Cenotes Cancún, Playa del Carmen, Tulum, Riviera Maya (México)

Grand Cenote Tulum
Grand Cenote Tulum

Uma das coisas mais espetaculares que você pode visitar na sua viagem para Cancún e Riviera Maya são os cenotes. São mais de 10 mil espalhados por toda a Península de Yucatán e centenas deles são explorados turisticamente.

Eu fui em mais de 10 cenotes no México e posso afirmar que é uma das experiências mais fantásticas que se pode ter.

Este artigo é um relato dos cenotes que conheci e para ajudar no seu roteiro vou colocar os preços, mapa de localização, fotos, dicas, como chegar e quais são os melhores cenotes que visitei.

Importante: os preços indicados neste relato são de Abril de 2016. Eu indico os sites dos cenotes (os que possuem site) para que você possa consultar os preços atualizados, horários de funcionamento e informações extras. A maioria dos cenotes abrem todos os dias das 09:00 até às 16:30 ou 17:00. Nos cenotes onde há tours com guia eu recomendo que você chegue antes das 15:00 e, se possível, entre em contato com o cenote para confirmar os horários e disponibilidade dos tours.

Imperdível: não deixe de assistir o incrível vídeo que eu fiz dos cenotes. Está no final do artigo.

Guia Completo de Cancún

Dicas essenciais de uma das viagens mais incríveis que eu fiz:
Cancún, Playa del Carmen, Tulum, Cozumel e região.
Receba o guia 100% gratuito e completo no seu email>

O que são cenotes

Cenote Pet Cemetary México
Cenote Pet Cemetery (no Sac Actun)

Utilizando uma linguagem popular podemos dizer que cenotes são buracos ou poços com água. Há cenotes abertos, semi-fechados, fechados e os que reúnem os três aspectos no mesmo cenote. E ainda há os cenotes com cavernas.

Todos possuem a sua beleza, mas os que mais me marcaram foram os que possuem cavernas. Alguns cenotes possuem muitos quilômetros de cavidades embaixo da terra e estão interligados entre si.

Locais sagrados: profundamente conectados com a cultura maia os cenotes eram fontes de água doce e local para a prática de rituais religiosos, incluindo sacrifícios.

Visitando um cenote:

Cenote Azul
Cenote Azul

O cenotes possuem formas e tamanhos variados. Mesmo após visitar mais de 10 cenotes eu continuava me surpreendendo, porque um é diferente do outro.

De uma maneira geral podemos dizer que:

  • A água é fria (bem mais que a do mar). Em dias de calor intenso pode até ser refrescante.
  • Alguns cenotes são muito profundos (há pontos com dezenas de metros de profundidade). Os cenotes disponibilizam coletes salva-vidas e snorkel para alugar. Como o meu roteiro incluía muitos cenotes e praias eu levei o meu snorkel aqui do Brasil, mas também dá para comprar em grandes supermercados lá no México.
  • Os cenotes abertos são os mais fáceis de visitar. É só chegar e cair na água.
  • Os cenotes com cavernas oferecem tours subterrâneos feitos com a companhia de um guia. Eu fiz 2 tours em cavernas (com snorkel) que foram inesquecíveis. Nesse tipo de tour eu recomendo o uso de roupas de neoprene (a água é fria) e colete salva-vidas (não só por segurança, mas também para não cansar muito e aproveitar melhor o tour). Esses acessórios estão incluídos ou disponíveis para alugar nos cenotes. Se você quiser levar a câmera fotográfica no tour tem que ser a prova d’água.
  • Por causa da preservação em muitos cenotes é necessário tomar uma ducha (fria) antes de entrar para retirar do corpo protetores solares e repelentes de insetos.

As agências em Cancún e na Riviera Maya oferecem passeios pelos cenotes. É cômodo, mas você acabará pagando mais caro. A Viator oferece alguns passeios em cenotes. Outra opção é ir de táxi e combinar com o taxista dele ficar esperando ou retornar para te buscar. Em alguns cenotes também é possível ir com as vans de transporte público.

Tour de luxo para quem não quer perrengue: o grupo Xcaret (dos parques Xcaret, Xel-Há e Xplor) oferece o Tour Xenotes Oasis Maya que passa por 4 cenotes exclusivos desse tour. É uma empresa renomada e o tour e os cenotes possuem uma estrutura e conforto superior a maioria das demais agências. Inclui o transporte desde o resort em Cancún (ou na Riviera Maya), guia, picnic e atividades como tirolesa, caiaque e snorkel (inclui os equipamentos e toalhas). Comprando o ticket online antecipado você pode ganhar até 15% de desconto. Mais informações e tickets: Tour Xenotes Oasis Maya.

Se puder alugue um carro: como eu estava com carro alugado acabei indo aos cenotes por conta própria. Achei que valeu a pena pela liberdade, praticidade e para fugir dos preços das agências e dos taxistas. E ainda deu para organizar roteiros diários intercalando cenotes, praias e ruínas. A maioria dos cenotes que visitei fica ao longo da rodovia que liga Cancún com Tulum passando por Playa del Carmen. É uma rodovia duplicada, segura e bem sinalizada. Muito fácil de dirigir. Veja Dicas Para Alugar Carro em Cancún e Região.

Recomendo: eu recomendo que, ao alugar um carro, você siga o passo a passo para visualizar as informações mais importantes, encontrar os melhores preços e contratar os seguros essenciais. Confira:

Snorkel em Cenotes

Cenotes Chikin Ha México
Cenote Chikin Ha

A maioria dos cenotes são excepcionais para snorkel (ou mergulho com cilindro). Ao colocar a cabeça embaixo da água a visão é tão magnífica que você até esquece da água fria.

Uma comparação que dá para fazer é a seguinte: com a cabeça fora da água parece que você está assistindo uma TV de tubo das antigas. Ao colocar a cabeça embaixo da água parece que você está assistindo uma TV de alta definição.

Os cenotes abertos possuem uma grande incidência de luz e uma vida subaquática mais abundante e colorida. Nos cenotes fechados o que mais impressiona são as estalactites, estalagmites e colunas que se formam, tanto acima quanto embaixo da água.

Mergulho com cilindro: muitos cenotes e agências possuem estrutura para mergulho, mas eu fiquei apenas no snorkel.

Cidades-base para conhecer os cenotes

Cenote Ik Kil México
Cenote Ik Kil

Eu não explorei cenotes por toda a Península de Yucatán até porque é uma área muito ampla. Eu me concentrei nos cenotes da Riviera Maya (onde estão Playa del Carmen e Tulum) e nas proximidades de Valladolid (cidade próxima de Chichén Itzá).

Cenotes em Cancún: a má notícia é que os cenotes estão um pouco afastados de Cancún. Os mais próximos estão distantes cerca de 60 ou 70 km. Os cenotes que eu relato abaixo estão distantes entre 1 a 3 horas de carro de Cancún.

As cidades que eu me hospedei para visitar os cenotes foram Playa del Carmen, Tulum e Valladolid, mas como disse acima, sempre intercalando no mesmo dia cenotes com praias, parques ou ruínas.

Onde ficar: nos artigos onde ficar em Playa del Carmen, onde ficar em Tulum e onde ficar em Valladolid você encontra muitas dicas sobre essas cidades e de hotéis e pousadas.

Roteiro: leia o artigo com dicas para montar o roteiro em Cancún e região.

Veja o mapa de localização das cidades que eu me hospedei:

Observação: eu sou um fotógrafo amador e utilizo uma câmera comum. Não é fácil tirar boas fotos nos cenotes fechados pela falta de luz.

Melhor horário para visitar os cenotes:

No caso dos cenotes abertos ou semi-abertos eles ficam mais bonitos com a luz solar batendo diretamente na água.

Nos cenotes abertos o melhor horário é no início da tarde, com o sol a pino iluminando verticalmente.

Nos cenotes semi-abertos o melhor horário varia de cenote para cenote, porque as aberturas geralmente são laterais. E ainda há os cenotes com várias aberturas e em cada uma a luz solar incide em um horário.

Nos cenotes fechados a incidência do sol não vai importar.

A minha dica é não ficar muito preso em relação ao horário. No meu roteiro havia muitas atrações e por isso era complicado ir num cenote em um horário específico. Não me preocupei muito com isso, já que em qualquer horário os cenotes são lindos.

Cenotes em Playa del Carmen:

Playa del Carmen fica uns 70 km ao sul da Zona Hoteleira de Cancún e pode ser usada como base para explorar muitos cenotes.

Cenotes Chaak Tun Natural Park (Playa del Carmen):

Cenote Chaak Tun
Foto: divulgação

O primeiro cenote que eu vou relatar é o Chaak Tun que possui um tour em cavernas.

Se você achar o relato pesado demais não desanime, logo depois eu relato cenotes sem cavernas bem fáceis de chegar, conhecer e nadar 🙂

O Chaak Tun é um dos cenotes mais próximos de Playa del Carmen (cerca de 6 km da Quinta Avenida). O local tem 2 cenotes fechados com cavernas e o tour é feito com um guia.

Nele tivemos a melhor explicação sobre a formação dos cenotes (segundo o guia muitos foram formados com a queda do meteoro que exterminou os dinossauros), a espiritualidade e a cultura maia. Nosso guia foi excepcional.

Cenote Chaak Tun

Após as explicações e instruções colocamos os equipamentos (roupas e sapatilhas de neoprene, colete salva-vidas, lanterna e snorkel) e o nosso grupo entrou no cenote principal onde demos de cara com uma incrível abertura superior:

Cenote Chaak Tun

Nesse local entramos na água para começar o tour pelas cavernas, mas antes teve uma pausa para uma sessão de fotos:

Cenote Chaak Tun

Na água fomos andando e nadando (onde não dava pé) por um túnel pelo interior da caverna utilizando a iluminação das lanternas. É uma experiência surreal, um local ermo, escuro, com muitas estalactites, locais estreitos e quase sem vida (apenas morcegos e minúsculos peixes-gato vivem nesse ambiente).

Antes da viagem eu estava com receio desses tours subterrâneos, de ter claustrofobia, mas foi bem tranquilo. Vimos crianças, idosos e pessoas que não sabem nadar fazendo o tour (com coletes salva-vidas, essencial pela segurança e para aproveitar melhor o passeio).

Recomendo muito, embora não seja próprio para pessoas com mobilidade reduzida e nem para quem tem pânico de lugares escuros, fechados e com morcegos.

Cenote Chaak Tun

Cenote Chaak Tun

Após um tempo percorrendo o túnel chegamos em uma espécie de salão repleto de estalactites e com a água na altura dos joelhos. Ali sentamos um pouco e o guia explicou que a água dos cenotes contém bicarbonato de cálcio que forma uma areia áspera no fundo. Pegamos um pouco dessa areia para esfoliar os braços.

Cenote Chaak Tun
Teto do salão repleto de estalactites

Depois veio a parte de maior suspense. O guia pediu para todos desligarem as lanternas e ficamos num breu total. Também ficamos quietos e o único ruído era da água pingando das estalactites. O guia falou para colocarmos nossas mãos em frente ao rosto. Não conseguíamos ver as mãos, nem vultos, nada, 100% escuro. Uma experiência indescritível.

Saímos do cenote principal e fomos caminhando uns 300 metros até outro cenote. Na entrada desse segundo cenote havia um Temazcal que é uma espécie de sauna que os maias usavam para purificação espiritual.

Depois seguimos para a parte fechada do cenote, com um amplo salão com muitas estalactites, estalagmites e colunas onde ficamos nadando por um tempo. Ambiente muito lindo, mas infelizmente as fotos não ficaram boas.

Recomendo muito o tour no Chaak Tun, foi um dos cenotes que mais gostamos e disparado foi o melhor guia que tivemos, tanto no quesito explicação como em simpatia. É um cenote bem rústico e natural, quase sem iluminação artificial.

