Pousada Guaripete (Los Roques – Venezuela): Avaliação de Hospedagem

Após muita pesquisa, a Pousada que escolhemos para ficar em Los Roques foi a Guaripete (Posada Guaripete). Ela é uma das pousadas mais frequentadas por brasileiros e possui uma excelente equipe de funcionários. Como Los Roques é um destino rústico, quem for para o arquipélago tem que ter consciência que não existe luxo por lá.

O grande diferencial da Pousada Guaripete, em relação às demais pousadas de Los Roques, é o capitão do barco da pousada, o Chichi. Ele foi nosso guia durante todos os passeios que fizemos pelo arquipélago. Ele é demais, nos deu um tratamento diferenciado, bem superior ao que os hóspedes das demais pousadas tinham.

Dica: Economize no seguro de viagem para a Venezuela, Caribe e América do Sul

O Chichi preparou para nós uma deliciosa lagosta a beira-mar em Crasquí, nos levou fazer o melhor snorkel de nossas vidas em Carenero, levou um pessoal fazer esqui aquático, pescou tubarão para a gente ver, enfim, ele deu um acompanhamento diferenciado ao grupo. Enquanto isso, nós víamos que os hóspedes das demais pousadas eram “largados” nas ilhas. Só pelo Chichi já vale a pena ficar na Guaripete.

Chichi
Chichi, o capitão do barco e guia dos passeios
Pousada Guaripete
Fachada da pousada

A alimentação na pousada funciona da seguinte maneira (nós escolhemos o sistema pensão completa):

Café da manhã: é servido na mesa, com queijo, presunto, pão caseiro, uma espécie de panqueca doce, manteiga, geleias, omelete ou ovos mexidos, suco, café, leite e chá. Não serviram frutas. O café é bom, dá para reforçar bastante.

Almoço: vai na cava (térmica) que a pousada prepara e leva durante os passeios. É um almoço frio, um tupperware com um arroz com ingredientes ou um sanduíche ou uma torta. É aqui que achamos que a Guaripete falha um pouco no quesito alimentação. O almoço não nos sustentava, por isso comprávamos uns petiscos no mercado para comer durante o dia. Também temos que considerar que somos um casal que come bem, acima da média.

Cava em Los Roques
Cava que a pousada preparava diariamente.

Chá da tarde: na volta dos passeios a pousada nos oferecia um chá gelado com alguma coisa para comer. Cada dia era uma coisa, pizza, pastel, focaccia, etc. Na verdade não era servido na hora em que chegávamos do passeio, mas de uma a uma hora e meia depois. O ideal é que fosse servido logo que chegássemos dos passeios, pois chegávamos com fome. Além disso, eles serviam já próximo do jantar.

Pizza em Los Roques
Pizza depois dos passeios

Jantar: preparado pelo chef Ciro, muito bom. Tinha entrada, primeiro prato, prato principal e sobremesa. Os pratos eram refinados, preparados por um chef mesmo.

Chef Ciro Pousada Guaripete
Chef Ciro preparando a entrada
Jantar Pousada Guaripete
Estava uma delícia
Jantar Pousada Guaripete
Prato principal

A avaliação que fizéssemos da alimentação na Guaripete é muito boa. Só não demos um excelente por conta do almoço que não matava a nossa fome que é monstruosa. Mas acredito que para a maioria das pessoas dê tranquilamente. Refrigerantes e água já estão inclusos no pacote da pousada. Cerveja e vinho são cobrados. A cerveja venezuelana que eu mais gostei foi a Solera Verde, é muito boa, com 6% de álcool. Solera Verde, não a Light.

Durante os passeios, o Chichi e seu ajudante preparava tudo para a gente nas ilhas: o guarda-sol, as cadeiras e nossa cava. A cava era preparada e levada até o barco pelo pessoal da pousada. Não precisávamos nos preocupar com a cava e com os acessórios de praia.

Cavas - Los Roques
Cavas

Quanto à estrutura, a pousada é simples: uma espécie de lounge no segundo piso com rede, cadeiras e sofás, 8 quartos e a “área de convivência” onde fica a recepção, a cozinha e o lugar em que fazíamos as refeições. É um esquema bem de grupo mesmo, todo mundo come junto, passeia junto, fizemos muitas amizades.

Pousada Guaripete - Los Roques
Espaço para relaxar
Pousada Guaripete
Área de convivência da pousada

O quarto não era grande, mas cabe um casal tranquilamente. O banheiro também era pequeno. Como o vilarejo possui ruas de areia e nós voltávamos impregnados de areia dos passeios, era de se esperar que o quarto não fosse dos mais limpos. Não era extremamente limpo, mas também não era sujo, dá pra ficar tranquilamente.

Pousada Guaripete
Quarto

Uma coisa que nos incomodou um pouco foi o cheiro de fossa que vinha do vaso sanitário. Não sei se é comum esse cheiro, se foi só nessa época que estávamos lá. Mas em se tratando de Los Roques temos que relevar e considerar que é uma coisa normal. Do chuveiro sai apenas um filete de água e não é quente. À tarde o banho é tranquilo, já que a água é naturalmente quente. De manhã é um pouco mais complicado, mas deu para encarar. Mas isso faz parte de Los Roques.

Pousada Guaripete
Banheiro

A Pousada Guaripete tem um gerador que entra em funcionamento quando a energia cai. Mas o gerador não sustenta o ar condicionado. É uma coisa relativamente comum ficar sem ar durante alguns momentos ou horas.

A única reclamação severa que temos para fazer da pousada é em relação ao ar condicionado do nosso quarto. Desde os primeiros dias o controle do nosso ar estava com problemas, era difícil de regular a temperatura, mas depois de uma briga com o controle conseguíamos. Mas também pudera, dá uma olhada no estado dele:

Controle do Ar
Controle remendado

Nos últimos dois dias o controle parou de funcionar, quebrou. Como estávamos numa ilha perdida no meio do Caribe e sem estrutura, era de se esperar que a pousada não conseguisse providenciar outro rapidamente. Mas foi uma falha do pessoal da pousada deixar o controle chegar nesse ponto de deterioração. Já era para eles terem trocado o controle há muito tempo.

Sem controle, a pousada tinha que chamar um técnico para ligar manualmente nosso ar condicionado. Até aí tudo bem, se não fosse o fato de que quando a energia elétrica caía, o ar condicionado desligava. Só que a energia elétrica caía toda hora e a maioria das vezes não era possível chamar o técnico para religar o ar, já que isso ocorria durante a madrugada. A última noite passamos sem ar, foi um calor infernal. Para piorar nosso quarto dava para rua e pegava todo o sol da tarde. Ele era muito mais quente que os demais quartos da pousada, isso eu conferi pessoalmente entrando em outros quartos. Claro que podemos considerar esse problema como um acidente, mas também foi um desleixo da pousada deixar o controle do ar chegar naquele ponto.

No fim das contas consideramos a Pousada Guaripete excelente para o nível de Los Roques. Problemas acontecem por lá, tudo é muito rústico. Ficamos sabendo por uma amiga que foi para Los Roques na semana seguinte que a nossa, que a Pousada Sol y Luna, onde muitos brasileiros ficam, teve um sério problema. O gerador da pousada quebrou e a maioria dos hóspedes pediu o dinheiro de volta e foi procurar outras pousadas. Quem for para Los Roques tem que ter consciência que o lugar é bem rústico e com estrutura simples e as únicas coisas perfeitas por lá são as praias e as ilhas.

A reserva da Pousada Guaripete fizemos através da Agência Roquemar, que é parceira ou pertence à Pousada Guaripete. Todo o contato foi com o Sr. Andrea da Roquemar. Se você enviar um email para a Guaripete, provavelmente é ele quem vai responder.

Nosso pacote com a Guaripete já incluía toda a assistência em Caracas, incluindo pernoite, transfer e as passagens Caracas-Los Roques e Los Roques-Caracas. Achamos muito prático fechar tudo com a Pousada Guaripete, facilitou muito a nossa vida e acho que se tentássemos fechar por conta, o que economizaríamos não valeria o trabalho que daria.

Preços e itens que incluía o pacote:

Transfer Aeroporto Caracas – Hotel Miramar (pernoite em Caracas): 20 dólares o casal
Hotel Miramar Suites (pernoite): 80 dólares o casal
Transfer Hotel Miramar – Aeroporto Caracas: 20 dólares o casal
Voo Caracas-Los Roques ida e volta: 540 dólares o casal
4 diárias na Guaripete com pensão completa e incluso passeios nas ilhas próximas: 960 dólares o casal.

O interessante é que com 4 diárias aproveitamos 5 dias. Chegamos por volta das 10:30 da manhã em Los Roques e a pousada nos disponibilizou um quarto para que pudéssemos nos aprontar. Assim já fizemos um passeio no primeiro dia. No último dia o nosso voo foi as 17:00, e pudemos sair da pousada nesse horário, então também pudemos fazer um passeio. Nesses dias é recomendável conhecer as ilhas próximas, já que o tempo disponível para o passeio é menor.

Nós pagamos a pousada através do paypal. Pagamos 50% na reserva, uns 4 meses antes e os 50% restantes poderiam ser pagos em dinheiro na pousada ou pelo paypal também. Como eu tinha saldo disponível, paguei pelo paypal. A Guaripete cobra 4% de taxa para o pagamento via paypal.

Site da Pousada Guaripete: posadaguaripete.com

Fabiola - Pousada Guaripete
Fabiola, funcionária da pousada. Muito atenciosa.

Veja o vídeo que fizemos da Pousada Guaripete:

12 Comentários


    1. Oi Luciana, dá sim. Você pode falar em português que eles entendem praticamente tudo. Para ouvir o que eles dizem é na base do portunhol.

      Responder

  1. Olá Fred!
    Estou muito interessada em fazer uma viagem para Los Roques em novembro. Entrei em contato para realizar orçamento com as agências Roquemar e Venebrasil. Não sei se é procedimento padrão, mas me pediram nomes completos, identidades, número de passaporte, achei isso muito estranho e de certa forma perigoso… Pediram isso a vocês??? Será neura minha???
    Quanto aos passeios, está incluso no valor o deslocamento com o barco e os alimentos das cavas, para fazer snorkel, mergulho, ou outras atividades são a parte??
    Outra coisa que gostaria de perguntar é sobre a alimentação. É muito diferente do Brasil? É mais sopas ou ensopados ou tem para todos os gostos???
    Obrigada!

    Responder

    1. Olá Kelly, nós também fomos em novembro para Los Roques, foi muito bom.
      A negociação da nossa viagem foi feita com a Roquemar. Eu não lembro se pediram todos esses dados para o orçamento, eu acho que não. Tanto a Roquemar quanto a Venebrasil são 2 das mais tradicionais agências que fazem pacotes para LR, muitas pessoas já viajaram com elas sem problemas, mas eu não posso garantir nada :)

      Quando eu fui estava incluso o deslocamento apenas para Francisqui e Madrisqui, as demais tinha um custo, mas não muito caro. Os alimentos da cava estavam inclusos, menos as bebidas alcoólicas. Mas isso você deve consultar com as agências, as coisas podem ter mudado.

      Sobre a alimentação, não comemos muita sopa não, talvez 1 dia teve um caldo de entrada no jantar. Durante o dia a comida que vai na cava era fria, tipo um sanduíche ou macarrão. O jantar é muito bom, entrada, primeiro prato, prato principal e sobremesa. Cozinha internacional. Comemos carne, massa, peixes, etc. Isso foi na Pousada Guaripete, onde ficamos, as demais pousadas não posso opinar porque não experimentei.

      Qualquer dúvida estamos aí!!!

      Responder

  2. Olá Fred…. estou passando apenas para te parabenizar pelo site!! Eu voltei das Ilhas ABC semana passada onde fiquei 18 dias e peguei bastante dicas suas. E agora estou planejando Los roques com San Andrés (Colombia).

    Valeu pelas dicas…… Se eu bater o martelo que vai ser Los Roques em 2015 volto a te incomodar.

    Responder

    1. Olá Dhian, obrigado, a intenção do blog é essa mesmo, compartilhar experiências. Gostou das ilhas ABC? Esse ano eu fui para Aruba, preciso colocar as dicas aqui no blog, gostei muito da ilha. Apareça sempre. Abraços.

      Responder

  3. Bom dia, adorei as dicas do site. Gostaria de saber se é possível viajar a Los Roques com um bebê de 1 ano e 8 meses. O que você acha sobre isso?

    Responder

    1. Olá Jeimes, obrigado. Eu acho que Los roques não é um destino para se viajar com bebês. O local é bem rústico, as ruas são de areia, os passeios são de barco, o sol é muito forte, a alimentação durante os passeios é complicada. E na vila principal, onde se fica hospedado, não tem nada para se fazer durante o dia, ou seja, cada dia é pegar um barco e ir para uma ilha diferente. Não acho uma boa ir com bebê. Eu fui para Aruba há uns 2 meses, acredito que seja muito mais apropriado. Abraços.

      Responder

  4. Olá boa tarde! Estou planejando de ir para Los Roques no ano novo.
    7 dias é muito ou é de bom tamanho? Compensa pensão completa ou meia pensão (café da manhã e jantar)? Você conhece a Pousada Piano y Papaya? Você recomenda a Guaripete? Ficaria novamente? 500 dólares o casal ou por pessoa é o gasto médio de passeios? Muito Obrigada!

    Responder

  5. Olá adorei suas dicas , estou com algumas duvidas de quanto custa um jantar la los Roques , e onde compra??

    Responder

    1. Oi Geisiane. Não sei se entendi muito bem a sua pergunta.

      Muitas pousadas oferecem o sistema pensão completa, já incluindo todas as refeições. Foi o nosso caso, portanto “não pagávamos” pelo jantar. Caso você não pegue uma pousada com pensão completa, você pode jantar nas pousadas. Fora as pousadas, são bem poucas as opções restantes para se fazer as refeições, embora existam. Mas eu não sei o preço.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *