Madrid: Templo de Debod, Teleférico, Parque del Oeste, Faro de Moncloa

Templo de Debod Madrid Espanha
Templo de Debod: das margens do Nilo para Madrid

Neste artigo eu dou uma sugestão de roteiro por atrações que ficam no entorno do Centro de Madrid e estão próximas entre si:

  • Plaza de España
  • Museo Cerralbo
  • Parque del Oeste
  • Templo de Debod
  • La Rosaleda (jardim de rosas)
  • Teleferico de Madrid
  • Ermita de San Antonio de la Florida
  • Faro de Moncloa

Sequência: como essas atrações ficam próximas entre si é possível percorrê-las em uma sequência. A única atração um pouco mais afastada é o Faro de Moncloa.

Pertinho da Gran Via e do Palacio Real de Madrid: na minha sugestão o início do roteiro é na Plaza de España, uma das pontas da Gran Via e bem próxima do Palacio Real de Madrid.

Veja o mapa com a localização da Plaza de España (o início do roteiro em uma das pontas da Gran Via), do Palacio Real de Madrid e da Puerta del Sol (a praça central de Madrid):

Duração: para percorrer todas as atrações do roteiro eu acredito que você precisará de quase 1 dia inteiro (vai depender do seu ritmo). Caso você não tenha todo esse tempo disponível (ou não se interesse por todas as atrações) você pode pular algumas atrações e modificar o roteiro indo nas atrações que mais combinam com o seu perfil.

A principal atração: a atração desse roteiro mais procurada pelos turistas é o Templo de Debod. Ele fica logo no início do roteiro, ainda bem próximo da Gran Via e do Palácio Real. O Templo de Debod é gratuito e dele se tem belas vistas da região.

  • Importante: os preços, informações e horários abaixo foram consultados em julho de 2017. Confirme as informações atuais.
Faro de Moncloa Madrid
Faro de Moncloa: mirante para apreciar Madrid a 92 metros de altura.

Mapa do roteiro

Veja o mapa do roteiro completo que eu proponho para a região na seguinte sequência: Plaza de España, Museo Cerralbo, Templo de Deblod, La Rosaleda, Teleferico, Ermita de San Antonio de la Florida e Faro de Moncloa.

Plaza de España 

Acesso: na praça fica a estação Plaza de España do Metrô (linhas 3 e 10). Nas imediações existem mais estações atendidas por outras linhas.

Importante: projetada em 1911 a Plaza de España é uma das praças mais importantes de Madrid. Ela fica em uma importante confluência viária. Da praça sai a Gran Via que é a avenida mais emblemática e turística da cidade.

Monumento a Cervantes: a praça possui um enorme monumento em homenagem à Miguel de Cervantes e várias esculturas que retratam a sua principal obra (Dom Quixote), além de duas fontes.

Torre de Madrid e Edifício España: ao redor da praça ficam dois dos principais prédios de Madrid, a Torre de Madrid e o Edifício España. Ambos foram construídos na década de 1950 e são multi-uso (galerias comerciais, lojas, escritórios, hotel, etc). A Torre de Madri, com 37 andares, foi o maior edifício da Europa por quase uma década. O Edifício España tem 25 andares e ficou em uso até o ano de 2012. Em Junho de 2017 ele foi comprado pela rede portuguesa Riu que planeja a abertura de um hotel no local.

Plaza de España: no centro Monumento a Cervantes e ao fundo a Torre de Madrid e o Edifício España
Plaza de España Madrid
Feirinha de artesanato: nós fomos em meados de Dezembro e havia uma feirinha de artesanato na praça.
Plaza de España Madrid
Fonte iluminada para o Natal

Museo Cerralbo

O museu está localizado a poucos metros da Plaza de España na Calle Ventura Rodriguez, 17.

Palácio-museu: o Museu Cerralbo fica em um lindo palácio do século XIX que pertencia ao Marquês de Cerralbo, tradicional político e arqueólogo espanhol que viveu até 1922.

Acervo particular: no museu encontra-se o vasto e incrível acervo particular do marquês composto por pinturas, artefatos arqueológicos, esculturas, cerâmicas, moedas, móveis, etc.

Mais informações sobre o Museo Cerralbo no artigo:

  • Palácios-Museus em Madrid (em breve)
Uma das lindas salas do Museo Cerralbo decoradas com o seu incrível acervo.

Parque del Oeste

Enorme: o Parque del Oeste, uma das principais áreas verdes da cidade, foi inaugurado em 1905 (e ampliado posteriormente) e atualmente conta com quase 100 hectares.

Atrações: dentro do parque você vai encontrar algumas das atrações desse roteiro como o Templo de Debod, a La Rosaleda e o Teleferico de Madrid, além de dezenas de esculturas e belas paisagens de Madrid.

Gratuito: o acesso ao Parque del Oeste é gratuito.

Parque del Oeste Madrid
Parque del Oeste: gostoso para caminhar
Parque del Oeste Madrid
Mirante no Parque del Oeste (ao lado do Templo de Debod) com vista para o Palácio Real e para a Catedral de Almudena

Templo de Debod

O Templo de Debod é um monumento egípcio que fica logo no início do Parque del Oeste (ainda próximo do Museo Cerralbo e da Plaza de España).

Ficava no Egito: o Templo de Debod ficava localizado às margens do Rio Nilo na região de Núbia (sul do Egito) distante 15 km da cidade de Assuã. A origem do templo, dedicado à divindade Amón de Debod, é do século II a.C.

Mudança para a Espanha: em 1961 o Templo de Debod foi desmontado por causa da construção da Represa de Assuã que iria inundar a região. Doado ao governo espanhol ele chegou na Espanha em 1970. Depois de um complexo trabalho de remontagem e restauração ele foi reinaugurado em 1972 em seu local atual com a mesma orientação geográfica que tinha no Egito.

Belo: o Templo de Debod e sua lâmina d’água combinam muito bem com a paisagem ao seu redor. É possível tirar belas fotos por lá (com destaque para o final da tarde). No entorno do templo há mirantes com belas vistas.

Visita: o acesso ao interior do templo é gratuito e liberado em pequenos grupos. As filas podem ser grandes, principalmente nos finais de semana e na alta temporada. O interior do templo é pequeno e a visita é relativamente rápida. Confirme as informações, horários e os dias em que o templo não abre: Templo de Debod.

Horários: sábados, domingos e feriados das 09:30 às 20:00. Terça a sábado das 10:00 às 14:00 (o ano todo) e das 18:00 às 20:00 (abril a setembro) ou 16:00 às 18:00 (outubro a março).

Templo de Debod Madrid
Templo de Debod e sua lamina d’água: linda paisagem
Parte externa do templo
Templo de Debod Madrid
Fachada do templo
Templo de Debod Madrid
Hieróglifos no interior do templo
Templo de Debod Madrid
Linda vista

La Rosaleda

Aprofundando-se no interior do Parque del Retiro você chegará na Rosaleda, localizada entre o Templo de Debod e o Teleférico (distante uns 600 metros do templo e ao lado do Teleférico).

Jardim de Rosas: a Rosaleda del Parque del Oeste é um dos dois principais jardins de rosas de Madrid (há outra rosaleda no Parque del Retiro).

Números: inaugurada em 1955 ela possui mais de 600 variedades de rosas, além de esculturas e fontes em uma área superior a 30.000 m². Durante alguns dias do mês de maio ocorre um festival internacional que premia as mais belas rosas.

Ambiente: é um ambiente bem gostoso para caminhar, curtir a natureza e lindo para tirar fotos.

Horários: a Rosaleda fica aberta diariamente das 10:00 às 21:00. O acesso é gratuito.

La Rosaleda Parque del Oeste Madrid
La Rosaleda del Parque del Oeste
La Rosaleda Parque del Oeste Madrid
Jardim de rosas no outono (na primavera é muito mais bonito)
La Rosaleda Parque del Oeste Madrid
Escultura

Teleferico de Madrid

Estações: o teleférico de Madrid possui duas estações. A estação base é chamada de Rosales e fica no Parque del Oeste (ao lado da Rosaleda) e a estação superior no Parque Casa de Campo.