Foi o único cenote que tivemos a presença de uma fotógrafa durante o tour. No final compramos todas as fotos por 30 dólares o que eu acho que valeu muito a pena, porque é muito difícil conseguir tirar boas fotos na escuridão dos cenotes.

Cenote Chaak Tun

Cenote Chaak Tun

Informações Chaak Tun:

  • Preço do tour: 450 pesos por pessoa (inclui todos os equipamentos: colete, snorkel, roupa, sapatilhas, lanterna e locker). Foi o único cenote que já incluía a roupa de neoprene no valor do ingresso e por isso foi o único em que usamos.
  • Duração do tour: 2 horas.
  • Não há estrutura para a venda de alimentos e bebidas. Leve uma garrafinha de água para você beber antes e depois do tour.
  • Como chegar: bem perto de Playa del Carmen, dá para ir de táxi ou carro alugado. Transporte público eu acho que não dá, porque o Chaak Tun fica em uma estrada secundária.
  • Os tours não saem a todo momento e se você for por conta procure chegar antes das 15:00 e também reserve um tempo para eventualmente ter que esperar um pouco para o próximo tour. O Chaak Tun não possui site oficial. A maioria das informações do cenote na internet e mesmo a Fan Page no Facebook são vinculadas à agência Explora-Tours que oferece tours com preços mais caros dos que os 450 pesos que pagamos indo por conta.

Localização do Chaak Tun Natural Park: fica a 6 km de Playa del Carmen.

Cenotes entre Playa del Carmen e Tulum:

Essa é a área central da Riviera Maya e possui uma grande quantidade de cenotes. Pela localização esses cenotes são bons para combinar no mesmo dia com alguma praia (como Akumal ou Xpu-Ha), com as Ruínas de Tulum ou com um passeio por Playa del Carmen.

Muitas agências oferecem, mas eu não recomendo, passeios que conciliam cenotes com algum parque, principalmente o Xel-Há. Os parques (Xcaret, Xel-Há e Xplor) são passeios para o dia todo. A não ser que seja o Xplor Fuego que é o acesso noturno ao parque.

Cenote Azul (entre Playa del Carmen e Tulum):

Cenote Azul

O Cenote Azul é um dos mais fáceis e baratos de se conhecer. Ele é aberto e a água tem ampla incidência de raios solares o que a deixa com um lindo tom de azul. Nós fomos logo pela manhã e como o sol não estava a pino o tom da água estava meio esverdeado. Como chegamos bem cedo ele estava vazio.

Não há tour, nem guia. É só chegar e entrar na água. Muito bonito.

Cenote Azul

O snorkel no Cenote Azul é excelente, de todos os que fomos é o que tinha a maior quantidade de peixes.

Cenote Azul

Informações Cenote Azul:

  • Preço: 80 pesos por pessoa. Aluguel de colete salva-vidas por 40 pesos e snorkel por 40 pesos. Não achei necessário alugar o colete e nem usar roupas de neoprene.
  • Há uma pequena mercearia que vende bebidas e salgadinhos.
  • Como chegar: a portaria do cenote está localizada na beira da Rodovia Cancún-Tulum, o que facilita para quem for com as vans de transporte público (é só pedir para a van parar na frente). Da portaria até o cenote há uma estradinha de uns 100 a 200 metros que você pode ir com o seu carro alugado ou táxi. Se você for de transporte público terá caminhar esse pequeno trecho.

Localização Cenote Azul: fica a 25 km de Playa del Carmen.

Cenotes Chikin Ha (entre Playa del Carmen e Tulum):

É um pequeno e simples parque com 3 cenotes, tirolesa, cerimonial maia e aluguel de bicicletas. Há diferentes tipos de ingresso dependendo das atividades que você desejar. O que eu recomendo é o ingresso básico que inclui apenas os 3 cenotes e o colete salva-vidas. Alugar bicicleta não é necessário, os cenotes ficam bem próximos um do outro. Não há guia, nem tour.

Os 3 cenotes no Chikin Ha são: Cenote X’tabay, Cenote Chikin Ha e Cenote Ta’ak Bil-Ha.

Cenote X’tabay: é o primeiro do complexo. Ele é aberto e ideal para snorkel, muito mais lindo embaixo do que por cima da água.

Cenote X'tabay

Cenote X'tabay

Cenote Chikin Ha: segundo cenote, ele é semi-fechado, tem 2 aberturas laterais e uma pequena ligação interna entre as duas aberturas que pode ser percorrida nadando (trajeto bem curto e fácil, apesar de não dar pé). Os raios solares entram pelas duas aberturas e deixam a água com um incrível tom de azul, principalmente quando você olha por baixo da água.

Cenote Chikin Ha

Cenote Chikin Ha

Cenote Ta’ak Bil-Ha: é um cenote fechado com uma abertura no teto. Não é permitido entrar na água nesse cenote. Lá dentro tem um cerimonial maia. Quando fomos tinha velas, incenso e uma pessoa fazendo o cerimonial.

Cenote Ta'ak Bil-Ha

Cenote Ta'ak Bil-Ha

Levamos cerca de 2 horas para percorrer os 3 cenotes do Chikin Ha. Eles foram os primeiros que visitamos e acho que caiu na medida para a nossa iniciação do mundo dos cenotes, já que são cenotes fáceis de visitar e com características diferentes entre si.

Informações Cenotes Chikin Ha:

  • Preço: o ingresso básico que inclui apenas os 3 cenotes custou 350 pesos por pessoa, incluindo o colete salva-vidas. Há lockers e snorkel para alugar.
  • Havia algumas mulheres vendendo empanadas e bebidas dentro do parque.
  • Como chegar: acesso por uma estrada de terra. Distante 1,5 km da Rodovia Cancún-Tulum. Dá para ir de táxi e carro alugado. Se você for com as vans terá que caminhar esses 1,5 km. Ele fica bem próximo do Cenote Azul.
  • Site: Cenotes Chikin Ha

Localização Cenotes Chikin Ha: fica a 26 km de Playa del Carmen.

Cenote Xcacelito (entre Playa del Carmen e Tulum):

É um pequeno cenote localizado bem próximo ao mar, na Praia de Xcacel. Ela é uma praia deserta, uma reserva ambiental e sem estrutura (caso queira curtir o dia na praia você terá levar alimentos e bebidas).

Praia Xcacel

O caminho que leva ao cenote começa uns 300 metros à direita do estacionamento (dá para ir tanto pelo estacionamento quanto pela areia da praia). O caminho para o cenote tem mais uns 200 metros e passa por uma passarela por cima de um manguezal, totalizando uns 500 metros de caminhada desde o estacionamento.

Cenote Xcacelito

O Cenote Xcacelito é aberto, pequeno e rodeado pela vegetação. Não entrei na água, mas deu para ver que ela era bem transparente, com muitos peixes e trechos bem profundos.

Cenote Xcacelito

Creio que não vale a pena ir até lá só pelo cenote, mas sim pela praia + cenote. Recomendo Xcacel e Xcacelito se você for um amante de praias desertas ou uma pessoa que, assim como eu, goste de conhecer e explorar praias, mesmo que seja só para dar uma olhada e tirar umas fotos.

Informações Cenote Xcacelito:

  • Preço: 20 pesos por pessoa (inclui a praia e o cenote).
  • Sem estrutura de alimentos e bebidas.
  • Como chegar: a Praia Xcacel fica a 500 metros da Rodovia Cancún-Tulum e tem estacionamento para carros. Se você for de van terá que caminhar esses 500 metros da rodovia até a praia. Do ponto que se chega na praia até o cenote são mais uns 500 metros de caminhada.

Localização Cenote Xcacelito: fica a 20 km de Tulum.

Cenotes em Tulum:

Tulum está distante cerca de 130 km da Zona Hotelera de Cancún e é famosa pelas ruínas maias, praias, pelo parque Xel-Há e pelos cenotes.

Cenotes Sac Actun (Tulum):

Cenote Pet Cemetery

Já vou adiantando que esse foi o cenote mais espetacular que visitamos 🙂

Mas antes vou comentar como decidimos ir nele.

Durante as minhas pesquisas sobre os cenotes me deparei com o Cenote Dos Ojos que é um dos mais famosos para tours em cavernas. Na internet encontramos inúmeros relatos do tour no Dos Ojos, muitos em português.

O Cenote Dos Ojos já estava em meu roteiro quando descobri o Sac Actun, que embora esteja localizado bem próximo do Dos Ojos, é menos conhecido, foi descoberto poucos anos atrás e possui menos relatos de viajantes (raros em português).

O que eu lia sobre o Sac Actun era tão impressionante que me despertou a possibilidade dele ser mais interessante que o Dos Ojos. Assim eu cambiei o roteiro e fui no Sac Actun no lugar do Dos Ojos.

Ambos os cenotes possuem tour parecidos, com acompanhamento de um guia e trajetos por túneis subterrâneos que conectam 2 cenotes (esse túnel no Dos Ojos é chamado de Bat Cave). Até o preço do tour nos 2 cenotes é o mesmo: 450 pesos por pessoa.

O tour no Sac Actun:

Chegamos no Sac Actun e já fomos encaixados no próximo tour que começaria em 10 minutos. O tour durou um pouco mais de 1 hora (no Dos Ojos dura 2 horas) e o preço já inclui snorkel e colete salva-vidas. Nesse tour fomos sem roupas de neoprene. A água estava bem geladinha, eu não senti tanto, mas a Renata passou um friozinho. Sapatilhas de neoprene não são essenciais, mas como levamos a nossa do Brasil fomos com elas. Só o guia foi com lanterna.

O tour no Sac Actun é feito em 2 cenotes que estão interligados: Cenote Pet Cemetery e Cenote Sac Actun

Cenote Pet Cemetery: o  cenote tem esse nome porque nele foram encontrados fósseis de animais. O Pet Cemetery é um cenote com partes semi-fechadas e outras fechadas. Entramos pela parte semi-fechada e o visual ali já foi muito impactante: água transparente, com a luz do sol deixando ela num lindo tom de azul e muitas estalactites para completar o cenário.

Cenote Pet Cemetery

Cenote Pet Cemetery

Depois percorremos um túnel subterrâneo que nos levou a outro ponto do Pet Cemetery onde tinha uma abertura no teto. O túnel tinha muitas estalactites e a água dava pé.

Cenote Pet Cemetery

Cenote Pet Cemetery

Na sequência percorremos outro túnel que conecta o Cenote Pet Cemetery com o Cenote Sac Actun. Em muitos pontos desse túnel a água não dava pé.

Cenote Sac Actun

Cenote Sac Actun: chegamos no Sac Actun e ficamos extasiados com tamanha beleza. Um amplo salão com muitas estalactites. Algumas luzes artificias deixam o visual ainda mais bonito.

Cenote Sac Actun

O guia nos explicou que o Sac Actun faz parte de um gigantesco sistema subterrâneo de cavernas que conecta vários cenotes, inclusive o Dos Ojos. Ele disse que um grupo de mergulhadores exploradores entrou em cavernas submersas ali no Sac Actun e depois de 8 horas saiu lá no Grand Cenote em Tulum, distante vários quilômetros. Esse sistema subterrâneo de cavernas possui centenas de quilômetros e ainda está sendo mapeado.

Ali no amplo salão do Sac Actun o guia dividiu o nosso grupo: os mais aventureiros seguiram o guia para o momento de maior adrenalina do tour, enquanto os mais recatados ficaram esperando ali no salão. É claro que escolhemos a adrenalina 🙂

Seguimos o guia por um trajeto de uns 15 a 20 minutos por um túnel que começa em um ponto do salão do Sac Actun e termina em outro ponto do mesmo salão. Na maior parte do trajeto a água não dá pé. O túnel tem muitas estalactites, é bem escuro, tem trechos estreitos e com o teto baixo. No meio do trajeto o guia apagou a lanterna e ficamos na escuridão plena.

Cenote Sac Actun

Posso dizer que esse túnel não só foi o ápice de todos os cenotes que visitamos no México como também foi uma das maiores experiências da minha vida.

Saímos do Cenote Sac Actun por uma escada de madeira quase vertical.

Cenote Sac Actun

Eu já disse lá em cima, mas vou repetir: antes da viagem eu estava com receio desses tours subterrâneos. Mas eles foram bem mais tranquilos do que eu imaginava. Havia gente de todas as idades fazendo os tours, mesmo pessoas que não sabiam nadar. Colete salva-vidas é essencial para a segurança, para não cansar e aproveitar melhor o tour. Uma roupa de neoprene cai muito bem.

É claro que não é um passeio light, já que são locais escuros, estreitos, com morcegos e em muitos pontos a água não dá pé. Vai de cada um testar os seus limites. Só não recomendo para pessoas com mobilidade reduzida.

No final do tour perguntei ao guia qual cenote era melhor, o Sac Actun ou o Dos Ojos. Ele disse que os dois são parecidos, mas que o Sac Actun é melhor. É claro que temos que levar em consideração que ele é funcionário do Sac Actun.

Informações Cenotes Sac Actun:

  • Preço: 450 pesos por pessoa, inclui snorkel e colete salva-vidas. Não há lockers, deixamos as coisas no carro.
  • Duração do tour: 1 hora (durou um pouco mais).
  • Não há venda de bebidas e alimentos, leve uma garrafinha de água para beber antes e depois do tour.
  • Como chegar: o acesso é por uma estrada de terra, a mesma do Cenote Dos Ojos, que sai da Rodovia Cancún-Tulum. Enquanto o Dos Ojos fica a 2 km da rodovia, o Sac Actún fica a 6 km, o que inviabiliza a ida com as vans. Dá para ir de táxi, inclusive muita gente que estava lá foi de táxi. Se for de carro siga a placa para o Cenote Dos Ojos e ao chegar no Dos Ojos continue pela estrada de terra por mais 4 quilômetros. Cuidado, o Google Maps me mandou para uma estrada errada.
  • Site: Cenotes Sac Actun

Localização Cenotes Sac Actun: fica a 27 km de Tulum.

Grand Cenote (Tulum):

Grand Cenote Tulum México

O Grand Cenote é um dos mais populares e frequentados. O bacana é que ele tem partes abertas, semi-fechadas e fechadas. O acesso é fácil, a estrutura é boa e ele é um cenote do tipo chegar e nadar, sem tour nem guia.

Grand Cenote Tulum

O Gran Cenote tem duas aberturas conectadas por uma pequena cavidade. É possível nadar pela cavidade de uma abertura para outra. É bem fácil, um trajeto curto. A água não dá pé, mas há cordas para ir segurando.

Gran Cenote Tulum

Gran Cenote Tulum

  • Preço: 180 pesos por pessoa. Aluguel de snorkel (80 pesos), colete (50 pesos) e locker (30 pesos). Não aluguei o colete.
  • Como chegar: todos os cenotes relatados até aqui ficam na Rodovia Cancún-Tulum. O Grand Cenote fica na Rodovia Tulum-Cobá, bem perto de Tulum, mas as vans de transporte público não passam por ali. Dá para ir de táxi.
  • Há uma lanchonete com venda de alimentos e bebidas.

Localização Grand Cenote: fica a 5 km de Tulum.

Cenotes em Valladolid e Chichén Itzá:

Distante 200 km de Cancún a antiga cidade de Chichén Itzá são as ruínas maias mais famosas e visitadas. A maioria dos turistas faz um bate-volta de Cancún ou da Riviera Maya, mas eu optei por pernoitar em Valladolid, uma cidade com arquitetura colonial distante 45 km de Chichén Itzá. Assim, além de Chichén Itzá eu aproveitei para conhecer as ruínas de Ek Balam, a charmosa cidade de Valladolid e alguns cenotes da região.

Cenote Ik Kil (pertinho de Chichén Itzá):

Cenote Ik Kil

O Ik Kil foi o último cenote que visitamos e mesmo assim nos surpreendemos com a beleza dele. Ele é um dos mais famosos e fica distante apenas 5 km de Chichén Itzá. Muitas agências combinam Chichén Itzá com Ik Kil no mesmo dia e por isso o cenote recebe uma grande quantidade de visitantes.

Como nós dormimos em Valladolid fomos cedo à Chichen Itzá (um pouco antes das 09:00) e as ruínas estavam praticamente vazias. Saímos de Chichén Itzá por volta das 11:00 no momento que ela estava enchendo de turistas vindos de Cancún e da Riviera Maya.

Daí seguimos para o Cenote Ik Kil que ainda estava quase vazio. Ficamos cerca de 1 hora no Ik Kil com poucos turistas, mas quando estávamos indo embora começaram a chegar vários grupos.

De todos os cenotes em que fomos o Ik Kil é o mais estruturado. Ele faz parte de um complexo com hotel, restaurante, bar e uma grande loja de artesanato. Os vestiários são bem amplos.

O cenote é um poço profundo, redondo e aberto. Para chegar lá embaixo temos que descer uma escadaria de pedra com alguns mirantes para tirar boas fotos. As raízes que descem o cenote deixam a paisagem ainda mais magnífica.

Cenote Ik Kil

Lá de baixo o visual também é incrível. Apesar de ser um cenote bom para nadar, só observar o cenário já vale a pena. Há plataformas para saltar na água e a profundidade é de 50 metros.

Cenote Ik Kil

Cenote Ik Kil

Informações Cenote Ik Kil:

  • Preço: 70 pesos por pessoa. Aluguel de coletes salva-vidas: 30 pesos. Lockers: 30 pesos.
  • Excelente estrutura com loja, bar, restaurante, hotel e amplo vestiário.
  • Como chegar: bem próximo de Chichén Itzá, o mais comum é ir com agências que combinam esse cenote com Chichén ou por conta própria com carro alugado.
  • Site: Cenote Ik Kil

Localização Cenote Ik Kil: fica a 40 km de Valladolid.

Cenote Sagrado (em Chichén Itzá):

O Cenote Sagrado está localizado dentro das ruínas de Chichén Itzá. O local era utilizado para sacrifícios animais e humanos em oferendas aos deuses.

É um cenote aberto, mas a entrada nele não é permitida. Só é possível vê-lo das bordas laterais.

Cenote Sagrado

Informações Cenote Sagrado:

  • Preço: o acesso já está incluído no ingresso para Chichén Itzá (232 pesos por pessoa).
  • Como chegar: está distante uns 300 metros do El Castillo (Pirâmide ou Templo de Kukulcán) nas ruínas arqueológicas de Chichén Itzá.
  • Site: Chichén Itzá

Localização Cenote Sagrado: fica a 44 km de Valladolid.

Cenote Zaci (Valladolid):

O Cenote Zaci possui duas características que o diferenciam de todos os outros cenotes relatados neste artigo: ele fica em uma área urbana (distante apenas 3 quarteirões da praça central de Valladolid) e ele é um cenote-restaurante (o Restaurante Zaci fica na borda do cenote).

Cenote Zaci

Como o Zaci ficava a 2 quarteirões da nossa pousada, aproveitamos para almoçar no restaurante e ver como é o cenote. O restaurante oferece alguns pratos típicos da culinária yucateca.

Cenote Zaci

O cenote tem um poço redondo e profundo, com uma ampla abertura superior. A água tem a fama de ser poluída e por isso não nadamos, embora havia alguns turistas se arriscando nela.

Cenote Zaci

Informações Cenote Zaci:

  • Preço: 30 pesos por pessoa. Clientes do restaurante não pagam.
  • Como chegar: fica no centro de Valladolid, distante uns 300 metros da praça central.

Localização Cenote Zaci: fica no centro da cidade de Valladolid.

Cenotes em Cobá:

As Ruínas de Cobá estão localizadas entre as cidades de Tulum e Valladolid. A grande atração de Cobá são as ruínas maias, mas caso você tenha ficado fascinado pelos cenotes dá para esticar uns 6 km adiante das ruínas para conhecer mais alguns.

Veja, a atração principal são as ruínas, não recomendo que você vá até lá somente pelos cenotes. O interessante é combinar as Ruínas de Cobá (dos 4 sítios arqueológicos que fomos esse foi o que mais gostamos) com os cenotes.

Cenotes de Cobá:

São 3 cenotes: Choo-Ha, Tamcach-Ha e Multun-Ha.

Visitamos o Choo-Ha e o Tamcach-Ha que ficam bem próximos um do outro, na mesma estradinha de terra. Não visitamos o Multun-Ha que fica numa outra estradinha ali perto.

O ingresso para os 3 cenotes é vendido na mesma bilheteria, uma cabaninha bem rústica na beira da estrada. Você tem comprar um ingresso para cada cenote que deseja visitar.

Cenote Choo-Ha: é o primeiro cenote da estradinha. A entrada é por uma escadaria que desce pelo teto do cenote. Ele tem um amplo salão com muitas estalactites e algumas luzes artificiais. Não chegamos a nadar, apenas tiramos algumas fotos.

Cenote Choo-Ha

Cenote Tamcach-Ha: fica na continuação da estradinha, uns 200 metros adiante do Choo-Ha. A entrada também é por uma escadaria que desce pelo teto. O cenote tem um salão amplo e forma uma espécie de poço redondo e profundo. São poucas as estalactites. É um ambiente mais para nadar do que para observar e há plataformas para saltar na água. Nesse nós nadamos. Entramos sem colete salva-vidas, embora o cenote seja muito profundo.

Cenote Tamcach-Ha

Informações Cenotes de Cobá:

  • Preço: 55 pesos por cenote. Não há aluguel de equipamentos.
  • A estrutura é bem rústica, só vi banheiros.
  • Como chegar: fica em uma estrada secundária distante 6 km das Ruínas de Cobá. É um local isolado e distante das cidades turísticas. Só vá se combinar com as ruínas no mesmo dia.

Localização Cenotes de Cobá: fica a 6 km das Ruínas de Cobá e 53 km de Tulum.

Vídeo 

Assista ao imperdível vídeo dos cenotes no México. Inscreva-se no canal do Dicas Onde Ficar e acompanhe os novos vídeos das viagens.

Outros cenotes e parques ecoturísticos com cenotes

Além desses cenotes que eu visitei existem centenas de outros que são explorados turisticamente.

Eu fiz uma ampla pesquisa para montar o roteiro e fui nos cenotes que achei que estavam entre os melhores e que possuíam um bom custo-benefício.

Na Riviera Maya, entre Playa del Carmen e Tulum, existem alguns cenotes que oferecem uma estrutura maior e se transformaram em pequenos parques. Como os tickets são mais caros o ideal é passar o dia (ou uma boa parte do dia) nesses parques. O mais famoso é o Rio Secreto (que fica bem pertinho de Playa del Carmen). Outra opção é o Kantun-Chí.

E você, já foi em um cenote?

Ou tem alguma dúvida sobre os cenotes?

Deixe um comentário no final do artigo 🙂

Dicas Cancún e região

Eu preparei uma série de artigos que vão ajudar no planejamento da sua viagem:

Principais destinos da região:

Guia completo 

Vídeo de Cancún:

Assista ao nosso vídeo de Cancún no México. Inscreva-se no canal do Dicas Onde Ficar e acompanhe os novos vídeos das nossas viagens.

Dicas Práticas e Econômicas para a Sua Viagem:

95 Comentários


  1. Olá. Muito estruturado suas viagens. Vão me ajudar bastante na ida a Cancún.

    Uma dúvida. Vale a pena comprar pé de pato e usar eles nos cenotes ou não há necessidade? Grato!

    Responder

    1. Oi Bruno, tudo bem?

      Os cenotes que você vai se locomover em maiores distâncias são os com tours como o Sac ACtun, Chaak Tun e Dos Ojos.

      Mas não há necessidade de pé de pato (nadadeiras), a não ser que você vá fazer algum tour específico (mas daí o próprio cenote vai oferecer).

      Abraços 🙂

      Responder

  2. Pois Fred tudo bom??
    Estou apaixonada pelos lugares 😍
    Vou fazer um cruzeiro em setembro e ele para 1 dia em Cozumel das 10h às 18:30, gostaria de chegar até tulum e ir no cenote calavera e nesse que você indica como o melhor, mais fiquei dividida entre nadar com os golfinhos e conhecer o cenote até mesmo da playa de Carmem mesmo.
    O que você indica como ir até tulum, ou ir até dalphin e o cenote mais perto? Será que conseguiria fazer os golfinhos e algum cenote?
    Obrigada

    Responder

    1. Oi Marcella, tudo bem?

      Você tem que considerar no tempo livre a travessia ida e volta até Playa del Carmen, 45 minutos cada trecho. Veja Como Ir para Cozumel.

      O trajeto de Playa del Carmen até Tulum leva 1 hora de carro (cada trecho). Talvez não compense para você ir até Tulum.

      O Chaak Tun ficaria mais fácil, já que ele fica no subúrbio de Playa del Carmen. Mas você precisa analisar o tempo útil livre do dia, se dá tempo de fazer travessia, conhecer alguma atração e fazer a travessia de volta.

      A melhor opção (a mais prática) seria conhecer Cozumel mesmo. A ilha é bem bacana. Veja Roteiro de 1 dia em Cozumel.

      Abraços 🙂

      Responder

  3. Olá!
    Estou muito em dúvida, o mês para as minhas férias é bem o mês de maior precipitação em Cancun/ Playa del Carmen… vale a pena se arriscar ou é melhor não tentar a sorte?

    Responder

  4. Olá Fred. Primeiro quero agradecer por ter escrito tantas coisas sobre cancun. Vou para lá com minha esposa daqui há 15 dias e estou usando várias dicas suas pra montar meu roteiro.

    Me ajuda com uma duvida: nós teremos somente 1 dia livre pra conhecer os cenotes. Nossa intenção é conhecer 3 no mesmo dia: Sac Atum + 2 Ojos + Grand Cenote. Vc acha q é possível conhecer estes 3 no mesmo dia??

    Estaremos hospedados em cancun todos os dias. Mas vamos alugar um carro nesse dia pra conhecer os cenotes.

    Obrigado

    Responder

    1. Oi Pedro, tudo bem?

      É possível sim conhecer esses três no mesmo dia. Sac Actun e Dos Ojos ficam bem próximos entre si. Sugiro sair bem cedinho, já que além da estrada e dos cenotes ainda tem a burocracia para retirar e devolver o carro.

      Sugiro alugar o carro com antecedência. Veja: Dicas Alugar Carro em Cancún e Região.

      Abraços e boa viagem 🙂

      Responder

  5. Olá Fred
    O ingresso no ‘Grand Cenote’ está em180 pesos.
    Abraços

    Responder

  6. Boa tarde…
    Para conhecer o Cenote Chaak Tun vc recomenda comprar o passe na entrada? É a forma mais barata então?

    Responder

  7. Oi Fred, tudo bem?
    Escrevo para agradecer os seus posts, seu guia dessa região é muito completo, está me ajudando demais a montar meu roteiro!
    Você organiza as informações de uma maneira maravilhosa, parabéns!
    Continue viajando e postando! uhuuu

    Responder

    1. Oi Mariana, tudo bem?

      Obrigado 🙂

      Continuo viajando e relatando 🙂 🙂 🙂

      Estou finalizando o relato de Madrid e na sequência vem Deserto de Atacama.

      Abraços e boas viagens 🙂

      Responder

  8. Oi Fred,

    Você sabe o preço de roupas de neoprene em Cancún? Vale a pena comprar lá ?

    Obrigado

    Responder

    1. Oi Ramon, tudo bem?

      Infelizmente eu não sei, embora eu acredite que seja mais barato do que no Brasil.

      Vamos torcer para algum leitor passar por aqui e deixar um comentário.

      Abraços 🙂

      Responder

  9. Olá Fred. Estou devorando todas as suas dicas. Vou para Cancun em 31 de Maio e fico até dia 10 de Junho. Quero muito nadar com os golfinhos em qual lugar vc indica ser melhor, Vou nos 3 parques principais da Xcaret e vi que tem um parque em Isla Mujeres que tb nada com golfinhos . Poderia me ajudar com essas dicas. Desde já agradeço.

    Responder

    1. Oi Adriana, tudo bem?

      O Dolphin Discovery em Isla Mujeres é considerado por muitos o melhor lugar para nadar com golfinhos na região, já que a atividade é feita no mar e não em piscinas.

      Mais dicas no artigo O que Fazer em Isla Mujeres.

      Abraços e boa viagem 🙂

      Responder

  10. Fred, parabéns pelo site. Muito bom as informações.

    Estou indo para ficar 14 dias, meu foco é conhecer as praias/cenotes e atividades radicais(desde que não sejam tao caras), estou pensando em dividir estadia 7 dias Cancun, 4 Playa del Carmen e 3 dias Tulum, isso inclui ir para Isla mujeres e cozumel, conhecer Xplor e Xel ha os cenotes listado por você nesse post.

    1: Quais atividades tirando essas que citei, você me recomenda?

    2: Pretendo fazer tudo de vans, pois minha idade é abaixo dos 25, e o aluguel de veículos sai mais caro, acha que será difícil realizar esses passeios com vans/transporte publico?

    3: Por mais que eu goste de coisas mais radicais, não sei nadar, por isso pretendo levar daqui do Brasil um colete salva vidas e snorkel, ai acabo economizando e pagando apenas entrada dos cenotes, acha que isso é uma boa?

    PS: Nao sou fã de coisas históricas, pretendo ver apenas as ruínas maias de Tulum.

    Responder

    1. Oi Ramon, tudo bem?

      Obrigado 🙂

      Antes da viagem, durante as pesquisas, eu havia notado que havia pouca informações sobre os cenotes. Eu fui em muitos cenotes (mais de 10) com a intenção de fazer esse artigo no blog sobre os cenotes. Foi uma espécie de desbravamento para facilitar a vida e orientar outros viajantes. Mas ir em 10 cenotes numa viagem de 14 dias pode ser massante (a não ser que você goste muito da experiência). É uma overdose de cenotes 🙂

      1 – A praia de Akumal é muito bacana, assim como as Praias de Tulum e os beach clubs de Playa del Carmen. Do resto parece que você já pesquisou bastante a região e montou um bom roteiro. Dá uma olhada no meu roteiro em Cancún e região para você conferir se há mais alguma coisa que interessa para você.

      2 – Você consegue ir em muitas atrações com as vans. Você irá economizar, mas perderá na agilidade e praticidade. São duas linhas de vans: do Centro de Cancún (centro urbano) até o Centro de Playa del Carmen e do Centro de Playa del Carmen até o Centro de Tulum. Elas percorrem a rodovia parando em qualquer ponto do acostamento. Ou seja, você irá nas atrações que ficam na beira do acostamento ou próximas do acostamento (muitas ficam próximas do acostamento e algumas não ficam). Você precisará de uma noção geográfica de cada atração para ver em quais dá para ir de van. No artigo Como se Locomover em Cancún e Região eu comento sobre os pontos de partida e chegadas das vans.

      3 – Sim, se você levar do Brasil irá economizar.

      4 – As ruínas de Tulum são as que mais possuem ruínas mesmo (as construções não estão em pé). Se você não liga tanto para ruínas talvez a de Tulum seja a menos interessante (a não ser pelo fato dela ficar a beira-mar e ser a mais próxima das cidades mais turísticas). As outras ruínas (Cobá, Chichén Itzá e Ek Balam) possuem muitas construções preservadas, como pirâmides. Dá uma olhada nas Dicas das Ruínas Maias.

      Abraços e boa viagem 🙂

      Responder

  11. ola fred bom dia.
    gostaria de saber se para conhecer os cenotes sitados por vc, se para todos eles vou de van ou taxi??
    A partir de qual local, que pego estas van ou taxi??
    O valor que pago pela entrada e equipamentos e no local, e se ja esta incluso o guia??
    Se e permitido em todos eles eu tirar fotos com minha câmera ??

    E SE VALE A PENA EU FECHAR O PACOTE NO SITE DO XCARET, PARA 3 CENOTES 107 DOLARES COM TRANSPORTE, FRUTAS E BEBIDAS??

    VOU A CANCUN EM MAIO E VOU COMEÇAR A ORGANIZAR MEU ROTEIRO.
    SO POSSO FAZER 03 PASSEIOS, E QUERO NADAR COM GOLFINHOS, PENSEI EM REALIZAR O NADO EM ISLA MUJERES, POREM TAMBEM TENHO DUVIDA SE COMPRO O PACOTE DA DISCOVERI, PARQUE GARRAFON OU SE VOU A ISLA MUJERES DE CATAMARAN. QUERO FAZER UM PASSEIO NO CATAMARAN MAS TAMBEM QUERIA CONHECER O PARK GARRAFON. O QUE VC ACHA? EN CANCUN EXISTE OUTRO PASSEIO DE CATAMARAN QUE NAO SEJA PARA ISLA MUJERES??

    OBRIGADO.
    AGUARDO SEU RETORNO

    Responder

    1. Oi Sinara, tudo bem?

      1: os cenotes você pode conhecer de táxi (ele vai ter que ficar te esperando, por isso não vai sair barato), de van (somente os cenotes que ficam na beira da rodovia), com agências ou por conta própria de carro alugado (o que eu recomendo).

      2: os táxis você pode pegar no centro das cidades (Cancún, Playa del Carmen, Tulum) ou nos hotéis. Os pontos de saída das vans são no centro de Cancún, Playa del Carmen e Tulum. Elas vão percorrendo a rodovia e param onde você pedir (no acostamento). Depois você pode pegá-las de novo no acostamento.

      3: a maioria dos cenotes não possui tour guiado. Nos que possuem tour guiado o guia já está incluso no preço. Sim, você pode tirar fotos com a sua câmera. Se for levar em tour guiado tem que ser a prova d’água.

      4: sobre o pacote Xenotes do Xcaret é você que tem que avaliar se vale a pena. O preço é bem mais caro, mas é um serviço cômodo, inclui transporte, guia, boa estrutura, conforto, cenotes exclusivos etc. Paga-se o preço.

      5: se você deseja nadar com golfinhos, passear de catamarã e ir no Garrafon em Isla Mujeres eu acho que já vale a pena pegar o pacote que inclui tudo isso. Vale a pena financeiramente e já faz tudo de uma vez.

      Abraços e boa viagem 🙂

      Responder

  12. Olá Fred! Foi muito completo, objetivo e útil seu post. Parabéns!
    Ficaremos em Cancun de 05/11/2017 a 12/11/2017 e em Playa Del Carmen de 12/11/2017 a 16/11/2017. Essa será nossa segunda viagem a Cancun. Os principais pontos turísticos já visitamos em 2012, como Chichen-Itza, Isla Mujeres, Cozumel, Xcaret, Xel-Ha, Tulum e Playa Paraiso. Como reservamos o Hard Rock Hotel em Cancun no sistema all-inclusive, pretendemos curtir o hotel, saindo somente para visitarmos novamente Isla Mujereres e incluir Isla Contoy no passeio. Depois ficaremos 4 dias em PDC com carro alugado e pretendemos explorar os cenotes e algum beach club da cidade. Já tinha incluído o Rio Secreto no meu roteiro, mas depois de ler suas dicas, estou pensando melhor. Minhas dúvidas são as seguintes…
    1) No mesmo dia, se sairmos de PDC por volta das 8h haverá tempo suficiente para visitar o Rio Secreto, o Chaak Tun e o Sac Actun até à tarde?
    2) Se tirarmos o Rio Secreto do roteiro, ficará cansativo visitar o Chaak Tun, o Sac Actun e o Grand Cenote no mesmo dia?
    3) Entre o Grand Cenote e o Cenote Azul, qual você indica?
    4) Dentre os beach clubs de PDC, qual você indica? Já vi relato que tem uns pequenos que são mais sossegados, e tem os grandes, como o Mamita’s, mais animados. Nesse caso, preferimos os mais animados.

    Desde já, agradeço pelas dicas!

    Responder

    1. Oi Henrique, tudo bem?

      Obrigado 🙂

      Essa região é demais. Tenho muita vontade de repetir essa viagem.

      A viagem está chegando. Vamos lá:

      1 – Se for até o final da tarde acho dá sim.

      2 – Um pouco cansativo, mas dá tempo.

      Observação: entre os cenotes há várias praias. Não sei qual é o roteiro de vocês além dos cenotes, mas o ideal seria intercalar no mesmo dia cenotes com outras atrações. Visitar 3 cenotes no mesmo dia pode ser massante.

      3 – Essa é difícil. Ambos são bonitos e fáceis de visitar. Caso vocês tenham mais atrações para ir nesse dia eu iria no que está mais perto. O Grand Cenote fica em Tulum e o Cenote Azul está mais perto de Playa del Carmen (bem pertinho de Akumal).

      4 – Em PDC há um trecho de praia onde estão os Beach Clubs mais sossegados e outro trecho onde estão os mais animados (um ao lado do outro). Eu explico com detalhes nesse artigo: Beach Clubs e praias em Playa del Carmen.

      Abraços e boa viagem 🙂

      Responder

      1. Olá Fred!
        Fechei meu roteiro da seguinte maneira:

        – 12/11: Check-out mais cedo no Hard Rock / Rio Secreto
        – 13/11: Chaak Tun / Cenote Azul / Xpu-Ha
        – 14/11: Sac Actun / Akumal
        – 15/11: Alternar entre Sr. Frogs e Kool Beach Club
        – 16/11: Check-out em PDC / Comprar tequila e mezcal na La Europea / Aeroporto Cancun 🙂

        Um grande abraço e obrigado pelas dicas!

        Responder

  13. Excelente site! O melhor que encontro sobre os cenotes!!! Obrigada por compartilhar suas dicas 🙂 Nos ajudou muito!

    Responder

  14. Parabéns mais uma vez pelo blog e pela riqueza de detalhes!
    Todos os cenotes que você citou tem a opção de alugar colete salva vidas? Para o meu caso, que não sei nadar direito rsrs.
    Estou planejando o roteiro já, mas tem muita opção para pouco tempo.
    1º dia – curtir PdC
    2º dia – Cenote Chaak Tun + praia do 2º trecho (como você descreveu) – Mamitas talvez + Quinta Avenida
    3º dia – Cozumel
    4º dia – Tulum (ruínas + praia Paraíso + Grand Cenote)
    5º dia – Akumal + Cenote Sac Actun ou Cenote Azul
    6º dia – Chichén Itzá + Cenote Ik Kil
    Minhas dúvidas agora são: vale a pena ir em Akumal? Li mais acima que não estão liberando para mergulhos lá. Sabe me dizer? Estou até cogitando tirar Cozumel pois acho que ficaremos apenas 5 dias. O que você pode sugerir pra nós?
    Ah! Provavelente não alugaremos carro, então teremos que fazer tudo de táxi mesmo ou van, para onde der rsrs.

    Responder

    1. Oi Angelita, tudo bem?

      Obrigado 🙂

      Todos os cenotes oferecem aluguel de coletes.

      O roteiro está bem bacana e com tempo para conhecer as atrações com tranquilidade.

      Algumas observações:

      1º dia: ok

      2º dia: o bom é que o Chaak Tun é pertinho de PDC. As vans não vão até lá, mas dá para contratar um táxi.

      3º dia: Cozumel vale a pena ir se for para fazer mergulho e/ou explorar a ilha. Só pelo centrinho não vale. Veja: Dicas Cozumel.

      4º dia: dá para ir caminhando das ruínas até a Playa Paraiso. Da Paraiso até o Grand Cenote não há vans. Você pode pedir para o El Paraiso Beach Club pedir um táxi para te levar até o Grand Cenote. Veja: Ruínas de Tulum e Praias de Tulum.

      5º dia: eu acho que vale muito a pena ir para Akumal. É uma das praias mais lindas e acessíveis da Riviera Maya. Dá para ir de van (a caminhada não é tão grande). E tem táxis lá para te levar até o cenote depois. Os relatos dos últimos meses é de que o snorkel voltou a ser liberado. Veja: Dicas Akumal. Os cenotes Sac Actun e Azul são bem diferentes entre si.

      6º dia: talvez o melhor seja contratar um passeio até Chichén Itzá.

      Abraços 🙂

      Responder

  15. Ola Fred, com certeza sua page é uma das melhores em informações, bastante detalhado, parabéns.
    Tenho uma dúvida, vamos nos hospedar em Cancún e alugar carro para os passeios. Estou montando o roteiro de viagem e estou com os dias contados e com atividades para todos, problema que tenho que encaixar algumas coisas nesse roteiro, e pelo fato de estar em Cancún será mais difícil visitar tudo que pretendo, pois estão mais afastados de lá.

    Tenho 2 dias para encaixar essas atividades, Chitzen Itza, Tour em Cenote Sac actun ou Dos ojos e mergulho em Cozumel.

    O que você recomenda e o que acha que ficaria mais viável e proveitoso de se fazer nessa programação:
    1° dia. Sair de Cancún 06hs30 destino Chitzen Itza, sair de lá por volta de 11hs00, passar para conhecer o cenote Ik Kil, e depois sair com destino para o Tour no cenote Sac Actun ou Dos Ojos.
    2° dia. Sair cedo de Cancún com destino a PDC conhecer um pouco da cidade e posteriormente ir para Cozumel para fazer mergulho e passar restante do dia.

    O que me recomendaria?

    Responder

    1. Oi Eduardo, tudo bem?

      Obrigado 🙂

      Eu acho viável, embora bem corrida essa programação nesses dois dias.

      1º dia: a dica que eu posso dar é ir pela Autopista (tem pedágio, mas o trajeto é mais rápido). Caso haja algum atraso no roteiro você pode eliminar o Ik Kil para garantir o Sac Actun ou o Dos Ojos (o percurso entre Chichén Itzá e o Sac Actun leva umas 2 horas e meia).

      2º dia: talvez seja mais interessante ir primeiro até Cozumel e depois conhecer PDC (já que a principal atração de PDC é a Quinta Avenida que fica aberta até a noite). Também dá para contratar mergulhos em Cozumel saindo de PDC com várias agências.

      Abraços 🙂

      Responder

      1. Tudo ótimo Fred, obrigado pela ajuda.

        Realmente muito corrido essa primeira opção, visto que os cenotes ficam abertos até as 17hs e o horário máximo viável para chegar nele seria as 15hs para sair no tour, que dura em média 1hr, correto?

        Responder

        1. Sim, é isso mesmo.

          O tour no Sac Actun dura 1 hora e no dos Ojos dura quase 2 horas.

          Você tem que chegar no máximo até as 15:00 e esperar o próximo tour (pode ser que demore um tempo para o próximo tour começar).

          Considere eliminar o Ik Kil para garantir o Sac Actun ou o Dos Ojos. Mas também pode ser que você consiga ir em todas as atrações.

          Responder

    1. Oi Vinicius.

      A região possui vários cenotes especiais. Como eu comentei no artigo, são vários os tipos de cenotes: alguns são abertos e simples de serem visitados, enquanto outros possuem cavernas subterrâneas e por isso o tour é guiado.

      No artigo eu descrevo os cenotes com muitos detalhes e fotos. Eu acho que dá para você identificar quais mais combinam com o seu perfil. Eu gostei bastante do Sac Actun, do Azul, do Grand Cenote, do Ik Kil, entre outros.

      Abraços 🙂

      Responder

  16. As melhores dicas que vi pela internet. Ajudou muito, aguçou a curiosidade e terei em conta o site em Setembro quando lá for. Top

    Responder

  17. Olá Fred
    Estou planejando ir para as ruínas de Tulum de van, a partir de lá seguir para Playa Paraíso e depois para o Grand Cenote, diante desse roteiro que vou fazer de transporte público me surgiram algumas dúvidas:
    -Saindo das Ruínas de Tulum e pegando a avenida que margeia a praia, já posso pegar a primeira entrada pública de acesso a praia e seguir pela praia até a Playa Paraíso? (é fácil achar essa avenida que margeia a praia para seguir para playa paraíso?)
    -Leva quanto tempo das Ruínas até Playa Paraíso?
    -Como chego ao Grand Cenote a partir da Playa Paraíso?
    Desde já agradeço pela sua atenção Fred !!!!

    Responder

    1. Oi Tatiane, tudo bem?

      Desculpa a demora em responder. Eu estava viajando 🙂

      1: Nas Ruínas de Tulum você chegará pelo estacionamento. Do estacionamento até a entrada das ruínas propriamente ditas você pode caminhar ou ir de trenzinho. Ao sair das ruínas não volte até o estacionamento. Siga pela avenida que margeia a praia (é fácil localizar). A caminhada até a Playa Paraíso será de +- 1,5 km. Você pode acessar a primeira praia (a Santa Fé, uns 700 metros das ruínas) e seguir pela praia até a Playa Paraíso. Na verdade as praias nesse ponto são uma só (a mesma faixa de areia). Cada trecho da praia leva o nome do bar de praia que a ocupa. A Playa Paraíso é o trecho do El Paraiso Beach Club. Recomendo o artigo Praias de Tulum.

      2: Não há transporte público (vans) nem na Playa Paraíso e nem no Grand Cenote. A caminhada entre os dois locais é de +- 7 km (voltando até as ruínas é mais perto do que seguir pela praia até Tulum Pueblo). Uma alternativa é alugar uma bicicleta (não sei se há para alugar na praia; em Tulum Pueblo é certeza que você encontra para alugar). Outra alternativa é pedir para o El Paraiso Beach Club chamar um táxi para você).

      Abraços 🙂

      Responder

      1. Oi Fred
        Muito obrigada pelas suas respostas tão detalhadas e atenciosas, tirando todas as dúvidas dos viajantes pesquisadores e preocupados com os detalhes como eu kkkkk, valeu mesmo !!!!

        Responder

  18. Fred, parabéns pelo site. Voce realmente dá dicas preciosas, descreve muito bem locais e passeios e acho suas informações super procedentes o que é principal.
    Estou planejando viajar para Cancun agora em julho e iremos com duas crianças, uma de tres e outra de cinco anos. Fiquei muito empolgada com os passeios aos cenotes. É viável ir com crianças dessas idades?
    Grata

    Responder

    1. Oi Miriam, tudo bem?

      Obrigado 🙂

      Desculpe a demora em responder, mas eu estava viajando.

      Nós vimos crianças em alguns cenotes, mas não me lembro se havia crianças de 3 anos. Acima de 6 ou 7 anos eu me lembro de ter visto.

      O Tour Xenotes do Grupo Xcaret, por exemplo, a idade mínima é de 6 anos.

      Nos cenotes mais simples, como o Cenote Azul e o Grand Cenote, talvez até permitam entrar crianças bem pequenas. Não sei se eles possuem coletes para alugar para essa idade. Esses cenotes tem pontos que dá pé e pontos bem profundos. Todo cuidado é pouco.

      Abraços 🙂

      Responder

  19. Olá, Fred!
    Cara, eu to pesquisando desde setembro sobre Cancún e região e o teu site é o melhor, simplesmente o melhor e mais completo. Parabéns! você ajuda um monte de gente.

    Meu tour, em abril, inclui outras cidades do México e pude reservar apenas 4 dias para Cancún. Vou alugar um carro no aeroporto logo na chegada, pra não precisar me preocupar com transfer, até porque vou com esposa e filha. No dia seguinte(provavelmente sozinho), saio do hotel por volta das 5:30h pra chegar em Chichén Itzá na hora de abrir. Aí é que mora minha dúvida… Após saír de Chichén gostaria de ir a dois cenotes. Sei que o Ik Kil fica próximo e talvez eu prefira ir a outro, pois creio que esse deve dar muvuca. Qual outro ou outros você recomendaria próximo a Chichén ou no meu caminho de retorno para Cancún?

    Responder

    1. Oi Alexandre, tudo bem?

      Obrigado 🙂

      Realmente o Cenote Ik Kil fica muvucado, a não ser que você chegue cedo nele. Outro cenote que não recomendo para você é o Zaci em Valladolid.

      Vou sugerir duas opções:

      1: voltar pelo litoral (via Tulum e Playa del Carmen). Esse trajeto demorará +- 1 hora a mais. Você passará pela maioria dos cenotes que eu descrevi no artigo como Sac Actun, Dos Ojos, Grand Cenote, Chikin Ha, etc.

      2: voltando pelo caminho tradicional você passará perto de dois belos cenotes no entorno de Valladolid, o Parque X’kekén e o Cenote Maya Park. Pesquisando no Google você encontra a localização deles. Não é possível acessá-los através da autopista (Rodovia 180 D), apenas através da Rodovia 180 (pista simples).

      Abraços e boa viagem 🙂

      Responder

  20. Oi Fred, tudo bem com você amigo?

    Primeiramente queria dizer que seu site é incrível e fiquei muito feliz quando encontrei. Muito esclarecedor e vai me ajudar muito!

    Fred, você criou uma necessidade em mim ao ler esse artigo kkkk… Agora quero ir em mais cenotes. Eu estava com meu roteiro definido até ler este artigo e percebi que eu poderia conhecer outros cenotes além do ojos(único que está no meu roteiro). Fiquei, principalmente, com dúvida em relação ao tempo. Você fez tudo isso em um dia?

    Queria aproveitar pra mostrar meu roteiro pra que você me dê alguma dica caso perceba que tem algo que possa ser melhorado. Muito obrigado!

    Roteiro de 9 dias (Ainda não defini, na maioria dos dias, o que fazer a noite):

    Sexta – Dia 2/jun (chegarei fim da tarde) – noite livre para explorar o centro de playa del carmen
    Sábado – Dia 3/jun – passar o dia em play del carmen – Noite: Noitada Playa del Carmen
    Domingo – Dia 4/jun – tulum, akumal e cenote ojos – Noite: Noitada Playa del Carmen
    Segunda – Dia 5/jun – xel há – Noite: Noitada Playa del Carmen
    Terça- Dia 6/jun – Xcaret
    Quarta- Dia 7/jun – cozumel – Noite: Noitada Playa del Carmen
    Quinta – Dia 8/jun – Xplor – final da tarde/inicio da noite se mudar para cancun – Curtir a noite de cancun.
    Sexta – Dia 9/jun – Manhã livre para ir a praia e a tarde fazer o passeio jungle tour/ Coco bongo
    Sábado – Dia 10/jun – Isla mujeres – Curtir a noite de cancun.
    Domingo – Dia 11/jun – Dia livre praia Cancun/tarde aeroporto

    Responder

    1. Oi Demétrio, tudo bem?

      Obrigado 🙂

      Fico feliz em poder atrapalhar o seu roteiro 🙂

      O seu roteiro está muito bom e ao meu ver está “fechado”. A única observação é que você está investindo bastante nos parques. É uma questão de gosto pessoal, mas a região tem muitas outras praias (como as Praias de Tulum), ruínas maias (como Cobá e Chichén Itzá) e cenotes.

      Akumal: um leitor do blog nos informou que desde a semana passada está proibido nadar em Akumal. Não sei até quando isso vai vigorar. Mais informações no artigo: Praias da Riviera Maya

      Para incluir mais cenotes você teria que tirar alguma atração ou não passar o dia todo em alguns dos parques (Xcaret, Xel-Há e Xplor). Lembrando que o Xplor tem a opção noturna, Xplor Fuego. Você poderia ir em mais cenotes durante o dia e ir no Xplor Fuego à noite. Eu fiz isso, confira: Dicas Xcaret, Xel-Há e Xplor.

      Eu fui em todos esses cenotes, mas não foi em apenas um dia. Eu fui intercalando (dia a dia) cenotes, praias e ruínas maias.

      Qualquer dúvida deixa um comentário

      Abraços 🙂

      Responder

  21. Ola!! Adorei todas as dicas e relatos seus! Estou usando para montar nosso roteiro! Irei com meu marido para Playa/Cancun em março e fiquei com uma duvida sobre as sapatilhas de neoprene. Pretendemos fazer snorkel em Akumal, visitar cenotes e curtir praias de Playa, Cozumel, Isla e Cancun. Faremos snorkel sempre que for uma praia boa para isso. Nós não temos as sapatilhas. Acha que devemos comprar para levar? Essas areas de snorkel costumam ter muitos corais? O pé de pato é preciso tambem para fazer o mergulho de snorkel? O snorkel nós temos e vamos levar!
    Obrigada!!

    Responder

    1. Olá Paula, tudo bem?

      Em Akumal, precisamente, na área demarcada para snorkel (onde ficam as tartarugas) não acho necessário. Já na barreira de corais (fora da área demarcada, onde poucos turistas vão) que fica mais distante da costa é bom estar com as sapatilhas.

      No cenote Chaak Tun onde eu fiz um tour guiado a sapatilha é necessária. Eu fui com a minha, mas o tour já inclui a sapatilha para quem não tem.

      Em algumas praias a barreira de corais é rasa então sempre é indicado as sapatilhas. Em outras a barreira é mais funda e não dá pé.

      Enfim, eu acho uma boa levar sapatilhas (ou comprar lá, no Wal-Mart em Playa del Carmen vende).

      Sobre o pé de pato eu não levei e não considero essencial, a não ser que você vá fazer snorkel em um ponto distante da costa. O único lugar que eu usei nadadeiras foi no Papito’s Beach Club em Cozumel (aluguei lá na hora).

      Abraços e boa viagem 🙂

      Responder

  22. Inicialmente, meus parabéns e muitíssimo obrigado pelas dicas. Seu trabalho foi simplesmente fantástico. Estaremos (com carro alugado desde aeroporto) em Cancun (2 dias) e Playa del Carmen (4 dias) em meados de fevereiro. 1o. dia chegada em Cancun, a ideia é ficar por la e curtir praia e hotel (pensamos em ir a Isla Mujeyes, mas ficaria muito corrido). 2o. dia. Iremos conhecer Chich-itza e Ik Kil, procurando chegar cedo e saindo das ruínas até as 11 horas; a noite vamos no Coco Bongo . No dia seguinte, quando acordarmos e após o café pensamos em fazer o checkout até as 11 horas para irmos para Playa del Carmen. Ai está minha primeira dúvida. Para preenchermos e aproveitarmos o tempo até podermos fazer o checkin no nosso hotel, gostaria de conhecer mais um cenote (espero ja tendo visto o ikKil). Deixaríamos as malas no carro no estacionamento do cenote ou poderíamos deixar na portaria do hotel. Pensei pelo seu relato em ir ao Chaka Tun (fazer o tour) (ou vc acha que seria melhor conhecer o Cenote Azul). Nos dias seguintes, iremos em um dia no X-caret, em um outro dia Tulum bem cedinho e X-Ha, e no último dia de viagem Cozumel… ou seja não da nem pra pensar em mais um cenote, né? Se pudesse ficar mais um dia iria a praia de akumal e visitar os Cenotes mais próximos de Tucum… vai ficar pra próxima. So mais duas questões. Nunca usamos roupas e sapatilhas de neoprene, tínhamos pensado em comprar somente a blusa para proteger do sol, nos passeios nas praias e parques, com a noticia da agua fria dos cenotes estamos pensando em comprar blusa, bermuda e sapatilha… vc recomendaria alguma marca, modelo, e local para comprar? Acho que snorkel da pra alugar, ou comprar por la. Melhor ne?
    Desde ja agradeço caso possa me dar mais algumas dicas.
    Abraço
    Marco Antonio

    Responder

    1. Oi Marco, tudo bem? Obrigado 🙂

      Achei o roteiro bem corrido. Aí vai depender do ritmo e disposição de vocês para fazer tudo isso.

      1º dia: não sei o horário que vocês chegam, mas não aconselho ir em Isla Mujeres. No 1º dia da viagem eu sempre procuro reconhecer o ambiente e descansar. Curtir a praia do hotel seria a minha preferência.

      2º dia: para sair de Chichén Itzá às 11:00 vocês terão que chegar nas ruínas às 09:00 e sair de Cancún às 06:30. Depois das ruínas vai ser fácil ir no Ik Kil. Retornam para Cancún e vão na Cocobongo. Não sei qual é o estilo de vocês, mas analisem se terão pique de invadir a madrugada.

      3º dia: vocês podem ir direto no cenote antes de ir no hotel em PDC. Não dá para eu indicar o Chaak Tun ou o Cenote Azul. Um é completamente diferente do outro, vocês devem analisar em qual ir. O Chaak Tun possui um tour subterrâneo guiado. Já o Azul é um cenote “simples” é só entrar, nadar e curtir o ambiente. Outra opção seria passar a tarde curtindo um beach club no centrinho de Playa del Carmen.

      Demais dias: um dia no Xcaret ok. Um dia em Cozumel ok. O outro dia você disse Tulum + X-ha (não sei se você se referiu ao parque Xel-Há ou a praia Xpu-Ha. Se for o parque será mais corrido que a praia). Não vejo tempo para incluir outro cenote, a não ser que vocês conheçam essas atrações de uma maneira superficial e rápida, mas acho que não vale a pena.

      Não vejo necessidade de comprar roupa de neoprene, na maioria dos cenotes há para alugar. Eu fui em mais de 10 cenotes e o único que usei foi o Chaak Tun (o aluguel das roupas já inclui no preço do tour).

      A sapatilha de neoprene será útil em cenotes com tours guiados (como o Chaak Tun, Sac Actun ou Dos Ojos), para snorkel em recifes de corais, e nos parques Xel-Há ou Xplor. Nos demais não é essencial. Eu levei a minha (comprei na Decathlon), mas nos cenotes que são essenciais geralmente já incluem no preço do tour ou dá para alugar lá na hora.

      Snorkel eu também levei o meu no Brasil (comprei na Decathlon), mas você pode comprar no supermercado em PDC ou alugar (nos lugares que se pratica snorkel sempre há para alugar).

      Uma dica para economizar nos parques (Xcaret, Xel-Há ou Xplor) é comprar os tickets antecipados.

      Abraços e boa viagem para vocês 🙂

      Responder

      1. Muito obrigado, pela resposta e pelas informações e dicas. Valeu. Grande Abraço
        Marco

        Responder

  23. Olá Fred,
    achei muito interessante seu blog e dicas dadas sobre Cancún. Estamos indo no final deste mês para lá e tenho uma dúvida em relação aos cenotes. Somos uma familia, com filhos moços, mas não curtimos muito esses cenotes tão fechados e principalmente com morcegos..rs Estamos em dúvida em relação ao Rio Secreto, que vc não citou , o dos Ojos e outros semelhantes. Qual vc acha custo/benefício, mais bonito e legal?
    Agradeço desde já.
    Renata

    Responder

    1. Oi Renata, tudo bem?

      Eu não fui no Rio Secreto, mas eu citei ele sim (no final do artigo). O Rio Secreto tem uma estrutura maior e preços bem mais caros. Se for para investir essa grana eu recomendaria o Tour Xenotes Oasis Maya do grupo Xcaret que passa por 4 cenotes e dá para economizar até 15% comprando o ticket antecipado.

      Eu sei que é difícil escolher entre vários cenotes, mas o que você está me pedindo (melhor custo-benefício, mais bonito e legal) eu já descrevi no artigo. Eu detalhei tim-tim por tim-tim cada cenote que eu visitei, com fotos, informações, dicas, preços, localização e tudo mais. Melhor do que isso impossível 🙂

      Se vocês estão com receio dos cenotes fechados e com morcegos talvez o melhor seja evitar os cenotes que oferecem tours guiados (geralmente são os cenotes mais fechados e com cavernas) como o Dos Ojos, Sac Actun e o Chaak-Tun.

      Entre os cenotes mais “leves” e bacanas eu recomendo o Cenote Azul (dá para combinar com a Praia Akumal), o Grand Cenote em Tulum (dá para combinar com as Ruínas de Tulum) e o Cenote Ik Kil (ao lado de Chichén Itzá).

      Abraços

      Responder

      1. Olá Fred,
        Verdade, vc realmente fez um relato completo dos cenotes, eu que não li todos detalhadamente. São tantos, talvez preguiça..rs desculpe. Mas, de qualquer forma vc me ajudou. Vou dar uma relida, verificar suas sugestões e definirmos. Na verdade não é receio dos cenotes fechados, é com relação aos morcegos..Gostei da idéia dos que vc disse que é metade fechado e outra metade aberto.
        Um abraço
        Obrigada
        Renata

        Responder

    2. Oi Fred, outra vantagem é que estaremos de carro a estadia toda, por isso a facilidade de ir aos cenotes. Talvez até mais do que um, como vc disse. Por isso quero escolher bem legal , e não tão caro.
      Outra dúvida: De Playa Del Carmem até Chichén Itza de carro leva umas 3 horas de viagem? É muito cansativo “bate e volta”?

      Responder

      1. Oi Renata, na minha opinião alugar carro é a melhor opção. Te dará mobilidade, agilidade e flexibilidade para montar o próprio roteiro.

        De Playa del Carmen até Chichén Itzá você deve pegar a Rodovia 305D até a Rodovia 180. A 180 são 2 opções:

        180: pista simples, sem pedágio e passa por dentro de pequenas cidades.

        180D: autopista de velocidade rápida e com pedágios.

        Pela 180D o trajeto de Playa del Carmen até Chichén Itzá vai levar um pouco mais de 2 horas. Pela 180 pode chegar perto das 3 horas.

        Eu usei a 180D e recomendo. Só fiquem atentos porque praticamente não há postos de combustíveis e opções de alimentação na rodovia.

        O bate-volta é totalmente viável, embora vai ser um pouco cansativo. Aproveitem para ir no Cenote Ik Kil que fica ao lado das ruínas.

        Eu não fiz o bate-volta. Dormi em Valladolid (uma linda cidadezinha colonial que fica próxima de Chichén Itzá). Ao dormir em Valladolid dá para ir logo pela manhã em Chichén, evitando o calor da tarde e a massa de turistas que começam a chegar por volta das 11:00 ou 12:00.

        Se quiser mais dicas do que fazer nos arredores de Chichén leia esse artigo: O que fazer em Valladolid

        Mais dicas para alugar carro veja aqui: Dicas para Alugar Carro em Cancún e Região

        Abraços

        Responder

  24. Olá Fred! Esse é sem dúvida o melhor site sobre cenotes! Parabéns! Uma dúvida: Eu gostaria de fazer Chichen Itzá e Grand Cenote Tulum no mesmo dia, é possível? Estarei de carro alugado, fica a quanto tempo um do outro mais ou menos?

    Responder

  25. Outra pergunta, vc pode me dizer quais locais turísticos que só aceitam pesos mexicanos ou dólar?

    Responder

    1. Praticamente todos os locais aceitam dólares e pesos (sendo que alguns, principalmente os mais simples, fazem uma cotação ruim para pagar em dólar).

      A exceção são as Ruínas Maias (gerenciadas pelo governo federal mexicano) onde só é aceito pesos mexicanos.

      Veja mais dicas de câmbio no artigo Dicas Câmbio Cancún e Região

      Responder

  26. Fred primeiramente quero dizer que adoro seu site/blog estou montando um roteiro com suas dicas.
    Estou pensando em ir em julho de 2017 com meu marido e minha filha de 10 anos, vc sabe me dizer se nos cenotes são permitidas a entrada de crianças na água e fazer o tour?

    Obrigada

    Responder

    1. Oi Leticia, obrigado.

      Nós vimos crianças dessa idade nos cenotes (incluindo nos cenotes que oferecem tours). Eles possuem os equipamentos de segurança necessários.

      Abraços 🙂

      Responder

  27. Olá Fred, adorei o texto vou seguir como base para a minha viagem. Gostaria de saber se dá para fazer mais de um Cenote por dia?
    Obrigada.

    Responder

    1. Oi Leticia, obrigado 🙂

      É possível conhecer mais de 1 cenote no mesmo dia. Alguns ficam próximos uns aos outros, outros mais distantes. Alguns cenotes são mais rápidos para visitar, outros mais demorados.

      O ideal é um bom planejamento, lembrando que além dos cenotes há outras atrações como praias, ruínas maias, parques, etc.

      Abraços

      Responder

      1. Obrigada! Tenho mais algumas dúvidas que surgiram em relação à segurança. Eu vi que você indica muito aluguel de carro e é realmente o que pretendo fazer. Você achou segurou tanto para dirigir e assaltos etc ? E alimentação quanto em média vocês gastaram por dia?

        Responder

        1. Eu achei muito fácil dirigir por lá, principalmente entre Cancún e Tulum (passando por Playa del Carmen) na Carretera 307, que é duplicada, bem sinalizada e em boas condições. Achei mais seguro do que dirigir em muitos trechos do litoral do Brasil, mas é claro que não podemos bobear. Veja Dicas para Alugar Carro em Cancún e Região.

          Sobre alimentação isso é muito relativo. Você encontrará muitas opções de restaurantes e bares, desde simplesinhos até refinados. Algumas pessoas bebem refrigerantes, outras vinhos. O valor gasto pode variar muito dependendo do estilo pessoal. Não achei a alimentação por lá barata, mas não é mais caro do que nos principais destinos de praia do Brasil.

          Responder

  28. Olá. Primeiramente gostaria de parabenizar pelo artigo. Muito completo, detalhado e bem escrito. Queria fazer uma pergunta: Vou para Playa e gostaria de ir a Tulum de transporte público ( não quero alugar carro porque quero tomar uma cervejinha lá e não quero me preocupar com isso:-). Vc disse que O Cenote Azul fica no caminho, é só pedir pra Van parar. Mas e depois? Tem Van pra eu seguir pra Tulum? A minha ideia era ir no cenote, depois Tulum, pegar uma praia lá, comer, beber e voltar. É possível?
    Obrigado!!!

    Responder

    1. Oi Alexandre, obrigado 🙂

      O Cenote Azul fica na beira da rodovia. Basta pedir para o motorista da Van parar no cenote. Na volta é só ficar aguardando as vans passarem e sinalizar para alguma parar. As vans são frequentes.

      As vans seguem por toda a rodovia. São duas linhas, uma entre o Centro de Cancún e o Centro de Playa del Carmen, e outra entre o Centro de Playa del Carmen e o Centro de Tulum.

      O Centro de Tulum (também é chamado de Tulum Pueblo) não fica na praia (está distante alguns quilômetros). Você terá que pegar um táxi (não sai caro) para ir até a praia.

      É perfeitamente viável no mesmo dia pegar a Van em Playa del Carmen, parar no Cenote Azul, continuar com a Van até Tulum Pueblo, ir na praia e voltar para Playa.

      Lembrando que um pouco antes de chegar em Tulum Pueblo as vans passam em frente às Ruínas de Tulum.

      Se quiser uma ajuda para escolher onde pegar praia em Tulum leia o artigo Praias de Tulum.

      E nesse artigo eu dou mais dicas para se locomover na região Como se Locomover em Cancún e Região.

      Boa viagem.

      Abraços

      Responder

  29. Que relato fantástico, foi o mais completo que vi sobre os cenotes. Irei em fevereiro de 2017 e tenho pesquisado bastante, uma vez que não é o tipo de passeio que eu costumo fazer e minha namorada tem um pouco de medo dessas coisas, hehe.

    Como somos bem principiantes nisso e estaremos em playa del carmen, pensei em ir algum dia, cedinho, até Tulum (de transporte público mesmo) e depois de lanchar ir até o Gran Cenote. A dúvida está em: qual a facilidade de transporte (até de taxi mesmo) a partir de Tulum até o Gran Cenote? Tem taxi fácil por lá? O ideal é combinar com o taxista pra ele nos esperar, ou eu posso dispensá-lo e depois pego outro com facilidade?

    Valeu, um abraço!

    Responder

    1. Oi Igor, tudo bem?

      O Grand Cenote fica a 4 km do centrinho de Tulum (Tulum Pueblo). Eu vi alguns táxis no Grand Cenote, mas acredito que eles estavam aguardando os turistas.

      Há táxis em Tulum Pueblo para te levar até o Grand Cenote. Outra opção comum por lá é alugar uma bike.

      Não sei se há táxis nas Ruínas (caso a sua intenção seja ir nelas primeiro). Talvez você tenha que se deslocar até Tulum Pueblo para conseguir um táxi. Das Ruínas até Tulum Pueblo são 2 km.

      Abraços.

      Responder

  30. Bom Dia, adorei todas as dicas, estou pensando em ir para Cancún em 2017 e os Cenotes estaria no roteiro porém preciso perguntar algo meio idiota rs, tem sapo nos cenotes? você chegou a ver algum, esse ambiente é favorável para esses anfíbios? É porque eu tenho pavor declarado e não tenho a menor condição psicológica da possibilidade de estar perto de um! rs Agradeço pela atenção!

    Responder

    1. Olá Iara, tudo bem?

      Não vi sapos nos cenotes. Não posso afirmar que não tenha sapos por lá, mas não vi nenhum.

      O que tem bastante na região são iguanas, inclusive nas praias.

      Abraços 🙂

      Responder

      1. rsrs obrigada pela resposta!! Iguana eu consigo sobreviver rs Mas já é um bom sinal você não ter visto. Abraços!

        Responder

  31. Parabéns Fred e obrigada porque as dicas são muito valiosas. Pelo que entendi você fez os cenotes por conta própria e deu certo. Os que necessitaram de guia e pagamentos você adquiriu na hora, é isso?
    Na sua opinião o ideal é alugar carro? Qual agencia utilizou, por favor?

    Um abraço.

    Responder

    1. Oi Claudia, obrigado 🙂

      Eu fiz os cenotes por conta própria e deu certo.

      Os cenotes possuem uma “recepção” onde você paga o ingresso, aluga os equipamentos e contrata um tour guiado (somente alguns oferecem). Fiz tudo na hora, sem reserva.

      Com certeza a melhor opção é alugar um carro. Não utilizei agências de turismo e passeios.

      Nesse artigo eu dou dicas para alugar carro na região de Cancún.

      Recomendo também o meu Guia Completo de Cancún.

      Abraços, boa viagem e boa sorte para vocês.

      Responder

  32. Olá Fred, belos relatos. Como vc visitou vários cenotes talvez vc possa me ajudar. Estarei em Playa del Carmen com crianças (7 e 5 anos), qual cenote seria mais indicado/friendly para crianças? Obrigado

    Responder

    1. Olá Fábio, obrigado 🙂

      O Grand Cenote (em Tulum) e os cenotes Chaak Tun são dos mais acessíveis e estruturados. O Cenote Azul também é bastante acessível. Note que é imprescindível as crianças usarem equipamentos de segurança (principalmente coletes salva-vidas, tem para alugar nos cenotes), porque há pontos em que os cenotes são extremamente profundos.

      O Tour Xenotes Oasis Maya oferece uma estrutura e segurança superior à da maioria dos cenotes, embora o preço seja bem salgado.

      Boa viagem para vocês 🙂

      Responder

  33. Boa tarde Fred,
    Primeiro parabenizo pelos relatos, até o momento foi o mais completo e atual.
    Estou indo com minha esposa próximo mês (outubro), ficarei seis dias uteis e tenho dúvidas quanto a conhecer os golfinhos, só achamos pacotes com custos altos. Você tem algumas dicas de parques e/ou lugares para se divertir com golfinhos, será que indo diretamente no parque conseguimos preços melhores?
    Sobre os cenotes, já decidimos alugar um carro e ir por conta.
    -Os valores que você coloca é realmente em pesos para acessar os cenotes e está incluso estacionamento do carro?
    -Os valores para se alimentar em geral como está nos lugares de passeio, estão aceitando cartão de viagem (cartão de recarga e sendo de todas as bandeiras)?
    -Estão exigindo protetores solares biodegradáveis e sapatilhas de neoprene?
    -Você indica algum lugar para comprar lembranças de viagem, souvenir?
    -Algum bar ou pub que possa indicar com preços bons?

    Agradeço pela atenção.

    Responder

    1. Oi Valdir, tudo bem? Obrigado 🙂

      Atividades com golfinhos: foi uma coisa que não fiz, por isso não tenho detalhes muito profundos. O que eu sei é que é caro mesmo. Há muitas opções em Cancún, na Riviera Maya e até em Cozumel. Mas eu li muita gente comentado que gostou do Dolphin Discovery em Isla Mujeres, onde as atividades acontecem no mar. Eu comento sobre o Dolphin Discovery nesse artigo: O que Fazer em Isla Mujeres.

      Cenotes: os preços são em pesos e já está incluso estacionamento. Eu tenho um artigo com dicas para alugar carro em Cancún.

      Valores alimentação: é muito relativo porque depende do perfil do lugar que você irá e também do tipo de bebidas e comidas que irá consumir. Não é barato, é mais ou menos o mesmo preço de uma praia no Brasil. Muitos lugares não aceitam cartão porque ficam em locais rústicos e isolados (principalmente praias, cenotes). Nas áreas urbanas os cartões são bastante aceitos, mesmo os de recarga.

      Cenotes e parques exigem protetores solares biodegradáveis, mas é fácil comprar lá. Compre na cidade para economizar (nos locais turísticos é mais caro). Sapatilha de neoprene não chega a ser exigido, mas é muito útil (ou até essencial) em cenotes com tours subterrâneos, no parque Xplor, em alguns locais para snorkel, etc.

      Souvenires: sem dúvida o melhor lugar para comprar é nas barraquinhas de Chichén Itzá (grande variedade e preços baratos). A Quinta Avenida em Playa del Carmen tem muitas lojas também. Em Cancún acho que o melhor lugar é o Mercado 28, mas também há grandes lojas na Zona Hoteleira.

      Bar ou pub: não sei onde você estará hospedado. Em Playa del Carmen tem muitos bares. Eu fui no Senõr Frogs que tem um ambiente animado, uma praia boa e preços justos.

      Guia completo: recomendo o meu guia que tem informações essenciais para a viagem: Guia Completo de Cancún e Região.

      A viagem está chegando hein?

      Espero que ela seja inesquecível 🙂

      Responder

  34. Olá tudo bem?
    Estou embarcando para Cancun no próximo domingo e como vou com criança já reservei alguns passeios para não passar perrengue, mas queria conhecer um cenote (na verdade para mim seria melhor o Gran Cenote), vou até conhecer o Ik-Kil, mas não achei ele tão bonito…
    Então pensei em alugar um carro e conhecer o Gran Cenote e a Akumal, acha que vale a pena? é tranquilo de chegar? Tem pedágios ou surpresas no caminho?
    Essa é uma opção mais barata, já que gastei uma pequena fortuna com pacotes (Xcaret, Parque Garrafon + Golfinhos, Chichen-Itzá, Xel-Há + Tulun)
    Ainda bem que meu filho não paga (3 anos), então somos eu e meu marido…. tudo muito caro, nenhum passeio por menos de $70,00 e olha que pesquisei bastante!

    Responder

    1. Olá Jéssika, tudo bem? A viagem está chegando hein? A ansiedade deve estar alta 🙂

      Um tour muito bacana e com boa estrutura para não passar perrengue é o Tour Xenotes Oasis Maya que passa por 4 cenotes. Mas é como você disse, com agência fica tudo cômodo e caro. Mas faça as contas com o aluguel do carro, talvez compense.

      Dirigir entre Cancún e Tulum é muito fácil. A rodovia é duplicada, sinalizada, sem pedágio e com boa estrutura. Eu não sei se vocês vão alugar um carro só para esse dia. Nesse caso você tem que considerar o tempo da burocracia para alugar e devolver o carro. Para encontrar bons preços de aluguel de carro veja o artigo dicas alugar carro em Cancún.

      Eu acho perfeitamente possível (se não ocorrer imprevistos) alugar o carro, ir em Akumal e no Grand Cenote no mesmo dia.

      Supondo que você estará hospedada em Cancún, Akumal fica a +- 110 km e o Grand Cenote a +- 140 km (fica um pouco depois de Tulum). Uma opção de cenote mais próximo é o Chikin Ha (que reúne 3 cenotes) distante 110 km de Cancún e uns 10 km de Akumal.

      Confira o artigo o meu artigo com dicas de Akumal. A praia é linda e é bem fácil e com snorkel é bem fácil ver as tartarugas.

      No guia completo de Cancún, Playa del Carmen e região você encontra todas as minhas dicas.

      Boa sorte e boa viagem 🙂

      Responder

  35. Adorei as dicas!!! Gostaria que me indicasse um roteiro de um dia em Tulum. Tipo pra eu sair cedo de playa e passar o dia lá. Acredito que eu deva chegar cedo, ir pras ruínas que dizem ser um passeio de no máximo 1 hora e meia, ir pra praia ao lado das ruínas e queria conciliar com algum cenote próximo, qual vc indicaria? E qual algum outro lugar que seria essencial de se conhecer em Tulum?

    Responder

    1. Oi Yasmin, obrigado 🙂

      Dá para fazer um bom roteiro de 1 dia em Tulum incluindo um cenote.

      Estou considerando que você estará com carro alugado (sem carro será mais demorado e não dará tempo de fazer tudo isso, ou pelo menos você terá que ficar pouco tempo em cada lugar, o que eu acho que não vale a pena). Veja dicas para alugar carro em Cancún e região.

      Cedinho: Ruínas de Tulum. 1 hora e meia é suficiente para percorrer as ruínas. Mas o processo de estacionar o carro, caminhar até as ruínas, voltar até o estacionamento, etc., vai levar mais um tempo. Veja dicas Ruínas de Tulum.

      Almoço e início da tarde: praia em Tulum. A mais famosa, Playa Paraiso, fica ao lado das ruínas, mas de carro você terá que dar a volta por Tulum Pueblo para chegar nela. Existem muitas outras praias em Tulum, confira no artigo: Praias de Tulum.

      Meio e final da tarde: um cenote próximo de Tulum e prático para você visitar é o Grand Cenote. Ele fecha às 17:00 e 1 a 2 horas nele é um bom tempo. O Grand Cenote é fácil de visitar, não possui tour. Caso queira fazer um tour subterrâneo indico o Sac Actun ou o Dos Ojos, que já estão no caminho de volta à Playa del Carmen. Mas esses tours demoram um bom tempo e você teria que chegar mais cedo (nesse caso sobraria pouco tempo para curtir a praia em Tulum).

      Playa del Carmen: não deixe de ler o guia completo para entender e se hospedar em Playa del Carmen (dicas essenciais da cidade).

      Imperdível: Guia completo de Cancún, Playa del Carmen, Tulum, Cozumel e região

      Boa viagem 🙂

      Responder

  36. Oi, tudo bem?
    Adorei o post sobre os cenotes!
    Nos Cenotes Chaak Tun Natural Park vcs reservaram o tour com o guia ou chegaram na hora e entraram no próx tour?

    Responder

    1. Oi Juliana, obrigado 🙂

      No Chaak Tun chegamos na hora e entramos no próximo tour. Todas as tentativas de reserva por telefone não deram certo, porque o preço do tour ficaria muito mais caro do que lá na hora.

      Responder

  37. Fred, Parabéns!
    Em todos os lugares que procurei informação sobre cenotes, seus relatos foram os mais explicativos e interessantes que achei.
    Estou indo viajar pra cancún daqui duas semanas, uma dúvida… qual é o melhor horário pra visitar os cenotes?
    Em qual horário que o sol bate e deixam as águas mais claras?

    Responder

    1. Oi Bruno, muito obrigado mesmo 🙂

      Sua pergunta é tão boa que eu acrescentei no texto informações sobre o melhor horário para visitar os cenotes.

      No caso dos cenotes abertos ou semi-abertos eles ficam mais bonitos com a luz solar batendo diretamente na água.

      Nos cenotes abertos, como o Cenote Azul, a luz solar bate verticalmente no início da tarde, com o sol a pino.

      Nos cenotes semi-abertos o melhor horário para visitar varia de cenote para cenote, porque as aberturas geralmente são laterais. Cada cenote tem o seu melhor horário, que pode ser pela manhã ou à tarde.

      Nos cenotes fechados a incidência do sol não vai importar.

      A minha dica é não ficar muito preso em relação ao horário. No meu roteiro havia muitos cenotes, praias, ruínas e outras atrações. Então era complicado ir num cenote em um horário específico. Não me preocupei muito com isso, já que em qualquer horário os cenotes são lindos. Inclusive eu fui no Cenote Azul (que é aberto) logo pela manhã, que não é o melhor horário, e ele estava lindo e ainda vazio.

      Aqui no Dicas Onde Ficar há muitas outras dicas da região de Cancún.

      Espero que tenha uma excelente viagem 🙂

      Responder

  38. Nossa, Fred! Que incrível seu relato sobre os cenotes! Ajudou bastante em umas informações que procuro. Tenho uma dúvida: viajarei acompanhada de uma pessoa que usa muleta. Você acha que é possível visitar algum dos cenotes? Tem alguma sugestão?

    Responder

    1. Oi Thirza, obrigado 🙂

      Os cenotes não são muito acessíveis. Puxei pela memória os cenotes que visitei e todos eles possuíam escadarias e locais com uma certa dificuldade de acesso.

      O Cenote Ik Kil foi o mais estruturado. Chegar até a borda e observá-lo do alto não é difícil. Mas para descer no cenote lá embaixo a escadaria é grande.

      O estacionamento do Cenote Azul fica bem próximo dele. E a escadaria é uma das mais curtas.

      Mas no geral os cenotes não são locais dos mais acessíveis.

      Responder

      1. Entendo. Já esperava alguma dificuldade para o acesso, mas fiquei fascinada por essa maravilha da natureza. Valeu pelas dicas!

        Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *