hotéis independentes com estrutura mais simples e preços econômicos como o Hotel Garden Itaim e o Gran Chevalier Hotel.

A Avenida Presidente Juscelino Kubitschek faz a divisa do Itaim Bibi com a Vila Olímpia (são dois bairros muito integrados). Veja no tópico da Vila Olímpia os atrativos da avenida que ficam no lado da Vila Olímpia (Shopping JK, Eataly, etc).

Uma vantagem de se hospedar no Itaim Bibi (e na Vila Olímpia) é que você ainda estará relativamente próximo da Avenida Paulista e do Centro.

A desvantagem é que não há Metrô e o trânsito é muito complicado nos horários de pico. O bairro é servido por duas estações de Trem da CPTM da Linha 9 – Esmeralda: Estação Cidade-Jardim (no Jardins) e Estação Vila Olímpia (na Vila Olímpia). Mas as estações da Linha 9 – Esmeralda ficam lá nas margens do Rio Pinheiros, fora do coração dos bairros.

No Itaim Bibi fica um grande parque, o Parque do Povo, próximo ao Rio Pinheiros.

Use o link abaixo para pesquisar (de uma só vez) todas as hospedagens no Itaim Bibi:

Booking.com: Itaim Bibi – São Paulo (hotéis, hostels, pousadas e imóveis para temporada)

Onde ficar na Vila Olímpia (Zona Sul)

O bairro Vila Olímpia é um dos mais nobres, badalados e luxuosos de São Paulo, tanto para o mercado corporativo quanto para a vida noturna. São muitos restaurantes, bares, botecos e casas noturnas que ficam espalhados pelo bairro e formam uma das melhores noites da capital. A Vila Olímpia administrativamente está na Zona Oeste mas popularmente é considerada na Zona Sul.

Vila Olímpia e Itaim Bibi são dois bairros bastante integrados e que se confundem: o bairro da Vila Olímpia é vizinho do bairro Itaim Bibi, mas faz parte do distrito Itaim Bibi. A Avenida Presidente Juscelino Kubitschek faz a divisa dos dois bairros e no lado da Vila Olímpia estão o Eataly e o Shopping JK Iguatemi (um dos mais luxuosos da capital).

A curta Rua Funchal (que tem aspecto de avenida) fica nos arredores do Shopping JK Iguatemi e segue paralela à Marginal Pinheiros até desembocar na Berrini (no Brooklin). Na Funchal o corredor corporativo talvez atinja o máximo de exclusividade: é uma rua (avenida) com mais helipontos do que pontos de ônibus. Em meio aos imponentes prédios empresariais fica o Teatro Santander (voltado para a Marginal Pinheiros). Para hospedagem nessa área confira o Mercure São Paulo JK e o Estanplaza Funchal Faria Lima.

Próximo da Rua Funchal fica o outro shopping do bairro, o Shopping Vila Olímpia, local do Teatro Claro. Nos arredores ficam os melhores hotéis da Vila Olímpia: o 5 estrelas Pullmann São Paulo Vila Olímpia, o Grand Mercure São Paulo Vila Olímpia e o Radisson São Paulo Vila Olímpia (esse ao lado do shopping).

O trecho final da Avenida Faria Lima fica no meio da Vila Olímpia e tem muitas torres corporativas e residenciais. O Blue Tree Premium Faria Lima está em uma das melhores posições do bairro (quase na esquina da Faria Lima com a Juscelino Kubitschek).

Avançando para o bairro da Vila Nova Conceição, vizinho ao Parque Ibirapuera, ficam hotéis mais econômicos como o ibis São Paulo Ibirapuera e o Bistu Hotel, além de muitos flats como o Apartamentos Nomah Vila Nova Conceição.

A Vila Olímpia tem importantes avenidas que facilitam o deslocamento para todos os sentidos como a Avenida dos Bandeirantes que segue para o Aeroporto de Congonhas (que está bem próximo). Mas o trânsito é uma questão complicada, principalmente nos horários de pico. No bairro fica a Estação Vila Olímpia de Trens da CPTM (Linha 09 – Esmeralda), localizada na Marginal Pinheiros (fora do coração do bairro).

Entre as avenidas o bairro tem ruas residenciais de alto padrão, ocupadas principalmente por prédios.

Use o link abaixo para pesquisar (de uma só vez) todas as hospedagens na Vila Olímpia:

Booking.com: Vila Olímpia – São Paulo (hotéis, hostels, pousadas e imóveis para temporada)

Onde ficar no Brooklin / Berrini (Zona Sul)

O bairro do Brooklin, na Zona Sul, é dividido em duas áreas: o Brooklin Novo (veja abaixo) e o Brooklin Velho (uma área residencial sem estrutura hoteleira e sem atrações turísticas). Se hospedar no Brooklin faz mais sentido se o foco principal da sua viagem for a Zona Sul. Geograficamente você estará um pouco mais distante da região da Avenida Paulista e do Centro. Uma vantagem geográfica é a proximidade com o Aeroporto de Congonhas.

No Brooklin Novo está localizada a Avenida Engenheiro Luís Carlos “Berrini” que continua o corredor corporativo após a Faria Lima e a Funchal. As torres corporativas (modernas e de alto padrão) ficam entre a Avenida Berrini e a Marginal Pinheiros (aqui chamada de Avenida Nações Unidas), uma área com hotéis de perfil executivo como o Hotel Transamerica Berrini e o Park Inn by Radisson Berrini. Os hotéis por aqui são bastante focados no público corporativo e costumam ter tarifas mais baratas em finais de semana e feriados (quando a demanda é mais baixa, isso se não houver grandes eventos na cidade). É uma área segura e com boa estrutura de comércio e restaurantes. A Estação Berrini de Trens da CPTM (Linha 9 – Esmeralda) fica na Marginal Pinheiros e não é tão atrativa para o turista comum. Há muitas linhas de ônibus, mas a Berrini é uma região com bastante trânsito nos horários de pico.

No final da Berrini, próximo da Ponte Estaiada, ficam dois grandes complexos empresariais/comerciais e os hotéis mais luxuosos de todo o corredor corporativo. São hotéis com boa estrutura e que, além do público corporativo, também tem uma boa demanda para viagens à passeio e/ou românticas. No complexo World Trade Center São Paulo (WTC) fica o Shopping D&D (especializado em móveis e decoração), o WTC Events Center e o Sheraton São Paulo WTC Hotel (5 estrelas, hotel pioneiro na Berrini, com acesso interno ao Shopping D&D e ao complexo WTC). No Centro Empresarial Nações Unidas ficam o Shopping Nações Unidas (alimentação e serviços) e o Hilton São Paulo Morumbi (5 estrelas, com vista para a Ponte Estaiada e acesso interno ao centro empresarial e ao Shopping Nações Unidas). Nos arredores dos complexos ficam o 5 estrelas Gran Estanplaza Berrini e hotéis executivos como o Wyndham São Paulo Berrini.

Na Avenida Dr. Chucri Zaidan (continuação da Berrini) fica o melhor hotel da área o luxuoso Gran Hyatt São Paulo (5 estrelas, com vista para a Ponte Estaiada), localizado entre a Ponte Estaiada e a Ponte do Morumbi, ao lado da sede paulista da Rede Globo.

A área do Brooklin Novo localizada entre as avenidas Berrini e Santo Amaro, no interior do bairro (mais distante da Marginal Pinheiros), é mais residencial e possui completa estrutura comercial, de serviços e gastronomia. Há bares e restaurantes, mas a intensidade e variedade são menores que no Itaim Bibi e na Vila Olímpia. Pelo bairro há opções de hospedagem mais econômicas como o Hostel Brooklin e o Golden Tower Express Berrini by Fênix Hotéis. Na Avenida Santo Amaro ficam as duas estações de Metrô do Brooklin, Estação Campo Belo e Estação Brooklin (ambas da Linha 5 – Lilás), mas são poucas as opções de hospedagem por ali (veja o Apartamentos Nomah Brooklin).

Use o link abaixo para pesquisar (de uma só vez) todas as hospedagens no Brooklin / Berrini:

Booking.com: Brooklin / Berrini – São Paulo (hotéis, hostels, pousadas e imóveis para temporada)

Onde ficar em Chácara Santo Antônio / Santo Amaro (Zona Sul)

O bairro Chácara Santo Antônio pertence ao distrito Santo Amaro, na Zona Sul. Geograficamente é uma região mais distante da Avenida Paulista e do Centro. Só vale a pena se hospedar por aqui se a Zona Sul for o foco maior da sua viagem.

A Av. Dr. Chucri Zaidan, continuação da Berrini, dá sequência ao corredor corporativo que está se expandindo para esses lados. Outro destaque viário são as pontes do Morumbi (a Nova e a Velha), principais acessos à região do Morumbi (que fica do outro lado do Rio Pinheiros). Por conta dessa proximidade com o Morumbi muitos estabelecimentos na Chácara Santo Antônio levam Morumbi no nome mesmo estando no lado de cá do rio.

No corredor corporativo, no entorno do entroncamento das principais vias dessa região (Pontes do Morumbi e avenidas Berrini, Chucri Zaidan, Morumbi, Roque Petroni Jr. e Marginal Pinheiros/Nações Unidas), ficam dois shoppings vizinhos ligados por uma passarela: o luxuoso Morumbi Shopping (o maior) e o Shopping Market Place. Um terceiro shopping, o Shopping Parque da Cidade, fica no moderno complexo empresarial, residencial e de serviços Parque da Cidade (onde está o 5 estrelas JW Marriott Hotel São Paulo, ex-Four Seasons, um dos mais luxuosos da cidade). Nessa área ainda ficam o Teatro Vivo e o Teatro Morumbi Shopping. Por aqui há hotéis com bom custo-benefício como o ibis São Paulo Morumbi e o ibis Budget São Paulo Morumbi. Para economizar veja o Hostel B2B SP. Essa área é atendida pela Estação Morumbi de Trens da CPTM (Linha 9 – Esmeralda) localizada na Marginal Pinheiros (Avenida Nações Unidas).

O interior da Chácara Santo Antônio, entre as avenidas Chucri Zaidan e Santo Amaro é uma área residencial com excelente estrutura comercial e de serviços. Há opções de alimentação e alguns bares e restaurantes. Bem próximo ao corredor corporativo e aos shoppings, fica o Consulado Geral dos EUA (emissão de vistos), com algumas opções de hospedagem no entorno como o Novotel São Paulo Berrini e estabelecimentos mais simples com a Hospedagem Henri Dunant. Ainda na Chácara Santo Antônio, no coração do bairro, há um polo comercial, financeiro e de escritórios com boa estrutura de hotéis que estão bem posicionados para a região e que costumam ter tarifas mais econômicas (principalmente em finais de semana e feriados) como o Blue Tree Premium Verbo Divino Nações Unidas, o Intercity São Paulo Nações Unidas e o São Paulo Nações Unidas Affiliated by Meliá. Na Avenida Santo Amaro ficam as duas estações do Metrô que atendem a Chácara Santo Antônio, a Estação Borba Gato e a Estação Brooklin, ambas da Linha 5 – Lilás. Nos arredores das estações há opções econômicas como o Visa Hostel e o VivApp Rock Morumbi Suítes.

Saindo do bairro Chácara Santo Antônio e avançando em direção ao sul, ainda mais distante da Avenida Paulista e do Centro e fora de mão para explorar a cidade, o distrito de Santo Amaro possui uma área que reúne complexos de eventos e casas de espetáculos. Por aqui ficam o Transamerica Expo Center, o Teatro Alfa e a Tom Brasil. O Hotel Transamerica São Paulo é um diferencial com uma ampla área e estrutura de lazer que lembra um mini resort urbano.

Use o link abaixo para pesquisar (de uma só vez) todas as hospedagens na Chácara Santo Antônio / Santo Amaro:

Booking.com: Chácara Santo Antônio / Santo Amaro (hotéis, hostels, pousadas e imóveis para temporada)

Hotéis e hostels em Chácara Santo Antônio e Santo Amaro – São Paulo:

★★★★★ Excepcional:

★★★★☆ Fantástico:

★★★Fabuloso:

★★★☆ Muito Bom:

★★★☆☆ Bom:

Aluguel de imóveis para temporada em Chácara Santo Antônio e Santo Amaro:

Onde ficar em Campo Belo / Aeroporto de Congonhas (Zona Sul)

O Aeroporto de Congonhas fica dentro da cidade de São Paulo, no Distrito de Campo Belo na Zona Sul, distante 8 km da Avenida Paulista e 10 km do Centro.

Ao lado do aeroporto, no bairro Vila Congonhas (Distrito de Campo Belo), há um polo de hotéis que servem para pernoite em Congonhas ou compromissos na região. O bairro tem opções de bares e restaurantes (no entorno da maioria dos hotéis).

Há hotéis de rede como o ibis São Paulo Congonhas (o mais próximo do aeroporto, com acesso através de uma passarela). Há hotéis independentes (simples e econômicos) como o Aero Plaza Hotel. Um pouco mais afastados ficam algumas pousadas e hostels como a VivApp Rock CGH Suítes. Alguns hotéis oferecem serviço de traslado de/para o aeroporto. A Estação Campo Belo do Metrô (Linha 5 – Lilás) fica no Brooklin (distante +- 3 km de Congonhas).

Os hotéis no entorno de Congonhas são também o grande polo hoteleiro mais próximo (+- 7 a 10 km) da região onde ficam o São Paulo Expo e o Zoológico de São Paulo – Zoo Safári – Jardim Botânico de São Paulo. Mas no bairro do Jabaquara há alguns hotéis simples que estão ainda mais próximos (pesquise aqui).

Se você deseja se hospedar próximo ao Aeroporto de Congonhas (e não ao lado) a melhor alternativa é o bairro de Moema, +- 3 km do aeroporto, que está bem localizado para se deslocar pela Zona Sul, Avenida Paulista e Centro (veja o tópico de Moema). Outra boa alternativa é a região da Berrini no Brooklin, +- 5 km do aeroporto, que tem um bom posicionamento geográfico para toda a Zona Sul (veja o tópico Brooklin/Berrini).

Use o link abaixo para pesquisar (de uma só vez) todas as hospedagens em Campo Belo / Congonhas:

Booking.com: Campo Belo / Congonhas – São Paulo (hotéis, hostels, pousadas e imóveis para temporada)

Hotéis e pousadas em Campo Belo e Congonhas – São Paulo:

★★★★☆ Fantástico:

★★★Fabuloso:

★★★☆ Muito Bom:

★★★☆☆ Bom:

★★☆☆☆ Satisfatório:

Aluguel de imóveis para temporada em Campo Belo / Congonhas:

Onde ficar no Morumbi (Zona Sul)

A região do Morumbi, do outro lado do Rio Pinheiros, é uma área nobre localizada nas zonas Oeste e Sul (popularmente considerada na Zona Sul) que reúne muitos bairros que pertencem aos distritos Morumbi e Vila Andrade.

O Morumbi tem amplas áreas residenciais, arborizadas e tranquilas em meio à avenidas comerciais com excelente estrutura de comércio e serviços.

Apesar de ter dois hotéis interessantes para públicos específicos (Palácio Tangará e Novotel Morumbi, veja mais abaixo) o Morumbi tem uma estrutura bem pequena de hospedagem. Ainda há outras desvantagens de se hospedar no bairro: a localização do outro lado do rio, ruas e avenidas sinuosas com trânsito complicado e a má oferta de transporte público (as estações do Metrô ficam nos arredores da região). Só vale a pena se hospedar no Morumbi se você tiver um motivo específico.

O grande destaque de hospedagem no Morumbi é o Palácio Tangará, no bairro do Panamby, um dos mais luxuosos do Brasil e um dos três popularmente considerados como 6 estrelas (os outros são o Rosewood São Paulo na Bela Vista e o Saint Andrews em Gramado). Integrado ao Parque Burle Marx, uma pequena floresta tropical urbana, o Palácio Tangará oferece uma experiência luxuosa e única em São Paulo.

Ainda no Morumbi fica o Novotel São Paulo Morumbi que, apesar de ser um hotel de perfil executivo, tem estrutura de lazer para famílias com crianças. Integrado à um bosque o hotel tem piscinas adulto e infantil climatizadas, sala de jogos, brinquedoteca e é um dos únicos hotéis em São Paulo com playground (parquinho infantil). A localização do Novotel no Morumbi é muito boa: fica próximo do Shopping Cidade Jardim (o mais luxuoso de São Paulo) e das pontes Estaiada e do Morumbi, com fácil acesso aos principais bairros da zona sul (Itaim Bibi, Vila Olímpia e Brooklin/Berrini).

O Morumbi ainda tem alguns pontos de interesse. Bem próximos entre si ficam o Estádio do Morumbi (do São Paulo), o Hospital Albert Einstein e o Palácio dos Bandeirantes (sede do governo do Estado de São Paulo). No entorno há pousadas simples e hostels como a Mansão Morumbi 91 e o Morumbi Hostel. Pelo bairro há algumas atrações culturais como a Casa de Vidro Instituto Bardi e a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano.

Muitos hotéis que possuem “Morumbi” no nome estão localizados na região da Berrini e Chucri Zaidan (veja nos tópicos Brooklin/Berrini e Chácara Santo Antônio/Santo Amaro).

Use o link abaixo para pesquisar (de uma só vez) todas as hospedagens no Morumbi:

Booking.com: Morumbi – São Paulo (hotéis, hostels, pousadas e imóveis para temporada)

Hotéis, hostels e pousadas no Morumbi:

★★★★☆ Fantástico:

  • Palácio Tangará: popularmente considerado como 6 estrelas, é um dos hotéis mais luxuosos do Brasil, experiência única.

★★★Fabuloso:

★★★☆ Muito Bom:

★★★☆☆ Bom:

☆ ☆☆☆ Aceitável (leia as avaliações antes de reservar):

Aluguel de imóveis para temporada no Morumbi:

Onde ficar em Interlagos (Zona Sul)

A região de Interlagos, na Zona Sul, fica bem mais distante das principais regiões e fora de mão para explorar a cidade. Só vale a pena se hospedar por aqui se você tiver um motivo específico.

Interlagos está localizada entre as represas Guarapiranga e Billings e possui como principal atrativo o Autódromo de Interlagos onde são realizadas corridas (com destaque para o Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1) e grandes eventos. Ainda na região ficam o Parque da Mônica (no Shopping SP Market) e o SESC Interlagos.

São poucas as opções de hospedagem em Interlagos. O principal hotel é o ibis São Paulo Interlagos (ao lado do Shopping Interlagos). O Hotel Paddock fica em frente ao autódromo.

O polo de hotéis mais próximo de Interlagos é na Chácara Santo Antônio (veja o tópico Chácara Santo Antônio/Santo Amaro).

Use o link abaixo para pesquisar (de uma só vez) todas as hospedagens em Interlagos:

Booking.com: Interlagos – São Paulo (hotéis, hostels, pousadas e imóveis para temporada)

Hotéis em Interlagos – São Paulo:

★★★☆ Muito Bom:

★★★☆☆ Bom:

Aluguel de imóveis para temporada em Interlagos:

Sobre o Centro e arredores

Onde Ficar no Centro - São Paulo - Principais Bairros para Se Hospedar
Principais bairros para se hospedar no Centro e arredores

Vale a pena se hospedar no Centro de São Paulo?

Na minha opinião sim se o Centro for o foco principal da sua viagem. No Centro ficam as principais atrações históricas da cidade, uma grande concentração de atrações culturais, a maior área comercial da América Latina e uma variada gastronomia que reúne desde alguns dos estabelecimentos mais tradicionais da capital até um novo cenário que vem se fortalecendo.

O Centro ainda tem dois diferenciais: a melhor estrutura de transporte público (com três linhas e várias estações do Metrô, trens da CPTM, Trem Expresso Aeroporto Guarulhos e muitas linhas e terminais de ônibus) e o maior polo de hotéis econômicos (desde antigos hotéis independentes até novas unidades de redes internacionais).

É seguro se hospedar no Centro de São Paulo?

Na minha opinião sim. Milhões de pessoas por dia circulam pelo Centro e pelos bairros no entorno. É uma região de comércio de rua, salas comerciais e escritórios, além de áreas residenciais. Há locais revitalizados e locais degradados (imóveis abandonados, moradores de rua, consumo de drogas). Tomando os devidos cuidados (como não exibir objetos de valor e guardar bem os documentos, cartões e dinheiro) dá para circular durante o dia. À noite o Centro fica em sua maior parte vazio e aí sim é muito perigoso circular a pé. Mas dá para usar aplicativos/táxi ou combinar aplicativos/táxi com o Metrô. Nos finais de semana e feriados as regiões que tem o predomínio de escritórios e salas comerciais ficam vazias mesmo durante o dia. Já as regiões de comércio de rua estão quase sempre cheias (a maioria fecha ou diminui o movimento nos domingos que não antecedem datas comerciais importantes).

Centro Velho e Centro Novo: no Centro Velho (Sé e arredores) há poucas opções de hospedagem (o predomínio é de pensões e hotéis muito simples). Nessa área ficam a Catedral da Sé, Mosteiro de São Bento, Pateo do Collegio, Mercado Municipal, Farol Santander, Centro Cultural Banco do Brasil, Caixa Cultural, Rua 25 de Março, etc. A grande concentração de hotéis é no Centro Novo (República e arredores). Nessa área ficam o Theatro Municipal, Praça da República, edifícios Itália e Copan, Estação da Luz, Pinacoteca do Estado de São Paulo, Museu da Língua Portuguesa, Sala São Paulo, etc. Para compras o destaque são a Rua Santa Ifigênia (eletrônicos) e a Rua das Noivas (Rua São Caetano). Um dos melhores e mais bem localizados hotéis no Centro Novo é o ibis Styles SP Centro. Veja mais detalhes do Centro Velho e do Centro Novo no tópico Centro.

Nos bairros que ficam no entorno do Centro só vale a pena se hospedar por algum motivo específico (geralmente compras).

No Bom Retiro (veja o tópico Bom Retiro) o foco são roupas femininas e vestidos de festa (na Rua José Paulino e entorno). No Brás (veja o tópico do Brás) ficam o maior polo de moda do Brasil (roupas baratas), a Zona Cerealista, a Rua do Gasômetro (madeiras, ferragens e acabamentos para obras) e algumas atrações culturais como o Museu Catavento e o Templo de Salomão. E no bairro japonês da Liberdade (veja o tópico da Liberdade) há cultura, gastronomia e compras relacionadas à cultura oriental, além de itens de beleza, perfumaria e cosméticos.

Onde ficar no Centro de São Paulo (Centro Histórico, Centro Velho e Centro Novo)

O Centro de São Paulo, também chamado de Centro Histórico, é dividido em duas partes: Centro Velho (distrito da Sé) e Centro Novo (distrito da República).

No Centro Velho fica o Triângulo Histórico, a região mais antiga e histórica da cidade, delimitado pelo Largo São Francisco, Largo São Bento e Praça da Sé (onde está a Catedral da Sé). No Triângulo Histórico ficam o Pateo do Collegio (local da fundação da cidade em 1554; hoje abriga uma igreja e dois museus), o Mosteiro de São Bento e o Solar da Marquesa de Santos (Museu da Cidade de São Paulo), além de edifícios que através da linda arquitetura exibem a riqueza de São Paulo nas primeiras décadas do século 20 como Edifício Altino Arantes (também chamado de Banespa ou Banespão, hoje abriga o centro cultural e mirante Farol Santander), Edifício Martinelli, Prédio da Bolsa de Valores (Espaço B3 e Centro de Memória), Caixa Cultural, Centro Cultural Banco do Brasil, entre outros. São três estações do Metrô no Triângulo Histórico e arredores: Estação Sé (Linha 1 – Azul e Linha 3 – Vermelha), Estação São Bento (Linha 1 – Azul) e Estação Anhangabaú (Linha 1 – Azul). Essa região é muito movimentada durante o dia (comércio de rua, salas comerciais e escritórios) e mais vazia/insegura à noite. São poucas as opções de hospedagem com o predomínio pensões e pequenos hotéis simples localizados no entorno da Praça da Sé como o Hotel Quintino. Uma rara exceção são os modernos apartamentos do Nomah Sé. Mas não é uma área bacana para se hospedar.

Ainda no Centro Velho, nos arredores do Triângulo Histórico, ficam o Mercado Municipal de São Paulo (Mercadão) e a Rua 25 de Março que é o maior centro comercial da América Latina com lojas, galerias e camelôs com artigos de festa, decoração, bijuterias, tecidos, aviamentos, bugigangas e de tudo um pouco. Essa região, atendida pelo Metrô São Bento (Linha 1 – Azul), é movimentadíssima durante o dia, mas vazia e não recomendada à noite. Não há opções de hospedagem.

O Vale do Anhangabaú faz a transição do Centro Velho para o Centro Novo. A ampla área do vale é cortada por dois viadutos históricos, Viaduto do Chá e Viaduto Santa Ifigênia, da onde se tem uma boa visão do skyline do Centro. No vale e no entorno ficam alguns prédios históricos da capital: Theatro Municipal de São Paulo, Prédio da Light (Shopping Light), Edifício Matarazzo (atual sede da Prefeitura de São Paulo), Palácio dos Correios e o Edifício Mirante do Vale (o mais alto de São Paulo, onde funciona o Sampa Sky). É possível se hospedar em studios no Mirante do Vale como esse e esse. No entorno do vale ficam hotéis simples e econômicos como o Hotel Urbis. Ainda no vale fica a Estação Anhangabaú do Metrô (Linha 1 – Azul).

O Centro Novo (que também faz parte do Centro ou Centro Histórico) fica do outro lado do Vale do Anhangabaú. A área original do Centro Novo, ocupada a partir do final do século 19, fica no distrito da República e é formada pelo quadrilátero Praça Ramos de Azevedo (ao lado do Theatro Municipal), Largo do Paissandu, Praça Dom José Gaspar e Praça da República (aos sábados tem uma das feirinhas mais tradicionais de São Paulo). Nessa vibrante área comercial e residencial ficam o SESC 24 de Maio, diversas galerias comerciais (como a Galeria do Rock), lugares emblemáticos (como a esquina das avenidas Ipiranga e São João, onde funciona o Bar Brahma) e ícones gastronômicos (como o Terraço Itália que é um restaurante e mirante no Edifício Itália, o segundo mais alto e com uma das melhores vistas da cidade). Bem próximo do Edifício Itália fica o Edifício Copan. Dentro desse quadrilátero há poucas opções de hospedagem, geralmente hotéis simples e baratos como o Hotel Joamar.

Com o tempo o Centro Novo se expandiu para além do quadrilátero original e atualmente podemos considerar como integrantes do Centro de São Paulo (ou Centro Histórico) todo o restante do distrito da República e parte de bairros vizinhos como Bela Vista, Consolação, Vila Buarque, Campos Elíseos, Santa Ifigênia e Luz. É uma região residencial, comercial e de serviços com muitas opções culturais e grande variedade gastronômica. Há áreas revitalizadas e áreas degradadas (moradores de rua, usuários de drogas). Vale a regra de tomar os cuidados durante o dia e não circular a pé à noite. São três estações de Metrô que atendem a região do Centro Novo e levam para diferentes partes da cidade: Anhangabaú (Linha 1 – Azul), República (Linha 3 – Vermelha e Linha 4 – Amarela) e Luz (Linha 1 – Azul e Linha 4 – Amarela).

O maior polo de hotéis do Centro Novo (e de todo o Centro de São Paulo) é no distrito da República, no entorno da Praça da República e avenidas São João, Rio Branco e Ipiranga. O Hotel JB Delgado Plus Excelsior fica a poucos passos da Praça da República e da esquina Ipiranga x São João. O ibis Budget SP Centro São João tem quartos privativos e compartilhados. O Nobile Downtown São Paulo é um dos mais modernos e bem estruturados dessa área.

Na transição para o bairro Santa Ifigênia fica o polo de comércio eletrônicos da Rua Santa Ifigênia (celulares, acessórios, computadores, games, etc). O econômico Dan Inn Planalto São Paulo fica ali.

Avançando para o bairro da Luz ficam diversas atrações históricas e culturais: Museu da Língua Portuguesa, Pinacoteca do Estado de São Paulo, Sala São Paulo, Parque Jardim da Luz e a linda e enorme Estação da Luz de trens da CPTM com destaque para o Trem Expresso Aeroporto Guarulhos (as demais linhas da CPTM o turista comum não vai usar, a não ser que tenha um local específico para ir). Nessa área fica a Estação Luz do Metrô (Linha 1 – Azul e Linha 4 – Amarela) que é conectada por túneis com a Estação da Luz da CPTM. Aqui ficam dois hotéis modernos, com bom custo-benefício e excelente localização para quem deseja circular pelos centros Novo e Velho: ibis Styles SP Centro e B&B Hotels São Paulo Luz Centro. Ainda na Luz, mas do outro lado da Estação da Luz e da Avenida Tiradentes, fica a Rua das Noivas (Rua São Caetano) especializada em vestidos de noiva e acessórios.

No lado do Centro Novo sentido Avenida Paulista ficam os trechos dos bairros Bela Vista e Consolação que estão integrados ao Centro. Ali na charmosa Rua Avanhandava fica a cantina Famiglia Mancini e demais restaurantes do grupo. Nessa área ficam o Novotel São Paulo Jaraguá Conventions e os modernos apartamentos do Nomah Downtown São Luís.

Uma vantagem geográfica de se hospedar no Centro de São Paulo é que você estará relativamente próximo de alguns dos principais locais de shows e eventos da cidade como o Complexo do Anhembi, Expo Center Norte, Espaço das Américas e Allianz Parque.

Use o link abaixo para pesquisar (de uma só vez) todas as hospedagens no Centro:

Booking.com: Centro – São Paulo (hotéis, hostels, pousadas e imóveis para temporada)

Hotéis no Centro de São Paulo:

Os estabelecimentos abaixo estão no Centro Novo (exceto os mencionados como Centro Velho).

★★★Fabuloso:

★★★☆ Muito Bom:

★★★☆☆ Bom:

★★☆☆☆ Satisfatório:

Aluguel de imóveis para temporada no Centro de São Paulo:

Onde ficar no Bom Retiro (Centro e arredores)

O Bom Retiro é um bairro que pertence à Região Central e que está localizado do outro lado da Estação da Luz (em relação ao Centro).

O grande destaque do Bom Retiro é o comércio da Rua José Paulino (e entorno) especializado em vestuário feminino e vestidos de festa. No geral as roupas são de melhor qualidade do que no Brás.

Com uma diversidade cultural ainda pouco explorada comercialmente e turisticamente, o Bom Retiro aos poucos está criando um novo cenário cultural e gastronômico. O antigo bairro operário tem múltiplas raízes étnicas. Entre as atrações culturais do Bom Retiro estão a Oficina Cultural Oswald de Andrade e a Casa do Povo. No bairro também fica o Centro de Esportes Radicais com pistas e circuitos para skate, patins, bicicleta, patinete, parkour, etc. O SESC Bom Retiro fica no bairro vizinho de Campos Elíseos. No entorno da Estação da Luz ficam a Pinacoteca do Estado de São Paulo e o Parque Jardim da Luz.

São poucas as opções de hospedagem no bairro. Dois hotéis bem localizados (próximos ao Metrô e à Rua José Paulino) são o Luz Plaza Hotel e o Fênix Hotel Bom Retiro.

No Bom Retiro fica a Estação Tiradentes do Metrô (Linha 1 – Azul), além da Estação da Luz (trens da CPTM).

Use o link abaixo para pesquisar (de uma só vez) todas as hospedagens no Bom Retiro:

Booking.com: Bom Retiro – São Paulo (hotéis, hostels, pousadas e imóveis para temporada)

Hotéis no Bom Retiro – São Paulo:

★★★Fabuloso:

  • Luz Plaza Hotel: o melhor hotel do Bom Retiro, tem boa estrutura e fica próximo da Rua José Paulino, do Metrô Tiradentes e da Estação da Luz.

★★★☆☆ Bom:

Aluguel de imóveis para temporada no Bom Retiro:

Onde ficar no Brás (Centro e arredores)

O Brás é um bairro localizado na Região Central (vizinho do Centro, do outro lado da Avenida do Estado) que reúne o maior polo de moda do Brasil (roupas masculinas e femininas, além de enxoval para bebês). São milhares de lojas espalhadas pelas ruas ou em galerias, shoppings e grandes centros com destaque para a Nova Feira da Madrugada que possui mais de 5 mil lojas e boxes.

A área do polo de modas ocupa uma boa parte do bairro. Na melhor localização do Brás (próximo aos principais shoppings) ficam o Travel Inn Brás (ao lado dos shoppings Vautier e Vautier Premium), o Hotel Mega Polo (com acesso ao Shopping Mega Polo Moda) e o Total Hotel.

O simples e econômico Hotel Hot Brás fica na região da Rua do Gasômetro (madeiras, ferragens e acabamentos para obras) e da Zona Cerealista (no entorno do Mercado Municipal do Pari, atrás do Mercadão, especializada em cereais, grãos, especiarias, etc).

O Brás abriga ainda algumas atrações culturais: Museu Catavento (no Parque Dom Pedro II), o Templo de Salomão da Igreja Universal e o Museu da Imigração do Estado de São Paulo (tecnicamente na vizinha Mooca, mas muito perto do Metrô Brás).

No Brás ficam duas estações do Metrô da Linha 3 – Vermelha, mas que não estão no coração do bairro. A Estação Brás (a mais próxima do polo de moda) e a Estação Dom Pedro II (mais próxima do Parque Dom Pedro II, Rua do Gasômetro e Zona Cerealista). O bairro também possui a Estação Brás de trens da CPTM.

Use o link abaixo para pesquisar (de uma só vez) todas as hospedagens no Brás:

Booking.com: Brás – São Paulo (hotéis, hostels, pousadas e imóveis para temporada)

Hotéis e pousadas no Brás – São Paulo:

★★★★☆ Fantástico:

★★★Fabuloso:

★★★☆ Muito Bom:

★★★☆☆ Bom:

★★☆☆☆ Satisfatório:

Aluguel de imóveis para temporada no Brás:

Onde ficar na Liberdade (Centro e arredores)

O bairro da Liberdade, na Região Central, é o bairro japonês de São Paulo (a cidade abriga a maior comunidade japonesa fora do Japão). A influência oriental (principalmente japonesa) está presente em diversos elementos como na gastronomia, no comércio e na cultura.

A Praça da Liberdade, distante apenas 400 metros da Catedral da Sé, é a principal referência do bairro. Nela fica a Estação Japão do Metrô (Linha 1 – Azul). Aos sábados e domingos acontece a tradicional Feirinha da Liberdade (artesanato e gastronomia). No entorno da praça ficam os principais pontos turísticos e as principais ruas comerciais e gastronômicas da Liberdade.

A partir da Praça da Liberdade há uma profusão de lojas, empórios, galerias e pequenos shoppings especializados em produtos orientais e/ou itens de beleza e perfumaria. A rua principal do comércio é a Galvão Bueno, onde fica a loja pioneira da Ikesaki (cosméticos). Bem próximo, na Avenida da Liberdade, fica o Sogo Plaza Shopping, o maior do bairro. A Rua Thomaz Gonzaga, que é uma travessa entre a Avenida da Liberdade e a Rua Galvão Bueno, é referência em gastronomia oriental com dezenas de opções. Ainda na área principal do bairro ficam o Jardim Oriental, o Museu do Tribunal de Justiça de São Paulo (no Palacete Conde de Sarzedas) e um pouco afastado dessa área o Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil.

O hotel mais bem posicionado para se hospedar na Liberdade é o simples Kyoto Hotel, que fica na Praça da Liberdade, em frente ao Metrô e no coração do bairro. Mais estruturado, o Nikkey Palace Hotel fica na principal rua do comércio (Galvão Bueno), fora da muvuca principal mas em uma localização que dá para fazer tudo a pé.

O melhor hotel da Liberdade é o Leques Brasil Hotel Escola que fica entre a Estação do Metrô São Joaquim (Linha 1 – Azul) e o Museu da Imigração Japonesa.

Use o link abaixo para pesquisar (de uma só vez) todas as hospedagens na Liberdade:

Booking.com: Liberdade – São Paulo (hotéis, hostels, pousadas e imóveis para temporada)

Hotéis e hostels na Liberdade – São Paulo:

★★★★☆ Fantástico:

★★★☆ Muito Bom:

★★★☆☆ Bom:

Aluguel de imóveis para temporada na Liberdade:

Sobre a Zona Oeste (Marginal Tietê)

Onde Ficar na Zona Oeste - Marginal Tietê - São Paulo - Principais Bairros para Se Hospedar
Principais bairros para se hospedar na Zona Oeste (Marginal Tietê)

Perdizes, Pompeia e Barra Funda ficam na parte da Zona Oeste mais próxima do Rio Tietê. São três bairros vizinhos que abrigam vários locais de shows, eventos e jogos como Allianz Parque, Espaço das Américas e Villa Country, além de pontos turísticos ou de interesse como o Memorial da América Latina e o Terminal Barra Funda.

Essa região também está muito próxima dos complexos Anhembi e Center Norte, localizados do outro lado do Rio Tietê (veja no tópico Santana/Anhembi/Center Norte).

Outra vantagem de se hospedar nessa área (principalmente na Barra Funda, onde está o maior polo de hotéis dessa região) é a facilidade de pegar a Marginal Tietê que dá acesso às rodovias Bandeirantes, Anhanguera, Castello Branco, Dutra, Fernão Dias e Ayrton Senna.

Apesar de ficar relativamente próxima do Centro e da região da Avenida Paulista, faz mais sentido se hospedar por aqui por algum motivo específico nessa região.

Para a parte da Zona Oeste mais próxima do Rio Pinheiros, onde estão os bairros Pinheiros e Vila Madalena, veja o tópico Sobre a Zona Oeste (Marginal Pinheiros).

Onde ficar em Perdizes / Pompeia (Zona Oeste – Marginal Tietê)

Perdizes e Pompeia são dois bairros bastante integrados que apresentam um ambiente residencial de alto padrão com estrutura completa de comércio e serviços. Os dois bairros são tipicamente paulistanos e cada um possui a sua própria essência incluindo várias opções de gastronomia e uma animada vida noturna com muitos bares.

Os principais locais de interesse em Perdizes e Pompeia ficam próximos entre si, mais ou menos na divisa dos dois bairros. O maior destaque é o Allianz Parque (arena do Palmeiras). Ao lado do Allianz Parque fica o Bourbon Shopping (local do Teatro Bradesco) e bem próximo o Shopping West Plaza e o SESC Pompeia. O hotel mais próximo do Allianz Parque é o Plaza Inn American Loft (em frente ao Allianz Parque e ao lado do Shopping Bourbon). Nos arredores há opções econômicas como o Today Hostel e a Hospedaria Santo André.

Pelos bairros há algumas opções de hostels e guest houses como o Pompeia Homestay. Também há atrativos como o Parque da Água Branca (na divisa com a Barra Funda) e o Teatro Tuca da PUC-SP.

Uma desvantagem de Perdizes e Pompeia é que os bairros não são atendidos pelo Metrô. A estação mais próxima é a Estação Palmeiras-Barra Funda (Linha 3 – Vermelha), no Terminal Barra Funda, que está +- 1 a 2 km distante dos principais locais de interesse (Allianz Parque e entorno). O entorno da estação não é recomendável para caminhadas noturnas.

Use o link abaixo para pesquisar (de uma só vez) todas as hospedagens em Perdizes / Pompeia:

Hotéis e hostels em Perdizes e Pompeia – São Paulo:

★★★★★ Excepcional:

★★★★☆ Fantástico:

★★★Fabuloso:

★★★☆☆ Bom:

Aluguel de imóveis para temporada em Perdizes e Pompeia:

Onde ficar na Barra Funda (Zona Oeste – Marginal Tietê)

Na Barra Funda estão os principais e maiores hotéis da região da Zona Oeste mais próxima do Rio Tietê.

A Barra Funda tem áreas residenciais e industriais e apesar da especulação imobiliária estar aos poucos revitalizado o bairro (com o lançamento de prédios de alto padrão, hotéis e alguns escritórios), o bairro ainda tem áreas pouco atraentes. Não há muito o que fazer além do Memorial da América Latina e das casas de shows e espetáculos que estão por ali. Não é um bairro para se conhecer a pé e não há muitas opções de restaurantes e bares.

O maior diferencial de se hospedar na Barra Funda é a excelente localização para diversos locais de shows e eventos. Desde locais que estão no próprio bairro (veja abaixo) como no entorno (Allianz Parque, Anhembi e Center Norte). O bairro também permite fácil acesso ao Centro e à Marginal do Tietê (onde estão as rodovias Bandeirantes, Anhanguera, Castello Branco, Dutra, Fernão Dias, Ayrton Senna e o acesso ao Aeroporto de Guarulhos).

O Terminal Barra Funda é o segundo maior de São Paulo. É um multimodal com Metrô (Estação Palmeiras-Barra Funda, Linha 3 – Vermelha), Estação da CPTM de Trens (Linha 7 – Rubi e Linha 8 – Diamante), Rodoviária da Barra Funda (ônibus rodoviários) e um terminal de ônibus urbanos. No entorno do Terminal Barra Funda ficam o Memorial da América Latina, o Expo Barra Funda, o Parque da Água Branca e casas de shows e eventos como Espaço das Américas, Villa Country e Audio. Nessa área, que é bem localizada para a região mas não é tão bacana para caminhadas noturnas, ficam o Apart Hotel Adagio Barra Funda e o Bê Hotel.

No bairro ainda estão localizados os teatros São Pedro e J. Safra.

Na área da Barra Funda mais próxima da Marginal Tietê ficam hotéis de rede como ibis São Paulo Barra Funda, ibis Styles São Paulo Barra Funda, Hotel Panamby São Paulo e Rio Hotel by Bourbon São Paulo Barra Funda.

Use o link abaixo para pesquisar (de uma só vez) todas as hospedagens na Barra Funda:

Booking.com: Barra Funda – São Paulo (hotéis, hostels, pousadas e imóveis para temporada)

Hotéis na Barra Funda – São Paulo:

★★★Fabuloso:

★★★☆ Muito Bom:

Aluguel de imóveis para temporada na Barra Funda:

Onde ficar em Santana / Anhembi / Center Norte (Zona Norte)

Onde Ficar na Zona Norte - São Paulo - SP
Principais locais para se hospedar na Zona Norte de São Paulo

Na região de Santana, na Zona Norte (do outro lado do Rio Tietê), fica o maior polo de eventos de São Paulo com os complexos do Anhembi e do Center Norte. Ali também está o Terminal Rodoviário do Tietê (o maior da capital e do Brasil) e o Aeroporto Campo de Marte.

Essa região fica às margens da Marginal do Tietê que facilita o acesso para diversas rodovias como Bandeirantes, Anhanguera, Castello Branco, Dutra, Fernão Dias, Ayrton Senna e ao Aeroporto de Guarulhos. Santana também está próxima do Centro da capital.

No Complexo do Anhembi (Distrito Anhembi) ficam o Pavilhão de Exposições, o Centro de Convenções, a Arena São Paulo e o Sambódromo do Anhembi (Passarela Cultural). Dentro do complexo fica o hotel Holiday Inn Anhembi (o maior da capital com mais de 700 quartos).

No Complexo Center Norte (Cidade Center Norte) ficam o Expo Center Norte, o Shopping Center Norte e o Lar Center (shopping de decoração). O complexo tem um hotel, não exatamente dentro dele (até porque o complexo é aberto e tem ruas e avenidas), o Novotel São Paulo Center Norte.

O Terminal Rodoviário do Tietê fica na Avenida Cruzeiro do Sul, entre os complexos do Anhembi e Center Norte. O terminal é atendido pela Estação Portuguesa-Tietê do Metrô (Linha 1 – Azul). No entorno da rodoviária fica o ibis Styles São Paulo Anhembi, o Nomah Apartamentos Anhembi e hotéis simples e econômicos como o Hotel Lua Nova.

Seguindo a Avenida Cruzeiro do Sul, sentido Centro de Santana, a próxima estação do Metrô é a Carandiru (Linha 1 – Azul). Ali fica o Parque da Juventude (no local do antigo Complexo Penitenciário do Carandiru). No entorno da estação ficam hotéis baratos como o Omega Palace Hotel.

Um pouquinho mais adiante, no trecho final da Avenida Cruzeiro do Sul, fica o Centro de Santana que é o maior centro comercial e de serviços da Zona Norte com comércio de rua. Ali ficam a Estação Santana do Metrô (linha 1 – Azul) e o Terminal Santana (ônibus urbanos). Por ali ficam alguns hotéis (a maioria econômicos e independentes) que estão muito próximos do Anhembi, Center Norte, Rodoviária do Tietê e do Aeroporto Campo de Marte, como o Plaza Inn Small Town Flat e o Brasília Santana Gold Flat.

Além de Santana outro polo de hotéis próximos dessa região é na Barra Funda, especialmente para o Complexo do Anhembi (veja o tópico da Barra Funda). O Centro (de São Paulo) também está muito próximo de Santana e dos complexos Anhembi e Center Norte (veja o tópico do Centro).

Use o link abaixo para pesquisar (de uma só vez) todas as hospedagens em Santana / Anhembi / Center Norte:

Booking.com: Santana – São Paulo (hotéis, hostels, pousadas e imóveis para temporada)

Hotéis e hostels em Santana / Anhembi / Center Norte – São Paulo:

★★★★☆ Fantástico:

★★★Fabuloso:

★★★☆ Muito Bom:

★★★☆☆ Bom:

Aluguel de imóveis para temporada em Santana / Anhembi / Center Norte:

Onde ficar no Aeroporto de Guarulhos

O Aeroporto Internacional de Guarulhos fica na cidade de Guarulhos (na Grande São Paulo) e está distante 25 km do Centro de São Paulo.

Há hotéis dentro do Aeroporto de Guarulhos (para longas conexões internacionais ou domésticas) e também no entorno (para pernoite ou compromissos na região).

O Tryp Transit Hotel São Paulo Airport Terminal 3 fica dentro da área de embarque/restrita internacional (acessível somente após o check-in e despacho de bagagens). É um hotel com quartos, restaurante e área externa.

O Fast Sleep Guarulhos by Slaviero Hotéis fica na área doméstica no Terminal 2 e tem acesso livre. Não é um hotel. São cabines compactas com banheiro compartilhado.

Para hospedagem no entorno do Aeroporto de Guarulhos os hotéis de rede geralmente oferecem traslado.

Os melhores hotéis são os 5 estrelas Pullman São Paulo Guarulhos Airport e o Marriott São Paulo Airport Hotel, ambos com estrutura de lazer.

Para hotéis de rede com bom custo-benefício veja o Sleep Inn Aeroporto de Guarulhos, o Hampton by Hilton Guarulhos Airport e o Comfort Hotel Guarulhos Aeroporto.

Para economizar há diversas opções de hotéis simples, pousadas e hostels como o Hotel St. Daniel, a Pousada Sognares e o Hostel Aeroporto.

Hotéis no Aeroporto de Guarulhos – São Paulo:

★★★Fabuloso:

★★★☆ Muito Bom:

★★★☆☆ Bom:

★★☆☆☆ Satisfatório:

☆☆☆☆ Aceitável (leia as avaliações antes de reservar):

Aluguel de imóveis para temporada próximo Aeroporto de Guarulhos:

Perguntas Frequentes sobre onde ficar em São Paulo

Qual é o melhor lugar / bairro para ficar em São Paulo?

Se você deseja explorar a cidade em geral o melhor lugar para ficar em São Paulo é a região da Avenida Paulista. Além de reunir muitas atrações a Paulista tem a melhor localização geográfica da cidade.

Quais são os bairros mais seguros para ficar em São Paulo?

São os bairros badalados da Zona Oeste e da Zona Sul: Jardins, Pinheiros, Itaim Bibi, Vila Olímpia e Brooklin/Berrini.

Quais são os bairros mais baratos para ficar em São Paulo?

De uma maneira geral todos os principais bairros de São Paulo possuem hotéis econômicos. Mas a maior concentração de hotéis baratos em São Paulo é no Centro.

Quais são os melhores hotéis em São Paulo?

São Paulo possui um bom número de hotéis de luxo espalhados por alguns bairros. A maior concentração é no Jardins (Emiliano, Fasano, Tivoli Morrafej e Unique). Na região do Brooklin/Berrini fica o Grand Hyatt São Paulo. Mas os dois hotéis mais luxuosos de São Paulo e do Brasil, ambos popularmente considerados como 6 estrelas, são o Palácio Tangará (no Morumbi) e o Rosewood São Paulo (na Cidade Matarazzo na Bela Vista).

Você tem alguma dúvida sobre onde se hospedar em São Paulo?

Deixe um comentário abaixo 🙂

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.