Veja o mapa com a localização da estação base do teleférico (no Parque del Oeste) e da estação superior (no Parque Casa de Campo):

Números: inaugurado em 1969 o Teleferico de Madrid percorre em 11 minutos uma distância de 2,4 km entre as duas estações. Você pode ou não descer na Casa de Campo (estação superior).

Trajeto: o desnível entre as estações não é tão grande. Por isso não espere uma vista espetacular como estamos acostumados a ver em outros teleféricos pelo mundo (que sobem uma montanha bem alta). Não é um passeio imperdível, mas para quem (como eu) gosta de apreciar paisagens pode ser interessante. Durante o trajeto o teleférico passa por cima da Rosaleda, do Rio Manzanares e dá para ter uma boa vista da região central de Madrid (inclusive da Catedral de Almudena e do Palacio Real de Madrid), do Parque Casa de Campo e da Serra de Guadarrama (se o tempo estiver aberto).

Casa de Campo:  ele é o maior parque de Madrid e tem algumas atrações como o Parque de Atracciones de Madrid (parque de diversões; distante 1 km da estação superior do teleférico), o Zoo Aquarium de Madrid (zoológico e aquário; distante quase 2 km da estação superior do teleférico) e o Madrid Arena (local de shows e eventos). A maioria dos turistas que vão nessas atrações optam por ir até o parque de carro ou de Metrô (há estações de Metrô no parque e elas estão mais próximas das atrações).

Estação superior na Casa de Campo: caso você opte por descer na estação superior do teleférico lá você encontrará um restaurante-cafeteria. Ao redor da estação há mirantes e trilhas para caminhadas. O Parque Casa de Campo é uma área de lazer bastante frequentada pelos madrilenhos principalmente nos finais de semana, feriados e nos meses de verão (períodos em que a fila do teleférico fica bem grande).

Preços e horários do teleférico: o ticket ida e volta do teleférico custa 5,90 euros. O horário de funcionamento é variável durante o ano. Nos períodos de baixa temporada o teleférico geralmente só abre nos finais de semana. No link abaixo dá para visualizar os dias e horários de abertura.

Tickets antecipados para evitar filas: é possível comprar os tickets na hora, mas eu não recomendo. Nós fomos em um dia de semana da baixa temporada de inverno (meados de dezembro) e tinha uma boa fila (acredito que de quase 1 hora). Como tínhamos comprado o ticket antecipado não pegamos a fila. O ticket antecipado vale para o trajeto ida e volta e não há uma data específica (você pode utilizá-lo, apenas uma vez, no dia e horário que quiser). Confirme no link os dias e horários em que o teleférico estará aberto (note que em alguns períodos do ano ele abre apenas nos finais de semana). Ticket antecipado: Teleferico de Madrid.

Teleferico de Madrid
Gôndolas do teleférico de Madrid
Teleferico de Madrid
Vista do teleférico: Rio Manzanares com o Palacio Real e a Catedral de Almudena ao fundo
Teleferico de Madrid
Fila para o teleférico

Ermita de San Antonio la Florida

Fora do eixo: a Real Ermita de San Antonio la Florida é uma pequena e escondida preciosidade. Por ficar fora do eixo turístico ela não é tão procurada (e conhecida) pelos turistas. Ela é dedicada à San Antonio de Padua e fica às margens do Rio Manzanares.

Do Teleférico / Rosaleda até a Ermita: o trajeto a pé da área onde está o teleférico e a rosaleda até a ermita tem cerca de 600 metros. É preciso descer o Paseo del Rey e cruzar um pontilhão sobre trilhos de trem. É uma área um pouco degradada e pouco movimentada, mas não tivemos problemas.

Veja o mapa:

Da Estação Príncipe Pío até a Ermita: outra opção de se chegar é pela Estação Príncipe Pío do Metrô (linhas 6, 10 e R) distante uns 700 metros da ermita. Mas nesse caso não dá para combinar com o roteiro que estou propondo.

Veja o mapa:

Ermita de San Antonio la Florida: a ermita, do século XVIII, tem estilo neoclássico.

Francisco de Goya: a grande atração do pequeno templo são os afrescos que foram feitos por Goya no ano de 1798 e são considerados como uma das principais obras do pintor.

Panteão: desde 1919 a ermita também serve como o Panteão de Goya (nela está a cripta com os restos mortais do artista).

Ermita gêmea: um detalhe interessante é que em 1929 foi inaugurada uma ermita gêmea ao lado da original. O objetivo foi deixar a primeira ermita como museu/panteão e a segunda para os cultos religiosos.

Visitas: o acesso à ermita é gratuito. Não é permitido tirar fotos no interior do templo. Endereço: Glorieta de San Antonio, 5. Horários: terça a domingo das 09:30 às 14:00 e das 15:00 às 19:00. Confirme as informações, horários e os dias em que a ermita não abre: Ermita de San Antonio la Florida.

Rio Manzanares: a Ermita de San Antonio la Florida fica às margens do Rio Manzanares, principal rio de Madrid e que corta a cidade (mas não é emblemático como o Sena em Paris, o Tejo em Lisboa ou o Tâmisa em Londres).

Puente de la Reina Victoria: bem em frente à ermita fica essa ponte sobre o Rio Manzanares. É um local bonito, sem muitos turistas e da onde pode-se tirar boas fotos.

Madrid
Pontilhão no caminho entre o Parque del Oeste e a Ermita. No alto o teleférico
Madrid
O pontilhão cruza os trilhos de trens
Ermita de San Antonio la Florida Madrid
Fachada da Ermita de San Antonio la Florida (não é permitido tirar fotos dentro do templo)
Rio Manzanares Madrid
Rio Manzanares em frente à Ermita
Rio Manzanares Madrid (ao fundo o teleférico cruzando o rio)
No Rio Manzanares (ao fundo o teleférico cruzando o rio)

Faro de Moncloa

Farol: para terminar esse roteiro eu proponho o Faro de Moncloa, um farol da onde se tem belas vistas de Madrid. Apesar de ficar na mesma área das atrações acima ele está um pouco mais distante.

Da ermita até o farol: o trajeto a pé da Ermita de San Antonio la Florida até o Faro de Moncloa é de +- 2 km na subida (cruzando o Parque del Oeste). Do Teleferico de Madrid até o farol o trajeto é mais curto, +- 1,5 km. Táxi: nós fomos de táxi da ermita até o farol. A corrida custou 6 euros. Metrô: outra opção é chegar no farol pela Estação Moncloa de Metrô (linhas 3 e 6).

Veja o mapa com o trajeto a pé da Ermita de San Antonio la Florida até o Faro de Moncloa:

Faro de Moncloa: a torre de iluminação e de comunicação tem 110 metros de altura e foi inaugurada em 1992.

Mirante: o mirante, onde é possível ter belas vistas de Madrid e da Serra de Guadarrama, fica a 92 metros de altura com acesso por elevadores. O mirante é fechado por vidros e possui painéis informativos sobre os pontos de interesse.

Visita: o Faro de Moncloa está aberto de terça a domingo das 09:30 às 20:00 (último acesso 30 minutos antes). Preço: 3 euros. Endereço: Avenida Arco de la Victoria, 2. Mais informações e dias em que o farol não abre: Faro de Moncloa.

Arredores: ao lado do Faro de Moncloa ficam o Arco de la Victoria, em comemoração à uma vitória dos Nacionalistas em uma batalha da Guerra Civil Espanhola, e o interessante Museo de América (museu sobre a colonização espanhola das Américas).

Faro de Moncloa Madrid
Faro de Moncloa
Faro de Moncloa Madrid
Mirante com painéis informativos (92 metros de altura)
Faro de Moncloa Madrid
Vista do Faro de Moncloa
Museo de América Madrid
Museo de América (ao lado do Faro de Moncloa): o acervo é bastante interessante sobre a colonização espanhola das Américas
Arco de la Victoria Madrid
Arco de la Victoria com o Faro de Moncloa ao fundo

Dúvidas 

Se você tem alguma dúvida sobre as atrações ou sobre o roteiro deixe um comentário abaixo :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *